Sambizanga passará a contar com plataforma de promoção dos artistas

A partir de Março o Distrito Urbano do Sambizanga passará a contar com um projecto que vai promover músicos e diferentes disciplinas artistícas. A iniciativa denomina-se Sambizanga Ritmo e Poesia e pretende “resgatar a mística” do distrito.

Além do ciclo de espectáculos que dará voz e vez à arte engajada, terá ainda o “Roque Santeiro Cultural”, uma feira anual onde serão expostos e vendidos livros, discos, peças de artesanato, artes plásticas etc..

Trovadores, slammers, actores, escritores e poetas poderão também ser contemplados.

A Carga conversou com o adminitrador daquele distrito urbano. Orlando Paca falou das razões da criação do projecto e explicou sobre como vai funcionar.

É algo de que sempre pensou ou o projecto acabou por nascer assim que constatou as necessidades do distrito?

A iniciativa surge para promover cada vez mais a cultura nacional no Distrito Urbano do Sambizanga, com maior incidência na literatura e na música. Mais do que entreter, foca-se no valor pedagógico das artes, aproximando os munícipes a conteúdos artísticos que melhor estimulam a sensibilidade e desenvolvem o senso crítico de quem aprecia. Através do debate pretendemos analisar a produção literária nacional, estreitar laços entre leitores e escritores, e despertar nos munícipes o gosto pela leitura. Outrossim, é nosso objectivo trazer ao Sambizanga referências da música, das belas artes, etc.

O projecto é um desejo antigo, mas que ganhou força depois de constatarmos a ausência de um movimento artístico-cultural sólido e constante no Distrito que já viu nascer grandes artistas.

Sambizanga passará a contar com plataforma de promoção dos artistas

Está à frente de uma circunscrição que é o berço da arte engajada. A iniciativa vem como uma espécie de resgate da mística do distrito?

Sim, claro. A mensagem carregada de simbolismo é algo que sempre caracterizou músicos, grupos carnavalescos e outros artistas ligados ao Sambizanga. Grupos e artistas que, mais do que entreter, preocupavam-se em reflectir sobre a nossa angolanidade e  fenómenos ligados à nossa sociedade.

Porquê diz isso?

Mais do que proporcionar entretenimento, é importante que as artes conservem a nossa idiossincrasia e sejam capazes de moldar consciências, transformar positivamente os nossos cidadãos para que estejam preparados e a altura dos desafios que o Distrito e o País nos apresentam.

O Sambizanga Ritmo & Poesia compreende a literatura, música e a poesia falada. Em termos práticos. Como é que estes eventos estarão a acontecer?

Numa primeira fase o projecto será materializado por meio de dois eventos culturais dialogantes, nomeadamente:

“Sambila Leitor”, que é um clube de leitura onde os amantes do livro encontrar-se-ão para debater e analisar obras literárias. Grande parte dos debates contará com a presença de escritores convidados. E o “Diálogo Acústico”, um concerto intimista em voz e violão cujo palco visa dar espaço e voz a músicos, trovadores e slammers.

Há uma segunda fase?

Sim. A segunda fase o projecto só será materializada mais tarde, através do evento denominado “Roque Santeiro Cultural”. Trata-se de uma feira anual onde teremos expostos e disponíveis para venda: livros, discos, artesanato, artes plásticas e materiais de outras disciplinas artísticas. Vai contar também com debates sobre artes, música e teatro.

Que escritores, poetas e músicos podem integrar e como fazer para participar do projecto?

O nosso projecto é inclusivo, todos os artistas terão voz e espaço. Os artistas do distrito que queiram se apresentar nos eventos, deverão contactar o Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Administração do Distrito Urbano do Sambizanga.

Pretendem arrancar em Março . Neste momento, em que pé está o projecto?

O projecto está a caminhar na velocidade desejada. Nesse momento estamos em fase de pré-produção. A reunir as condições necessárias para a materialização dos eventos.

as cargas mais recentes

Preto Show dá voz ao novo álbum do Dj brasileiro WC No Beat

há 2 anos
O DJ e produtor brasileiro WC No Beat apresenta esta quinta-feira, 20 de Agosto, o seu novo projecto musical que reúne 33 participações, entre elas está o angolano Preto Show.

Luso: “Os rappers acabam por depender das acções do político para poder fazer música”

há 2 anos
Luso está no Hip Hop desde os seus 15 anos. Tem um álbum e um EP lançados e está a concluir o segundo álbum. Além disso, o músico desenvolve o projecto “Ilusionista”.

Rapper Mota Jr encontrado morto

há 2 anos
O rapper português Mota Jr foi encontrado morto segunda-feira, mas apenas ontem (terça-feira) o corpo foi identificado, pelo facto de estar em elevado estado de decomposição.

Alicia Keys rompe contrato com a Sony Music após 20 anos

há 9 meses
Alicia Keys acaba de anunciar que é oficialmente uma artista independente. Alicia deu a conhecer que o seu 8ª álbum de estúdio “Keys” é o último a ser lançado sob a chancela da Sony Music.

Kaysha testa positivo para o Covid-19

há 2 anos
A notícia foi avançada pelo próprio artista, com um vídeo que inicialmente indicava ter feito o teste para o novo Coronavírus e posteriormente veio a público, por meio de uma publicação na sua página oficial do Instagram a confirmar que testou positivo.

Bruno Mars responde ao pé da letra ao ser conotado como apropriador cultural em programa ao vivo

há 2 anos
Há anos que Bruno Mars vem sendo apontado por críticos de aproveitar-se da ambiguidade racial para cruzar gêneros historicamente negros e, mal regressou à ribalta, já se viu na “boca do vulcão” por conta dos obstinados questionamentos sobre apropriação cultural.

Paulo Flores acaba de lançar novo álbum

há 1 ano
O álbum Independência do músico Paulo Flores já se encontra disponível em todas as plataformas digitais e de streaming e nas lojas de música. Para acompanhar o 17.° álbum, Ti Paulito disponobilizou também um videoclipe.

Artistas angolanos estarão no cruzeiro de Alexandre Pires

há 1 ano
O músico brasileiro estará a protagonizar um espectáculo em alto-mar durante três dias, com convidados bem conhecidos, entre os quais Seu Jorge e Alcione.

Patrícia Faria é o novo rosto da Zap Viva

há 2 anos
Depois de três anos a dirigir o “Calientíssimo”, na rádio MFM, Patrícia Faria prepara-se para mais um desafio. Brevemente, a cantora vai conduzir um novo programa de TV, no canal Zap Viva.

Toty Sa´Med de quarentena em Portugal

há 3 anos
O músico angolano Toty Sa´Med “viu” cancelados os dois concertos que tinha agendado na Europa, por causa da pandemia Coronavírus.

Cerimónia dos Globos de Ouro de 2021 já tem data

há 2 anos
A edição de 2021 dos prémios norte-americanos de cinema e televisão, conhecidos por Globos de Ouro, foi agendada para 28 de Fevereiro, um mês depois do calendário habitual, à semelhança do que aconteceu com os Oscar.

Fã de 10 anos pede batalha de bateria a Dave Grohl dos Foo Fighters

há 2 anos
Nandi Bushell, de 10 anos, pediu um desafio de bateria a Dave Grohl, músico de 51 anos da banda de Rock Foo Fighters. A batalha foi aceite e durou 30 segundos.

Too $hort, Snoop Dogg, Ice Cube e E-40 projectam regresso à ribalta como “supergrupo”

há 2 anos
Um novo “supergrupo” de Rap composto pelos veteranos Snoop Dogg, Ice Cube, E-40 e Too $hort surgirá muito em breve. O primeiro projecto do quarteto ainda sem nome está previsto para o primeiro semestre de 2021.

Par de ténis usado por Kanye quebra record de vendas e torna-se o mais caro da história

há 1 ano
Os calçados foram vendidos o equivalente a 1 bilião e 170 milhões de Kwanzas. Trata-se do par de Nike Air Yeezys que Kanye West usou durante a actuação no Grammy Awards de 2008.

As 10 músicas para ouvir na quadra natalícia

há 2 anos
A Revista Carga seleccionou dez canções de natal que apresenta como sugestões para os seus leitores em vésperas do natal, antecipando os seus votos de feliz natal.

Icónica gravadora Death Row Records abre museu virtual

há 1 ano