Professor Elavoko aborda “Coisas que (não) se dizem” em livro

‘Coisas Que Não Se Dizem’ é um livro que aborda fenómenos sociais reputados por tabus ou sensíveis para debate público, porém com muitas incidências na sociedade angolana e não só. Temáticas como pornografia, abuso sexual e outros são destacadas na obra, de forma específica, trazendo os seus pontos negativos mais sonantes.

De acordo com a nota explicativa do autor, a obra é consequência da experiência de vida de autor que pretende ajudar a sociedade com conhecimento acerca de variados assuntos em abordagem. Coisas que (não) se dizem”, o chamado “livro negro”, foi editado e publicado pela Editora Brasileira Yoleli, contando com 5 mil exemplares na primeira tiragem.

Disponível em todas as capitais angolanas e na loja virtual aberta no site professorelavoko.com, e nas livrarias Heberilton, em Luanda.Os lançamentos serão sequenciados e programados para as 18 províncias de Angola. Tendo sido feitos até ao momento 8 lançamentos em digressão pelas províncias.

Professor Elavoko é o pseudónimo de Deolindo Divine Latino Elavoko, escritor, professor e influenciador social, angolano formado em ciências da educação pelo ISCED-Huíla, na especialidade de Matemática, é palestrante e criador de conteúdos, residente no Lubango, natural do Bié, casado e professor de Matemática, no ensino médio, há 17 anos.

as cargas mais recentes

‘Show da Virada 2021 by Unitel’ passa para o formato televisivo

há 9 meses
O evento de calendário, anteriormente agendado para os dias 28 e 29 de Dezembro, com a presença do público, vai, a exemplo do ano passado, ser transmitido em cadeia televisiva, no próximo dia 31 de Dezembro, nos canais TPA 1 e TPA Internacional.

Já estão abertas as candidaturas para o Festival Internacional de Teatro do Cazenga ‘FESTECA’

há 7 meses
Estão oficialmente abertas as candidaturas para a XVII edição do Festival Internacional de Teatro do Cazenga (FESTECA), a decorrer de 7 a 17 de Julho, no Centro de Animação Artístico (Anim’Art), em Luanda.

Depois de sete anos no “silêncio” KLB anuncia seu regresso

há 6 meses

LIVE do Show do Mês

há 2 anos

Tony Frampênio: Belas e Perigosas foi associado à sexualização e objectificação da mulher “porque há dificuldade hermenêutica do público angolano em interpretar arte”

há 7 meses

Euclides da Lomba: “Foi uma falha não atribuírmos nenhum prémio a Carlos Burity”

há 2 anos
A Direcção Nacional da Cultura diz sentir-se culpada e admite ter falhado pelo facto de não atribuir nenhum prémio a Carlos Burity e aventa a possibilidade de atribuição a título póstumo.

Álbum póstumo de Pop Smoke destrona Michael Jackson do topo da Billboard 200

há 2 anos
A compilação atingiu um total de 248.000 unidades vendidas na semana de estreia, tornando-se a estreia póstuma de álbuns mais vendida depois de `Thriller´ de Michael Jackson. `Shoot For The Stars Aim For The Moon´, tem sido assim considerado como um presente pré-aniversário oportuno para o Pop Smoke que completaria 21 anos no dia 20 de Julho.

Post Malone brilha no Billboard Music Awards 2020

há 2 anos
O Billboard Music Awards premiou os maiores nomes da música nesta quarta-feira (14), no Dolby Theatre, em Los Angeles. O evento, referente ao desempenho dos astros ainda no passado (2019), estava previsto para Abril, mas foi adiado devido à pandemia do novo coronavírus.

Partiu para a eternidade Jacob Desvarieux

há 1 ano
O guitarrista e fundador da banda antilhana Kassav, Jacob Desvarieux, de 65 anos, morreu nesta sexta-feira vítima de covid-19, num hospital universitário de Guadalupe, anunciou a produtora do grupo.

Michaela Coel, a autora de uma história de superação digna de um Emmy

há 1 ano
A actriz fez história na 73ª edição do Emmy Awards ao se tornar a primeira roteirista negra a vencer o galardão com a série `I May Destroy You´, uma metáfora sobre o abuso sexual sofrido na primeira pessoa.

Juninho Bill: Vocalista de sucessos infantis dos anos 80 faz vaquinha para gravar álbum a solo

há 2 anos
Juninho Bill foi um dos vocalistas do Trem da Alegria, grupo infantil brasileiro que tocou e continua a tocar em vários países da lusofonia, principalmente Angola, basta recordar o sucesso “Uni Duni Tê”.

“É o beatmaker, e não o cantor, que mais deve ganhar pelo hit”, assim diz a lei

há 1 ano
De acordo com a lei, o beatmaker é o primeiro titular da obra, por isso deve sempre ficar com 50% de todo o rendimento que vier da sua produção musical, ou seja, mesmo quando a música for interpretada pelo num espectáculo, tv, plataforma de streaming, etc., enquanto ao intérprete cabe apenas 20%.

Rapper Simini Ni Moyo morre após 10 horas de intervenção cirúrgica 

há 8 meses
O rapper da “Old School” morreu ontem,12, de Fereveiro, em Setúbal ( Portugal ), onde vivia há alguns anos com a família. Simini foi a óbito depois de ser submetido a uma intervenção cirúrgica de 10 horas, devido a uma crise, apurou a Carga de uma fonte próxima ao músico.

Músicos do Reino Unido “vergonhosamente reprovados”

há 2 anos
Os músicos do Reino Unidos sentem-se “envergonhados” porque o governo decidiu abandonar a União Europeia, no passado dia 31 de Dezembro, sem ter acautelado um esquema de isenção que permitisse aos artistas britânicos viajarem pelos países europeus sem a necessidade de vistos, cadernetas e autorizações de trabalho.

Snoop Dogg “ataca” Kanye West

há 2 anos
Se referindo aos diversos tweets de West, que vão desde discursos reais e sinceros sobre saúde mental até problemas com Drake, o rapper deixou um recado e ainda deu um conselho sincero a Kanye.

Dji Tafinha factura o equivalente a cerca de 15 milhões de Kwanzas em direitos autorais

há 1 ano
O músico é dos artistas angolanos que mais facturam com direitos autorais em Portugal e aproveita o dinheiro para reinvestir. E, enquanto os colegas se debatem com os problemas de divisas, o produtor facilmente dá a volta por cima, recorrendo-se aos rendimentos da Sociedade Portuguesa de Autores.