Sabia que Jay-Z gravou uma diss track para Tupac, mas que nunca chegou a ser lançada?

A Z.Thugsta relembrou na semana finda, que naquela década dos anos 90, 2Pac atacava todo mundo que era afiliado ou fosse amigo de The Notorious B.I.G., o seu principal rival da época. Jay-Z era uma dessas pessoas próximas de Big, e foi daí que desencadeou um “beef” entre Pac e Jay.

Em entrevista ao podcast ‘’A Waste Of Time’’, o DJ Clark Kent, um dos grandes responsáveis por introduzir Jay-Z na cena do Rap nos anos 90, com álbum de estreia Reasonable Doubt (1996), disse que o rapper gravou uma diss para Tupac Shakur, mas nunca foi lançada. “Jay gravou uma faixa para o 2Pac, mas quando ela estava prestes a ser lançada, ele morreu” – revelou.

Uma faixa bônus do álbum Reasonable Doubt ‘’Dear Or Alive’’ que pode ser encontrada no Youtube, tem algumas indirectas e mensagens subliminares de Jigga atacando Pac, porém ela não é uma diss directa a nível de Hit Em’ Up, por exemplo, explica a publicação. Mas Clark Kent não se referia a esta música e sim de outra, até porque Jay a guardou e nunca lançou em respeito a morte de Shakur.

A diss foi gravada antes do 2Pac ser assassinado em Las Vegas. Jay gravou 2 versos, e até apresentou o som durante um show. “Estávamos no Apollo.. as pessoas na plateia ficaram estupfactas”, comentou Kent.

Em 2006, Jay Z já tinha comentando a XXL Magazine, que executou um freestyle para Tupac em cima do beat de “No Diggity” do Blackstreet, mas ressaltou que não havia uma faixa, porém o show no Apollo foi gravado e possivelmente virou uma fita perdida.

as cargas mais recentes

Livro “O bolseiro- Desafios pós formação” chega às bancas no 1ª Trimestre de 2021

há 2 anos

Madonna junta-se aos protestos nas ruas de Londres

há 2 anos
Mãe de quatro filhos de raça negra, Madonna foi às ruas num protesto contra o racismo e a violência policial em Londres. A cantora foi aplaudida pelos participantes da manifestação e chegou a abraçar algumas pessoas presentes.

MOVART: Galeria de arte contemporânea africana chega a Lisboa com `AIR IHOSVA´ de Ihosvanny

há 2 anos
O projecto nascido em 2015, e que em 2017 se tornou a primeira galeria comercial a surgir em Angola, abre em Portugal com trabalhos inéditos de Ihosvanny, um artista de origem angolana que é representado pela MOVART desde a sua fundação.

Preto Show vai com tudo ao Euro 2020 e confirma ascensão internacional

há 1 ano
O convite ao músico angolano, que na próxima semana segue para Portugal para a promoção do tema, vem confirmar a sua ascensão na arena internacional, além de prestigiar a música angolana.

FSobral Agency realiza Casting para bailarinos

há 2 anos
Por intermédio da Agência FSobral, Maya Zuda e Adi Cudz recrutam bailarinos, para performances em palcos, gravação de videoclipes e outros trabalhos.

Música “Blinding Lights” de The Weeknd torna-se o maior hit do século 21

há 2 anos

Um ano sem Carlos Burity

há 1 ano
A primeira quinzena de Agosto de 2020, foi uma das piores semanas para a cultura nacional. Enquanto a nação ainda enxugava as lágrimas pelo passamento físico de Waldemar Bastos, acontece outro infortúnio no mundo da música, Carlos Burity veio a falecer no dia 12 de Agosto de 2020, em Luanda, também vítima de doença, aos 67 anos de idade.

Kid MC está de volta

há 2 anos
Kid MC e o brasileiro Dj Caique preparam um álbum de rap, com lançamento previsto para este mês (Maio) no formato digital, intitulado “Décimo sexto ano – Kid MC & Dj Caique”.

Daqui para frente Rock angolano passará a estar mais pesado

há 1 ano

Paulo Miranda na “calha” do Fala Angola

há 2 anos
O radialista Paulo Miranda poderá ser o novo apresentador do espaço televisivo “Fala Angola”, na TV Zimbo, em substituição de Salú Gonçalves, apurou a Revista Carga de fonte oficial.

Alerta: Não existe nenhum filme ‘Scape’ na “calha” da Netflix

há 2 anos
Embora tenha despertado o “apetite” dos cinéfilos e fãs dos três génios do crime, tratou-se apenas de uma demonstração livre do artista visual Dilichi.

Morreu Fernando Quental, autor de ‘Quando eu fui a Benguela’

há 2 anos
O músico angolano Fernando Quental faleceu hoje em Portugal, vítima de doença, apurou a Revista Carga de uma fonte.

Música e café são a nova união da aposta nacional

há 2 anos

Muntu: Linha angolana de artigos handmade invade mercado norte-americano

há 8 meses
Inspirada no princípio africano “Ubuntu”-eu sou, porque tu és- a marca é desenvolvida à mão por artesãos a partir de uma base ecológica com o objectivo de se conservar o meio ambiente e depois de ser vendida os lucros são enviados a Angola para ajudar centros de caridade.

Morreu Pop Show, “a voz autorizada” do Kilapanga

há 2 meses

JAY-Z encaixou mais de 300 milhões de dólares com a venda da sua marca de champanhe a Louis Vuitton

há 2 anos
Revelações da Forbes dão conta de que JAY-Z acabou por lucrar pouco mais de trezentos milhões de dólares, contudo, a marca ficou avaliada em muito mais.