Regina Duarte deixa “devolve” a pasta da Cultura brasileira

O anúncio foi feito a partir do Twitter do Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro. O mesmo dava conta da demissão de Regina Duarte da secretaria especial da Cultura do Governo brasileiro, alegando motivos pessoais. A actriz que tomou posse no início de Março, deixou as pastas e, vai agora dirigir a Cinemateca de São Paulo.

Em Março deste ano, Regina Duarte assumiu o comando da secretária especial da Cultura, afim de “pacificar” o sector, mas nem tudo foram rosa. Muito criticada, durante a sua gestão na pasta, Regina foi duramente criticada por colegas por, e entre outras coisas, o facto de não anunciar nada para a classe artística, desde que a pandemia do novo coronavírus assola o Brasil.

Segundo o anúncio de Bolsonaro, Duarte “sente falta da família” e terá sido por essa razão que pediu para abandonar o cargo no Governo que desempenhava desde o início de Março. “Para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a cultura brasileira, assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em São Paulo”, disse o Presidente.

Mas ao contrário do que diz o Presidente daquele país, as quezilas com a classe artística começaram logo que a “namoradinha do Brasil” foi confirmada no cargo. Começando pelo facto de muitos artistas serem críticos do actual governo.

Na semana passada, de acordo com o G1, a até então secretária foi manchete após “relativizar as mortes causadas pelo regime militar no Brasil, numa entrevista também à CNN Brasil, terminada abruptamente após a entrada em cena de um vídeo crítico à sua gestão da colega actriz Maitê Proença”.

Regina também desvalorizou as mortes de figuras fundamentais da cultura brasileira na actual pandemia – “mortes sempre houve”… e volvidos dois meses de polémicas, a veterana de 72 anos se põe fim ao namoro com o Brasil.

as cargas mais recentes

Rapper Raz Simone acusado de ser um”senhor de guerra”

há 2 anos
Vídeos postados nas redes sociais provam o alegado envolvimento de Raz Simone com uma gangue armada na Zona Autônoma de Seattle, em Washington, um quarteirão de protesto sem influência policial. O rapper é apontado como uma espécie de “senhor da guerra”.

Sabias que o disco mais caro do mundo é de Rap e pertence ao lendário grupo Wu-Tang Clan?

há 8 meses
Depois de pertencer ao polémico empresário da indústria farmacêutica Martin Shkreli, o CD foi vendido novamente pelo dobro do preço original, cerca de três mil milhões em Kwanzas. A obra rara pertence ao lendário grupo norte-americano de Rap Wu-Tang Clan.

Morreu o músico Tino Fortes

há 1 ano
O músico angolano Tino Fortes morreu segunda-feira em Portugal, aos 51 anos de idade, vítima de morte súbita.

Snoop Dogg vai abrir liga de boxe para lutadores profissionais e músicos

há 2 anos
Denominada The Fight Club, a liga vai promover vários eventos por ano e terá Snoop Dogg como anfitrião e locutor.

Jay-Z decide processar o fotógrafo da icónica capa do álbum “Resonable Doubt”

há 1 ano
O rapper e empresário move um processo judicial contra Jonathan Mannion, o homem que o fotografou em 1996 para o seu primeiro álbum “Resonable Doubt”, por entender que este está a explorar o seu nome e imagem.

Chloe estreia single e videoclip de “Upgrade”

há 1 ano
“Upgrade” fala sobre o poder feminino e pretende transmitir uma mensagem de empoderamento da mulher como um ser humano forte e independente que entende o seu valor.

Primeiro filme de Gilmário Vemba pode chegar a Netflix

há 1 ano
A longa-metragem vai para as salas de cinemas angolanos e moçambicanos no dia 26 do próximo mês. Depois disso, poderá passar nas plataformas como Netflix e Tellas, informou esta tarde Gilmário Vemba, o protagonista.

Supergroup Mount Westmore anuncia data de lançamento do 1° álbum

há 3 semanas
O Supergroup Mt. Westmore fez a sua estreia pública com uma actuação no ‘Triller Fight Club’, no passado dia 17 de Abril de 2021, com o primeiro single colaborativo “Big Subwoofer”. Passado um ano, o quarteto old school, confirmou o primeiro primeiro álbum para o dia 7 de Junho, terça-feira, mas não adiantou detalhes sobre a obra.

Justin Bieber afirma que tem semelhanças com Tupac

há 2 meses
Justin Bieber é nada mais do que um dos artistas pop mais bem sucedidos a nível mundial e embora esteja mais focado ao R&B, o astro acredita haver semelhanças entre si e Tupac Shakur. Bieber afirma que ambos querem “contar às pessoas sobre o amor de Deus por elas”.

Trump chama cantora Madonna de feia

há 2 anos
O novo livro de Mary L. Trump, sobrinha do actual presidente dos Estados Unidos, está a gerar controvérsia, pelo facto de desvendar temas secretos da vida do presidente.

Focada nos biliões da Fenty Beauty, Rihanna volta a arquivar novo álbum

há 2 anos
O facto é que há tempos Riri vem focando a maior parte das energias em empreendimentos nos ramos da moda e costméticos, e parece que essa mentalidade empreendedora está a fazer com que o seu próximo album continue engavetado.

Jay Pallmer apresenta-se ao mercado musical com EP `MySelf´

há 1 ano
Contrariando todas adversidades da época pandémica, o 2020 vem se revelando frutífero para muitos artistas e, a EP `MySelf´ é mais uma prova desta teoria.

Artista em ascensão: Rapper Rodex Mágico apresenta-se com “Fé” 

há 4 meses
Após fechar 2021 com o grande “Testemunho”, Rodex Mágico prepara-se para lançar amanhã um novo vídeoclip para o tema “Fé” do álbum Dores e Mágoas, disponível desde Dezembro nas plataformas digitais.

Mago de Sousa “irritado” com a Unitel

há 2 anos
Num vídeo divulgado na sua página do Facebook, o autor do sucesso “Carolina”, criticou duramente a forma como a empresa tratou, na sua opinião, mal o seu disco, quando as duas partes tinham acordado a promoção e divulgação do CD, o que não aconteceu.

Nas relembra desentendimento com Tupac

há 11 meses
A música faz parte do álbum “King’s Disease II”, lançado na passada sexta-feira e, já vem sendo considerada a melhor do álbum. Ao contrário do que se pode imaginar ao ler o título do artigo, `Death Row East´ não é uma música insultuosa à memória de Tupac Shakur.

Tribunal impede Artur de Almeida e Silva de tomar posse por suspeita de fraude

há 2 anos
O presidente reeleito da Federação Angolana de Futebol, Artur de Almeida e Silva, está impedido de tomar posse. Em causa está um despacho do Tribunal Provincial de Luanda que resulta da instauração de um processo, indiciando-o no crime de fraude.