Reptile: “Considero-me um artista bem-sucedido e sei que muitos se revêm na minha história”

No dia 27 deste mês, o rapper vai colocar mais um álbum no mercado. Intitulado I.C.O.N (Invejosos Continuam a Odiar o Nikka), a obra foi produzida pelo moçambicano Ell Puto e Alleny. Além de Preto Show, Rui Orlando e Tchoboli, reúne importantes artistas da nova geração.

Reptile é um nome à parte no mercado musical angolano. Além de assumir com maior frequência o microfone, participou como produtor em vários CDs e vai disponibilizar, pelo Kisom e plataformas digitais internacionais, o oitavo álbum.  O disco também contará com edições físicas.

O CEO da Piriline explicou o conteúdo da obra e fez uma análise sobre o mercado musical angolano nos últimos cinco anos, além de apresentar novos projectos da sua produtora.

Porquê Icon?
I.C.O.N é uma sigla que significa Invejosos Continuam a Odiar o Nikka. Quanto à data não há uma história, mas há um porquê.

E qual a razão?
O nosso povo está a viver uma fase sensível, eu e o team sentimos que podíamos dar uma lufada de ar fresco aos consumidores dos nossos trabalhos. Este lançamento tinha sido adiado por questões alheias à nossa vontade, portanto sentimos que este era o momento ideal para o fazer.

De que é feito este álbum?
A sonoridade deste projecto é o resultado do casamento entre o moderno e o clássico e um exímio desfile de rimas. Quanto às participações, trago as vozes de Jonathan Puma, Arieth Feijó, Preto Show, Rui Orlando, Crazy Boy, Tchoboli e Kendrah. O álbum também sairá em CDs, mas com um número de cópias limitadas. Infelizmente, o consumo de música digitalmente ainda não é a nossa realidade e o objectivo é abranger o maior número de pessoas.

Primeiro lançou “Acima do Limite”, depois seguiu-se “Estátua Ninguém Se Mexe” e agora “Icon”. De que forma é que os fãs poderão se rever neste álbum?
Não. Primeiro foi “Ficheiros Secretos” ( 2007), “Acima do Limite” ( 2008), “P.I.M.P.”( 2010), “Ficheiros Secretos 2”( 2011), “Estátua Ninguém se Mexe” (2015) ,”A Voz Do Povo” (2018) e “I.C.O.N” (2020).

Considero-me um homem e artista bem-sucedido e sei que muitos se revêm na minha história, no meu posicionamento e nos meus objectivos, acima de tudo o meu propósito é motivar as pessoas a alcançarem os seus sonhos e objectivos, e a darem um contributo positivo no meio em que vivemos.

Apesar de imagética, a arte é o reflexo do contexto. Até que ponto esta nova fase do país influenciou o Icon?
Este projecto foi gravado entre 2017 e 2020, eu e o team decidimos não meter muitas faixas por causa da direcção que pretendemos dar a minha carreira, por causa disso pouco abordei sobre muitos aspectos sociais que vivemos agora, já estou a me preparar para o próximo, onde com certeza, irei tocar neles.

Passaram-se uns quatro anos desde que disse que o Rap angolano estava mal. Continua a pensar assim?
Não sei se posso dizer que melhorou, mas a nova geração veio trazer uma nova dinâmica e mais vida à música Rap. Quando disse que estava mal, referia-me ao número de bons artistas comparados a quantidade de trabalho que chega à rua. Disparidade abismal!

Hoje o número de bons artistas cresceu?
Sempre tivemos bons artistas…precisamos é de mais obras, mais shows, mais palestras, mais entrevistas etc.

É proprietário de uma produtora. Como analisa a produção musical no país?
Acho que temos um mercado fértil e muitos artistas talentosos para mostrar ao mundo. Precisa-se limar algumas coisas, mas acredito que chegamos lá.

Se tivesse de se enquadrar no panorama musical angolano em que posição se colocaria?
O barómetro que uso para medir é pessoal. Atingi o que queria, estou satisfeito com que consegui, só me falta tornar os meus artistas pessoas e músicos de sucesso. Meu propósito é motivar as pessoas, e graças Deus a ferramenta música me permite chegar às pessoas.

A indústria cultural, particularmente a música, é dos que mais sofreram com a crise pandémica. Como é que a sua produtora tem lidado com este fenómeno?
A Piriline está com muita saúde. A pandemia obrigou-nos a mudar a nossa estratégia, mas está a correr tudo bem. No mês passado, lançamos o EP “Renovar” do Samuel Clássico e um vídeo, Este mês sai a ICON e um vídeo também e em Dezembro, sai o EP do Jonathan Puma. A Kendrah está em estúdio e estamos a gravar um projecto da produtora.

as cargas mais recentes

Madonna prepara filme autobiográfico

há 10 meses
O retrato autobiográfico será mais do que um musical e está a ser escrito pela própria e apresenta os 62 anos da Rainha da Pop.

45 organizações humanitárias pedem a Lewis Hamilton que boicote GP da Arábia Saudita

há 4 meses

Lady Gaga vende roupas íntimas para promover o novo álbum

há 1 ano
Um mês depois da publicação da capa do álbum, a Rainha dos Little Monsters anunciou para 29 do corrente o lançamento do novo CD, o sexto da carreira. intitulado ‘Chromatica’, a obra está a ser promovida através de um conjunto de roupas temáticas e peças íntimas.

Para além do 4, haverá “Jonh Wick 5” em 2022

há 11 meses
A saga protagonizada por Keanu Reeves, ‘John Wick’, terá dois novos filmes a partir de 2022, ou seja, contará, para além de Jonh Wick 4, com uma quinta parte, o John Wick 5, informou esta quinta-feira John Feltheimer, CEO da Lionsgate.

Sabia que hoje comemora-se o Dia do Compositor?

há 5 meses
A efeméride faz uma ode a todos os profissionais comprometidos com a alma da música, o responsável por traduzir emoções e eternizar momentos em melodias.

Duetos N’Avenida regressa em formato televisivo com tributo a Carlos Burity

há 7 meses
O tributo à voz do Semba teve lugar ainda na sua na presença e contou com a dupla Gersy Pegado e Patrícia Faria.

Após sucesso da primeira edição Spoken Mais chega a Viana

há 3 meses

50 Cent celebra 18 anos de “In De Club” reconhecendo apoio de Eminem: “ele me colocou no game”

há 6 meses
Ao lembrar a data, o músico reconheceu a importância de Eminem nos primeiros anos da sua carreira.” (…) o amo pelo que ele fez por mim, ele me colocou no game.”

Braçadeira que CR7 deitou fora no jogo com a Sérvia leiloada para ajudar bebé doente

há 3 meses

Elias Dya Kimuezo fala sobre a função que sua música desempenhou no Início da Luta Armada

há 5 meses

Aline Frazão, Sizaltina Cutaya e Laurinda Gouveia homenageadas em artes plásticas

há 7 meses
Denominado ‘Kimpa Vita 21’, as amostras são expressões da liberdade e envolve a mente e o corpo. Numa primeira fase, o open studio homenageia a cantora Aline Frazão e as activistas Sizaltina Cutaya e Laurinda Gouveia “Kimpa Gouveia”, tidas como personagens da linha da frente na defesa da igualdade e justiça social, tendo Kimpa como referência.

Sintoniza 95.5 FM: Matabicho

há 12 meses
Quem sintoniza a LAC, ao Domingo, das 10 até às 12 horas, pode acompanhar um dos programas mais eclécticos da Antena Comercial. No ar desde 2015, o `Matabicho´, tem uma equipa de cinco apresentadores, nomeadamente: Jorge Guerra, Walter dos Reis, Rosário Rodrigues, Edilson de Almeida e Selma Simba, que funciona em regime de rotação anual. Quanto a pluralidade de conteúdos, o programa aspira explorar artes eruditas, entreter, educar e informar estando actualmente ao “comando” de Djanira Barbosa, que conta com o suporte de Mauro Costa.

Rodrigo Lombardi encerra campanha Live `Emoção Globo´

há 10 meses
O actor será o último convidado Live da campanha no Instagram do canal Globo ON, embora a campanha ‘Emoção Globo’ continue com outras facetas, como é o caso agora do desafio de dança #EmoçãoGlobo. Não perca, hoje a partir das 21 horas, Sofia Lucas vai entrevistar o talentoso Rodrigo Lombardi, na página oficial da Globo On .

Emicida: “socar nazista não é crime, é um dever humanitário”

há 1 dia
A mensagen partilhada pelo rapper parece-se mais a ironia, entretanto, está a gerar interpretações diversas, já que socar é mesmo que dizer bater.

Projecto `Concerto Online´ da Fundação Arte e Cultura ultrapassa fronteiras

há 1 ano
A carismática cantora brasileira Eloiza Garção juntou-se nesta semana à Fundação Arte e Cultura e é o rosto do concerto online deste sábado, dia 25 de Abril, pelas 19 horas. O evento decorre no âmbito do projecto Fundação Arte e Cultura online e visa incentivar as famílias a permanecer em casa e protegerem as suas vidas enquanto durar o estado de emergência em prevenção face a Covid-19.

Beyoncé desiste da actuação na cerimónia dos Grammy Awards

há 3 meses
Apesar de liderar as indicações, Beyoncé “optou por não se apresentar” nos Grammy Awards. A cantora estaria em negociações para actuar com Megan Thee Stallion na madrugada de hoje.