Roxane Fernandez: “Se tivéssemos uma indústria musical que funcionasse como tal, já teria dado outros passos”

O nome remete a um exímio intérprete, mas não é só, Roxane é também um profissional que já soma 20 anos de carreira, acumula feitos e êxitos como produtor musical e criador de conteúdos televisivos, com créditos para o programa `Bar Luandina´, além de estar a ultimar os preparativos para a estreia de `O Meu Quintal Tem Música´.

No passado dia 30 de Julho, disponibilizou a EP `Fé´, assim titulada, dada a saturação das pessoas por conta dos problemas sociais que se vive em Angola. “E para piorar a situação da Covid- 19 só veio aumentar mais as dificuldades. Então FÉ é o que todos precisamos para se manter em pé.” Refere o artista que no respaldo do lançamento falou-nos em exclusivo.

O trabalho que chega três anos após a sua estreia discográfica, com o `Hora Certa´, é o reafirmar da sua evolução artística, evolução esta, que atribui a capacidade de comparar. Ou seja, “tive a oportunidade de avaliar os erros cometidos no processo de preparação e lançamento do `Hora Certa´ e acertar no `Fé´ ainda não é o top claro, porque vamos sempre aprendendo mas, já foi possível melhorar muita coisa.”

Roxane Fernandez: “Se tivéssemos uma indústria musical que funcionasse como tal, já teria dado outros passos”

Depois da apresentação da EP, em cadeia televisiva, propriamente no Programa Noites Tropicais, Roxane adianta que faz parte dos objectivos fazê-lo também ao vivo. Porém, é imperativo para si, além de oferecer sempre um espetáculo bem elaborado, esperar até puder ter o seu público em massa.

Apesar de ter quase uma vida emprestada à arte, para o artista que só nos últimos cinco anos começou a lançar trabalhos originais e a ganhar experiência em distribuição, a avaliação da sua carreira é bastante positiva. Embora ache que a indústria musical esteja ainda aquém dos seus ideais. “Se tivéssemos uma indústria musical em Angola que funcionasse como tal, teria dado outros passos que alavancariam melhor a carreira. Mas a nosso jeito vamos fazendo bem o nosso trabalho.” 

Sobre a EP, Roxane Fernandez confirma que o feedback é positivo, uma vez que é da praxe dar boas músicas ao seu público, também este trabalho em particular, está a merecer outro tratamento “tudo por conta das novas parcerias de distribuição e consultoria que fechamos a Big Bit tem feito o trabalho excelente.”

Ainda fruto desta parceria, o artista passa doravante a ter a sua discografia regularizada e disponível nas plataformas digitais. De realçar que também está previsto o lançamento da obra em física, no mês de Dezembro. Não obstante a isto, sobre Roxane ainda há muito para descobrir porque há novos temas na forja, a serem ultimados e definidos dentro da estratégia de lançamentos e promoção do artista.

Quem é Roxane Fernandez?
Rochane Carlos Fernandes, deu os primeiros passos na música a fazer imitações em playback em eventos infantis nas escolas por onde passou na província da Huíla, com um pouco mais de responsabilidade e experiência, no grupo de escuteiros da missão católica do Lubango cantava em actividades religiosas da paróquia e em concursos musicais realizados na província.

Em 2000 já em Luanda com o amigo Luís Sebastião, aprendeu a tocar viola e aí lançou-se na música profissionalmente, a sua primeira banda (Banda Evolution), tocavam em todo tipo de eventos, passando por quase todas as casas noturnas de cultura de Luanda e não só.

Em 2014 decide seguir uma carreira a solo, um projecto intitulado (Roxane & Amigos), adicionando ao seu reportório, originais, de letra e música da sua autoria.

Hoje, com o nome artístico ROXANE FERNANDEZ já foi indicado em 2017 para o Top do ano, da Rádio Luanda com a sua música Colou, nas categorias Kizomba, Voz Revelação, Versão e com a sua versão da música “Minha Viola”, na categoria de Balada.

Um jovem cheio de talento, já reconhecido na nossa praça tendo dividido o palco com vários artistas tais como Beto de Almeida, Grace Évora, Johnny Ramos, Pérola, Paulo flores, Tito Paris, Banda Maravilha, Ary, Yola Semedo, Eduardo Paim, Nelo Carvalho, Kizua Gourgel, Selda, Toty, Sandra Cordeiro, Ana Bela Aya, Leonel Almeida, Beto Dias, Micas Cabral, Euclides da Lomba e muitos mais. Relativamente à nossa grande Ary, Roxane trabalha há cerca de 7 anos como diretor musical e guitarrista da banda.

Hora Certa, o seu primeiro álbum a solo, composto por 15 faixas musicais, duas versões, uma de título “Katia” de Conde Martins e outra “Minha Viola” de Irmãos Almeida, sendo as restantes 13 faixas de sua autoria, letra e musica. Como não podia deixar de ser esta obra conta com várias participações dando maior ênfase aos jovens talentosos da sua época, como Ivan Alekxei e Livongh.

Uma produção sua, com co-produção em algumas faixas de Livongh, Cervantes, Mayo, Wando Moreira e o malogrado Beto de Almeida. Um álbum gravado em Angola, passando pelo Peru e terminada em Portugal.

Embora tenha já participado em diversas obras de outros autores, esta obra “Hora Certa”, chega mesma na hora certa, dando início a uma nova etapa da sua vida, que marca os seus 15 (quinze) anos de carreira, um legado que já era hora de ser celebrado! 

Este ano Roxane Fernandez lançou o seu mais recente trabalho, um EP intitulado FÉ; é o novo trabalho com 4 faixas músicas disponível em todas as plataformas digitais. Com sua produção e co- produção de Nelo Paim é um trabalho que já está a fazer muito sucesso pelas suas belíssimas músicas com a participação de Dj Malvado no tema Entri Spada & Paredi tema original do grupo Finaçon e ainda uma versão da música Cupido de Ângelo Boss os outros temos Maravilhosa Graça e Fé são os originais. 

*Com Big Bit

as cargas mais recentes

Mais uma obra enriquece o Rock nacional

há 2 anos
Trata-se do primeiro EP dos Lunna, uma banda de Metal Alternativo que tem brilhado em festivais como Rock Lalimwe Eteke Ifa, Rock in Rio Catumbela, entre outros.

Fundação Arte e Cultura reforça apoio à formação artística durante o confinamento

há 2 anos
Cem pessoas entre crianças e adolescentes, da Ilha de Luanda, bairro Casas Novas, sector Ponta, começaram a receber nesta semana manuais de apoio para a formação artista.

DJ Pelé, Flagelo Urbano e Ikonoklasta representam a classe artística na manifestação

há 2 anos
Os músicos Flagelo Urbano, Ikonoklasta, Ready Neutro, MCK e DJ Pelé representam, a classe artística na manifestação pacífica, que decorreu hoje, em Luanda, visando alertar ao governo para fim do elevado custo de vida no país, mas que terminou com a confirmação de mortes.

Trunfos do DJ Znóbia

há 1 ano

Filmes da Geração 80 seleccionados 8ª edição do Arquitecturas Film Festival Lisboa

há 1 ano
Os documentários Do Outro Lado do Mundo de Rui Sérgio Afonso, Para Lá dos Meus Passos de Kamy Lara e o filme Ar Condicionado do realizador Fradique, os três produzidos pela Geração 80 estão selecionados para a 8ª edição do Arquitecturas Film Festival Lisboa, a realizar-se entre os dias 1 a 6 de Junho de 2021.

Morreu a lenda do Reggae Toots Hibbert

há 2 anos
O lendário vocalista da banda de reggae “Toots & the Maytals”, nos anos 1960, morreu na sexta-feira “tranquilamente” em Kingston, na Jamaica, aos 77 anos, rodeado pela família, noticiou hoje a BBC News, citando um anúncio do grupo.

Restos mortais de Pzee Boy vão hoje a enterrar

há 1 ano
Os restos mortais de Pzee Boy descem hoje ao campo santo enterrar por volta das 10h no Cemitério do Benfica, em Luanda. A cerimónia de condolências à família está reservada para as 12h no Club Emirais.

C4 Pedro: “Zara é única no que faz. Não vai precisar competir com nenhuma cantora no mercado nacional ou internacional”

há 9 meses
No que depender de C4 Pedro, a tradição de lançamentos ao sétimo dia do mês, vai se perpetuar, ainda que seja por meio dos associados da BLS. Hoje dia 7 de Outubro, foi feita a estreia da música Posa, a primeira de Zara como integrante da BLS.

Mariah Carey está a ser processada pela irmã

há 1 ano
A irmã de Mariah Carey entrou com um processo judicial contra a cantora. Allison Carey afirma que sofreu de angústia emocional por causa das alegações que Mariah fez em seu livro ‘The Meaning of Mariah’, lançado em 2020.

União Mundo da Ilha e União Recreativo do Kilamba não vão participar do Carnaval Live 2021

há 1 ano

Enquanto Lady Gaga é jogada para escanteio, Beyonce recebe a primeira indicação ao Oscar

há 5 meses
Os indicados ao Oscar 2022 foram revelados na manhã desta terça-feira, dia 8 de Fevereiro e os vencedores serão conhecidos na gala de prémios, que terá lugar no próximo dia 27 de Março, no Dolby Theatre em Los Angeles.

Bet Awards 2022: Wizkid vence como “Melhor Colaboração” e Tems como “Melhor Artista Internacional”

há 2 dias

Flagelo Urbano manifesta desejo de não ver músicos do tempo do Covid esquecidos após a pandemia

há 2 anos
Para Flagelo Urbano, o modelo de sociedade e cultura construídos no país, artistas como Justino Handanga, Socorro, Bessa Teixeira, Tujila Twajokota, Felipe Mukenga serão sempre condenados a ser lembrados apenas em situações extraordinária, como a da pandemia.

Está aprovado: Break Dance será modalidade desportiva dos Jogos Olímpicos

há 2 anos
O COI, Comité Olímpico Internacional, confirmou que o Break Dance será uma das modalidades desportivas dos Jogos Olímpicos, e fará já parte das próximas Olimpíadas de 2024, em Paris.

O Bar do Gilmário: Stand-up comedy e ficção marcam a estreia televisiva a solo de Gilmário Vemba

há 1 ano
Gilmário Vemba faz a sua estreia televisiva a solo no canal Mundo FOX, na DSTv. O seu novo programa “O Bar do Gilmário” combina stand-up comedy e ficção.

A partir de agora todo músico que animar a plateia com canção alheia pagará 20% do cachet ao visado

há 2 anos
A medida surge para salvaguardar o direito do autor, seja ele cantor, intérprete, dj, produtor ou letrista, desde que esteja inscrito e tenha suas obras declaradas na SADIA.