Sintoniza 91.7 MFM: ShowTime

Leonel Manuel ou simplesmente Megga Skills, como é conhecido nas lides do Hip Hop, é a uma das vozes mais sonantes da Rádio MFM, na condução do programa ShowTime todos os Domingos, as 18 horas. Saiba mais sobre este programa, que nasceu por inspiração do extinto “Big Show Cidade”, mas que se apresenta como o programa de Rap “mais inclusivo” da actualidade, pois além de promover o Hip Hop, a música Rap e os seus fazedores, “abraçou” também a missão de “educar, informar”.

Contem-nos a história do programa Show Time?
O programa Show Time tem uma história inspiradora e não poderei responder nem metade do quão engraçada e comovente é. Mas enquanto artista e jornalista, sempre pensei em ter um Programa de Hip Hop na Rádio inspirado no lendário Programa da Rádio Luanda Big Show Cidade, que até aos anos de 2006/2007 (salvo erro), foi apresentado por Big Nelo e Kool Klever.

O meu principal objectivo enquanto Coordenador executivo, apresentador e criador de conteúdos do Programa, sempre foi a pensar na promoção dos elementos da cultura Hip Hop, com especial atenção a Música Rap e os seus intervenientes. Como mentor de um Projecto destes, o meu foco é de manter forte a cultura Hip Hop e de ajudar na promoção artística-musical.

Partilhei o plano de ter um programa de Rap na Rádio MFM, com o João Moniz Congo (meu técnico de som), também apaixonado por Rap, que na verdade também planeava o mesmo, depois de já termos feito parte de um Projecto semelhante o 360 Graus, liderado por Nelson Dembo (Gangsta Bandido da Zona Norte). João Moniz Congo não deixou de trás a minha intenção e juntos desenvolvemos esta ideia e em pouco tempo concluímos o projecto, mas notamos que faltava algo.

Do papel à prática, como foi este processo?
Pensamos em colocar entre nós uma figura pública angolana fora do Hip Hop, mas que tivesse amor pela arte e que soubesse comunicar bem. Decidimos ter uma Mulher que pensasse diferente, mas que tivesse um impacto forte na sociedade Angolana.

Foi então a partir daí que fizemos o convite à Tânia Burity, sugestão pela Vânia Oliveira. Apresentei-lhe o projecto, e ela amou a iniciativa, surgiram novas ideias e juntos fizemos algumas alterações ao projecto inicial e apresentamos aos nossos Directores de Rádio (Bruno Reis e Adilson Santos) e foi aprovado de primeira (agradeço por tudo meus Cotas).

Qual foi o passo a seguir?
Com um grande suporte e influência do Jornalista Almir Agria o projecto foi aceite, confiaram-nos o tempo de antena aos Domingos.  Das 18:00/ 20:00 na 91.7 MFM é a hora mais quente da cidade capital, simplesmente incomparável e sem qualquer motivo para discussão. Tal como digo durante o Programa : – Show Time é o Problema, o único Programa que é um Problema e até as crianças sabem… It’s Show Time.

A que se deve o nome?
Show Time é uma palavra de origem Inglesa que traduzida para o Português significa Hora de Espetáculo, Momento de Show, Show Time é a minha e a energia do Congo e a Força dos nossos ouvintes. A Hora da energia sou eu Megga Skills, é o Congo, Show Time são os nossos ouvintes em êxtase total pela dinâmica que temos e pela forma que nos envolvemos todos ao incomparável momento que temos juntos. Há zonas de Luanda em que o nosso Programa é ouvido por grupos de jovens, que colocam colunas em ruas e fazem do momento um Show autêntico.

Qual é o vosso público alvo?
Hoje sinto que seria um erro descrevermos a faixa etária dos nossos ouvintes, temos ouvintes fiéis de todas as idades, recentemente recebemos a ligação de um Jovem que colocou a filha de 2 anos a cantar para nós o Slogan do Programa e arrepiou-nos a todos em estúdio; tal como já recebemos chamadas telefónicas de pessoas com mais de 50 anos de idade. Resumindo e concluindo, Show Time é para todos.

Quanto à pluralidade dos conteúdos, como funciona a vossa programação?
Quinzenalmente temos debate, o nosso painel é composto por convidados residentes entre eles, Isidro Fortunato, Brown X, Scott The Leader e Cota Nguma. Debatemos assuntos sociais com o enquadramento naquilo que são os ideais do Hip Hop. Temos um espaço semanal de 30 minutos dedicados ao Freestyle, que é o nosso concurso de maior destaque.

Convidamos artistas para promoção musical, temos entrevistas todas as semanas. Os nossos conteúdos são muitas vezes seleccionados consoante o momento que se vive dentro do Jogo, precisamos oferecer aos ouvintes o que se vive, actualizar, formar e informar é também a nossa prioridade enquanto mídias do Hip Hop.

Quais os critérios de avaliação para que um determinado tema passe no Show Time?
Os temas que debatemos no Show Time têm de ser temas construtivos, temas de interesse social, temas actuais e intemporais nalgumas vezes. Repara que recentemente tivemos no Programa uma infecciologista a falar da Covid 19, é inédito num programa de Rap.

Já recebemos num programa de Hip Hop um administrador Municipal, um Ministro e pensamos brevemente em ter connosco a Governadora Provincial de Luanda, para discutirmos a Capital do País com os nossos ouvintes do Hip Hop.

Estas avaliações são feitas por si enquanto locutor ou é uma tarefa que cabe ao colectivo de realização?
Os temas devem ser impactantes e com importância social, não debatemos banalidades, risos. Os temas são discutidos por todos os colaboradores do Programa Show Time, as sugestões são igualmente proposta por todos. Há voz para entre nós, o que se decide debater, é porque estamos todos de acordo.

O Programa Show Time em pouco tempo ganhou o estatuto de Programa mais inclusivo de Rap. Tocamos 70% de música de novos talentos do Rap Nacional, só precisamos de músicas com qualidade e com um conteúdo aceitável em Rádio, censuramos músicas com obscenidades e velamos sempre pela qualidade sonora. Criamos oportunidades para todos sem exceção e nem exclusão.

Como tem sido a apresentação do programa em perante ao distanciamento imposto?
Nesta fase de Quarentena apenas eu e o Técnico temos estado em estúdio, temos feito as entrevistas aos artistas via telefone. Tem sido difícil trabalhar assim, porque os ouvintes cobram de nós os seus artistas em estúdio, a energia é maior e o Show Time pede isto. Mas temos plena noção que é o melhor nesta fase e esperamos que passe já, já. Paramos por enquanto o concurso de Freestyle, tudo porque não podemos receber igualmente os nossos “Pugilistas”.


Como é constituída a equipa do programa?
No iníciocriamos uma equipa maior, com a inclusão de um Repórter, que se dedica ao trabalho fora dos estúdios da MFM, que é o José Da Glória Aka Jomenix, temos um Bloguer e Câmera Man que é o José Carlitos, temos  ainda um outro Repórter sumido o Hossi Sonjamba e o nosso Designer durante os primeiros meses de programa foi o San Caleia. Actualmente, Megga Skills é o apresentador, João Congo o Técnico, José Carlitos o Câmera Man e José Jomenix o Repórter.

Como estão divididas as tarefas?
Sou o Coordenador executivo do Programa, preparo os temas e conteúdos e apresento ao resto da equipa para avaliação e aprovação. Recebo igualmente propostas de outros membros da equipa, faço a análise e outros… faço a gestão algumas vezes das nossas páginas virtuais, de referir que a página do Instagram foi hackeada, brevemente abrimos outra.

O Congo faz a receção das músicas, censura, avalia e toca. José Glória Jomenix, faz as reportagens dos eventos culturais, vai atrás dos músicos e faz o seu trabalho, gere as páginas Show Time. José Carlitos grava os programas e gere as páginas Show Time. Todos nós contactamos convidados e recebemos propostas para convidados.

Recuando no tempo, como descobre a vocação para locução?
Descubro durante a formação que era capaz de falar e fazer-me compreender tal como compreendia os jornalistas inspiradores que sempre ouvi. As técnicas de locução melhoraram-me e melhoro todos os dias, pois não paro de exercitar a locução, a oralidade que é a chave da nossa existência por cá.

A vocação não se sabe de onde vem, acordamos e de repente sentimos que há uma força maior do que nós, que nos coloca nesta posição, claro que temos referências e eu tenho as minhas, desde a música ao Jornalismo. Futebol é Amor, Rap é Paixão e Jornalismo Inspiração.

Perfil do Locutor
Nome:
Leonel Manuel
Idade: Mais de 30, estou na idade de ser rico.
Natural: Luanda
Ocupação: Sou uma pessoa ocupada.
Hobby: Levo a sério tudo o que faço, até o que parece ser hobby, eu faço pra gerar lucros.
Meu Top 10 de artistas Nacionais: Big Nelo, Bonga, Matias Damásio Nagrelha, NGA, Patrícia Faria, Edmazia Mayembe, Paulo Flores, Rei Panda, Anselmo Ralph.

as cargas mais recentes

Artistas plásticos realizam corrente solidária a favor de Mestre Kapela

há 5 meses
Dez artistas plásticos vão apresentar-se na Galeria Tamar Golan com “Paz e Amor”, uma exposição colectiva a inaugurar no próximo dia 7 de Novembro, num acto que decorrerá entre as 12 e as 19 horas.

Nameless e Sam The Kid juntos no tema “Houdini”

há 3 semanas
Já está disponível o novo single “Houdini”, de Nameless que conta com a produção inconfundível de Sam The Kid.

Stop Covid: Grafiteiros pintam murais das comunidades com os métodos de prevenção

há 9 meses
Um grupo de artistas plásticos está a ensinar, várias comunidades em Luanda, métodos de prevenção contra o coronavírus, usando a arte urbana “grafite”. Os grafiteiros tudo fazem para atingir mais bairros e vêem-se impossibilitados.

Documentário “Kings of Afro House” estreia em Amesterdão

há 6 meses
O documentário “Kings Of Afro House”, realizado pela Music Box, plataforma musical de Sagres, terá a estreia internacional no Cinema Melkweg a convite da organização do evento “ADE – Amsterdam Dance Event” e da Africadelic, no dia 23 de Outubro.

Labanta Braço: Um projecto musical que junta 37 artistas em nome da luta racial

há 8 meses
Não só com chavão “Black Lives Mater” nas redes sociais se faz a luta contra o racismo e intolerância, provas foram dadas com o lançamento do projecto colaborativo e solidário `Labanta Braço´.

Declarações do Director Nacional da Cultura contradizem factos de 2009

há 8 meses
As informações prestadas esta quarta-feira pelo director nacional da cultura, Euclides da Lomba, e reiteradas ontem à Rádio Lac, segundo as quais Carlos Burity não tinha recebido nenhum prémio daquele pelouro contradizem a atribuição, em 2009, do Prémio Nacional de Cultura e Artes ao músico.

Especialistas dizem que Kanye West não conseguirá concorrer à presidência dos EUA

há 9 meses
As 59ª eleições nos Estados Unidos estão agendadas para 3 de Novembro de 2020 (numa terça-feira), o que leva especialistas a firmarem ser tarde demais para o rapper e empresário concorrer e, se o fizesse, West teria de desafiar o domínio democrático e republicano daquele país.

Man Renas: “Tinha agendada uma tour pela Europa, mas foi tudo cancelado devido o Covid-19”

há 1 ano
Nem mesmo ele consegue explicar o “milagre”. Em apenas dois anos como profissional, Man Renas escreve a sua história. Diferente de outros, o djing foi o mais prejudicado pelo Covid-19. Teve que ver “tudo” cancelado. Mas, ainda assim, está a preparar um projecto invejável.

Tensão entre Anitta e Ludmilla volta a aumentar e dessa vez Snoop Dogg foi o pivó

há 10 meses
O rapper norte-americano comemorou através de uma publicação no Instagram, os 95 milhões de views da música ‘Onda Diferente’ no Youtube. Na mesma publicação, Snoop agradeceu apenas Anitta e Papatinho pela música, que tem participação e foi escrita por Ludmilla, deixando no ar um clima de tensão, que o “obrigou” a fazer uma nova publicação.

MTV Europe Music Awards 2020: Pabllo Vittar ultrapassa Anitta, Emicida e Ludmila.

há 5 meses
A gala de premiacão MTV Europe Music Awards aconteceu esta madruga em Budapeste, Hungria. Os maiores vencedores da noite foram BTS. Lady Gaga levou o principal prêmio “Artista do Ano” e Pabllo Vittar deixou para atrás Anitta, Emicida, Ludmila e Djonga.

Este é o objecto que Vincent van Gogh usou para tirar a própria vida

há 4 meses

Afeni e Tupac Shakur documentados em nova série

há 10 meses
Em cinco episódios, `Outlaw: The Saga Of The Shakurs´ traz um retracto íntimo e amplo da dupla mãe e filho, mais inspiradora e perigosa da história americana, cuja mensagem unificada de liberdade, igualdade, perseguição e justiça é mais relevante hoje do que nunca.

Mike Tyson garante regresso aos ringues

há 5 meses
Apesar de ter, visivelmente, dominado a luta, o combate deste sábado entre Tyson e Roy Jones Jr. acabou num empate técnico, o que deixou os fãs em frustração. Aos seus 54 anos, Mike Tyson acertou 67 vezes o adversário em 8 rounds.

Fundação Arte e Cultura reforça apoio à formação artística durante o confinamento

há 9 meses
Cem pessoas entre crianças e adolescentes, da Ilha de Luanda, bairro Casas Novas, sector Ponta, começaram a receber nesta semana manuais de apoio para a formação artista.

Katy Perry proíbe que se cante a música “Watermelon Sugar” no American Idol

há 2 semanas

Show do Mês “viaja” pelos PALOPS

há 5 meses
Numa homenagem a música feita pelos países africanos de expressão portuguesa (PALOPS), particularmente a feita nos anos 80 e 90, o Show do Mês fará, no sábado, uma viagem musical por alguns dos maiores sucessos de cada país.