Regina Duarte deixa “devolve” a pasta da Cultura brasileira

O anúncio foi feito a partir do Twitter do Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro. O mesmo dava conta da demissão de Regina Duarte da secretaria especial da Cultura do Governo brasileiro, alegando motivos pessoais. A actriz que tomou posse no início de Março, deixou as pastas e, vai agora dirigir a Cinemateca de São Paulo.

Em Março deste ano, Regina Duarte assumiu o comando da secretária especial da Cultura, afim de “pacificar” o sector, mas nem tudo foram rosa. Muito criticada, durante a sua gestão na pasta, Regina foi duramente criticada por colegas por, e entre outras coisas, o facto de não anunciar nada para a classe artística, desde que a pandemia do novo coronavírus assola o Brasil.

Segundo o anúncio de Bolsonaro, Duarte “sente falta da família” e terá sido por essa razão que pediu para abandonar o cargo no Governo que desempenhava desde o início de Março. “Para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a cultura brasileira, assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em São Paulo”, disse o Presidente.

Mas ao contrário do que diz o Presidente daquele país, as quezilas com a classe artística começaram logo que a “namoradinha do Brasil” foi confirmada no cargo. Começando pelo facto de muitos artistas serem críticos do actual governo.

Na semana passada, de acordo com o G1, a até então secretária foi manchete após “relativizar as mortes causadas pelo regime militar no Brasil, numa entrevista também à CNN Brasil, terminada abruptamente após a entrada em cena de um vídeo crítico à sua gestão da colega actriz Maitê Proença”.

Regina também desvalorizou as mortes de figuras fundamentais da cultura brasileira na actual pandemia – “mortes sempre houve”… e volvidos dois meses de polémicas, a veterana de 72 anos se põe fim ao namoro com o Brasil.

as cargas mais recentes

Anna Joyce, Preto Show e NGA nomeados para o MTV Africa Music Awards

há 1 ano
Anna Joyce, Preto Show e NGA representam a música angolana no MTV Africa Music Awards, concurso de celebração da música popular africana.

Música de Flagelo Urbano volta a ser destaque em Universidade brasileira

há 5 meses
A música ‘Demo Sem Cracia’ da autoria de Flagelo Urbano, está em destaque no ‘Caderno Textos e Debates’ da Universidade Federal de Santa Catarina.

Jovens da Mulemba exibem a `Prova dos Nove´ na LAASP

há 1 ano
A peça teatral aborda de forma clara sobre a questão da infertilidade e do aborto, trazendo assuntos domésticos para uma sala nobre de espetáculos.

Angola pretende elevar o Semba a Património Cultural da Humanidade

há 3 semanas
Numa altura em que se aguarda pelo anúncio da elevação do estilo a Património Imaterial Nacional pelo Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, o país está a preparar os documemtos que justifiquem, junto da UNESCO, a  classificação do Semba a Património Cultural Imaterial da Humanidade.

“Músico mais querido” de Angola em 2021 será conhecido hoje

há 3 meses
Será conhecido hoje, a partir das 21 horas, o vencedor da edição 2021 do Top Dos Mais Queridos, durante uma gala, no Centro de Convenções de Talatona, em Luanda.

Especialistas nomeiam o MVP de cada team na última década

há 2 anos

Fradique integra corpo de jurados do festival ‘Imagine Science Film Festival’

há 4 meses
O realizador angolano Fradique faz parte do corpo de jurados da 14ª edição do Imagine Science Film Festival (Estados Unidos de America) para categoria de Longa Metragem (Prémio Ciência Nova Onda) que premeia filmes que propõem formas ousadas, singulares e muitas vezes híbridas de comunicar a ciência.

Irritado, Lebron James invade jogo do filho para confrontar locutor

há 7 meses
O filho da estrela da NBA estava em jogo este domingo e James, como faz habitualmente, assistia-o a partir do pavilhão. Perto do fim, o locutor do encontro terá insinuado que foi assinalada uma falta inexistente a favor do liceu SFG, beneficiando Bronny James por ser filho de LeBron.

Mbappé é diagnosticado com covid-19 e desfalca selecção francesa

há 1 ano
Integrado na selecção francesa, que defrontará a Croácia, Kylian Mbappé acusou positivo a Covid-19, sendo de imediato afastado do grupo comandado por Didier Deschamps, noticiou o jornal A Bola.

Força Suprema: Don G lança primeiro álbum a solo

há 1 ano
Don G, membro da Força Suprema, disponibilizou hoje o seu primeiro álbum. Intitulado “Guerreiros”, a obra surge da sequência de várias mixtapes e reflecte a experiência de vida do rapper.

Música angolana volta a registar mais uma morte: Adeus Inó Gonçalves!

há 9 meses
Inó Gonçalves pertenceu aos Kituxi, um dos agrupamentos musicais mais internacionais do país. Foi percussionista e tocava tambor solo. O músico morreu após sofrer um ataque cardíaco.

Banda Maravilha “passeia” 28 anos de mestria no palco do `Ao Vivo´

há 4 meses
Emitido originalmente no passado dia 22 de Janeiro, o programa `Ao vivo´ da Zap vai brindar os fãs já este sábado, dia 25 de Setembro, com a reemissão do show protagonizado pelo quinteto que com o reconhecido contributo de antigos integrantes, há 28 anos moderniza o Semba sem deixar máculas.

Ministro compara Anitta com personagem de desenho animado infantil

há 9 meses
O ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, chamou esta quarta-feira, a cantora Anitta de teletubbie-personagem de um programa infantil da década de 1990, durante uma troca de farpas nas redes sociais, desafiando-a a citar as capitais do Brasil.

Pink 2 Toques e Bruno Samora juntos contra o Covid-19

há 2 anos
O criador do conceito FitKuduro, Bruno Samora juntou-se ao grupo de kuduro Pink 2 Toques, para enviar a sua mensagem de prevenção sobre o Corona Vírus.

Mungueno: Rappers imortalizam Waldemar Bastos em nova EP

há 9 meses
Pensólogo, Kamesu, Ikonoklasta, Haudas, Flagelo Urnano, Mono Sterio, Grand F e Franchoddas, vão rimar por cima de samples e vozes de Waldemar Bastos, deixando um registo do melhor da nova e velha geração do Rap nacional.

Cantor de 12 anos ganha contrato milionário por fazer a cappella durante protestos

há 2 anos
Keedron Bryant ficou conhecido por se destacar durante os protestos anti-racismo nos Estados Unidos da América. Um dia depois da morte de Floyd, o adolescente fez a cappella no Instagram de uma musica sua e, menos de três semanas, a canção gospel atingiu mais de três milhões de visualizações, obrigando a Warner Record’s a contratá-lo.