Se estivesse em vida, Agostinho Neto completaria 99 anos hoje

Nascido aos 17 de Setembro de 1922, em Caxicane, aldeia banhada pelas águas do rio Kwanza, na região de Catete em Ícolo e Bengo, a 60km de Luanda. A data foi consagrada como Dia do Herói Nacional em 1980, pela então Assembleia do Povo, um ano após o seu falecimento, dia 10 de Setembro de 1979, na antiga União das Republicas Socialistas Soviéticas.

Em alusão ao 99ª aniversário natalício do patrono da Nação, várias actividades vêm sendo realizadas desde o dia primeiro de Setembro, mas é em Menongue que acontece hoje o acto central do 17 de Setembro, presidido pela ministra de Estado para a Área Social, Carolina Cerqueira, sob o lema “Com os ideais de Neto, Honremos a Pátria Angolana”.

Mais do que um homem da política, o Fundador da Nação é hoje relembrado pelo lado humanista, como poeta maior e sobretudo, um homem de artes.

Actividades Complementares da Exposição `António Agostinho Neto na Primeira Pessoa´ patente no Belas Shopping até ao dia 30 de Setembro
Dia 18: Palestras sobre a vida e obra de Agostinho Neto
Dia 19: Recital de poesia e trova
Dia 11: Recital com canto Coral
Dia 25: Recital Instrumental com a Academia Yellen

Sobre António Agostinho Neto
Envolvido desde muito cedo com movimentos estudantis revolucionários, foi voz activa contra a política colonialista onde destacou-se a nível internacional. A sua dedicação à causa de libertação dos povos africanos da supremacia europeia acompanhou-o até ao final da sua vida e conduziu-o aos mais diversos palcos políticos internacionais para fazer da sua voz, a voz dos povos oprimidos.

Além de concluir o curso do liceu com elevada classificação, foi estudante da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra onde conheceu Lúcio Lara, que foi o seu companheiro de trajectória. Neto foi também membro fundador do Centro de Estudos Africanos em conjunto com Amílcar Cabral, Mário Pinto de Andrade, Marcelino dos Santos e Francisco José Tenreiro.

Devido à sua tenacidade e participação activa nos movimentos estudantis foi preso diversas vezes pela PIDE, dando origem a campanhas internacionais de solidariedade para a sua libertação. Esta manifestação vai ser fortemente reprimida causando a morte de 30 pessoas e mais de 200 feridos, passando a ser conhecido como “o massacre de Icolo e Bengo”. Em consequência desta agitação vai ser transferido para Lisboa e depois é deportado para Cabo Verde em Outubro do mesmo ano.

A sua influência a nível internacional cresceu na década de 60, onde teve a oportunidade de participar em diferentes conferências em Tunes, Léopoldville, Adis Abeba (conferência constitutiva da OUA), Brazzaville, Paris, Genebra (Congresso Mundial da Paz e OIT) entre outras. Na década de 70 liderou as actividades políticas e de guerrilha do MPLA e o processo de descolonização (1974/75) a partir de Argel e Brazzaville até ao seu regresso a Angola para a proclamação da independência em Novembro 1975 e assumir as funções de 1º Presidente da República Popular de Angola.

A vida política de Agostinho Neto intensificou-se forçando-o a dividir o seu tempo entre a família e a política até ao dia da sua morte a 10 de Setembro, por complicações durante uma cirurgia a um cancro do fígado, em Moscovo.

as cargas mais recentes

Angola Music Awards: vencedores serão conhecidos já amanhã

há 1 ano
Serão conhecidos já amanhã os vencedores das 25 categorias da VIII edição do AMA. A gala para a atribuição dos prémios acontece no Centro de Conferências de Belas, em Luanda, e reserva várias actuações.

Filme sobre Aretha Franklin chega às salas de cinema em Janeiro de 2021

há 3 anos
Estrelado por uma actriz escolhida a dedo pela própria Aretha Franklin antes da sua morte a 16 de agosto de 2018, a longa-metragem acompanha a ascensão da carreira da rainha do soul.

J. Cole lança novo álbum próxima sexta-feira

há 2 anos
O aguardado álbum The Off-Season de J. Cole chega ao mercado na próxima sexta-feira (14). O anúncio foi feito pelo próprio, na tarde de ontem. A obra estava em construção há anos.

Novo álbum da Banda Maravilha traz mistura de Kuduro com o Semba

há 3 anos
onhecida como verdadeira executante dos instrumentos tradicionais do Semba, a banda revelou à Carga que o aguardado álbum já está pronto e colocará à disposição dos fãs 5 mil cópias.

Fundação Arte e Cultura reforça apoio à formação artística durante o confinamento

há 3 anos
Cem pessoas entre crianças e adolescentes, da Ilha de Luanda, bairro Casas Novas, sector Ponta, começaram a receber nesta semana manuais de apoio para a formação artista.

Rodex Mágico, um artista plurivalente que caminha a passos firmes em direcção ao triunfo musical

há 2 anos
O jovem artista vem dos Combatentes, o que parece justificar seus conteúdos e referências musicais como Bruno M. Tal como várias outras estrelas, Mágico é um daqueles talentos que trocou o mundo da delinquência pelo Kuduro ou Rap. Kuduro ou Rap, porque fica difícil se posicionar ante a tendência deste artista, que resulta da fusão entre o Kuduro, Funk, Rap e Afrobeat.

Jay-Z decide processar o fotógrafo da icónica capa do álbum “Resonable Doubt”

há 2 anos
O rapper e empresário move um processo judicial contra Jonathan Mannion, o homem que o fotografou em 1996 para o seu primeiro álbum “Resonable Doubt”, por entender que este está a explorar o seu nome e imagem.

Há 10 anos, morria André Mingas

há 1 ano
Foi precisamente a 11 de Outubro de 2011, quando o relógio marcava 20 horas, que a Rádio Nacional de Angola dava conta do falecimento do músico e compositor André Mingas, no Brasil aos 61 anos de idade.

Cage One e Elizabeth Ventura estreiam-se na maior exposição de Hip Hop do mundo

há 2 anos

Labanta Braço: Um projecto musical que junta 37 artistas em nome da luta racial

há 2 anos
Não só com chavão “Black Lives Mater” nas redes sociais se faz a luta contra o racismo e intolerância, provas foram dadas com o lançamento do projecto colaborativo e solidário `Labanta Braço´.

Batata Quente: Cólua Tremura estreia novo projecto de humor

há 1 ano
O artista Cólua Tremura vai actuar como primeiro convidado do projecto de humor, Batata Quente, uma iniciativa da produtora cultural, Kianda Sessions, em parceria com a Casa Rede. A decorrer o próximo dia 30 deste mês, pelas 18:30, bem ao seu jeito, Cólua vai explorar por meio da sátira O feminismo em Angola.

DJ Pelé, Flagelo Urbano e Ikonoklasta representam a classe artística na manifestação

há 2 anos
Os músicos Flagelo Urbano, Ikonoklasta, Ready Neutro, MCK e DJ Pelé representam, a classe artística na manifestação pacífica, que decorreu hoje, em Luanda, visando alertar ao governo para fim do elevado custo de vida no país, mas que terminou com a confirmação de mortes.

“Kotas” dão aula de bem cantar e só com a lição de 80

há 3 anos
O Show do Mês “Angola 80” foi um autêntico confronto de titãs. Não no sentido literário, porque não houve vencedor, mas pelo facto de, a partir de casa, as comparações tornarem-se inevitáveis.

Yunami: O rapper que representa Angola nos palcos da Hungria

há 2 anos

Itary: Do Rap ao Zouk, a voz da versatilidade

há 2 anos
Quem a vê cantar, pode pensar que Itary nasceu para o Guetho Zouk, mas não. A cantora de 25 anos é muito versátil e transporta o Rap no seu DNA. Aliás, foi no Hip Hop que começou a sua carreira e hoje, está a se transformar numa das vozes mais promissoras do Zouk angolano.

Rappers da CPLP unem-se e entram com “pé direito” para 2022

há 1 ano
Rappers da comunidade dos Países de Língua Portuguesa fecharam 2021 em grande, com o lançamento de um projecto e a disponibilização de um vídeoclip, que conta com participação de artistas de Angola, Brasil e Moçambique.