Sintoniza 95.5 FM: Matabicho

Quem sintoniza a LAC, ao Domingo, das 10 até às 12 horas, pode acompanhar um dos programas mais eclécticos da Antena Comercial. No ar desde 2015, o `Matabicho´, tem uma equipa de cinco apresentadores, nomeadamente: Jorge Guerra, Walter dos Reis, Rosário Rodrigues, Edilson de Almeida e Selma Simba, que funciona em regime de rotação anual. Quanto a pluralidade de conteúdos, o programa aspira explorar artes eruditas, entreter, educar e informar estando actualmente ao “comando” de Djanira Barbosa, que conta com o suporte de Mauro Costa.

Contem-nos a história do programa Matabicho?
Começamos como indivíduos totalmente desconhecidos que participaram num casting para novos locutores lançado pela rádio LAC em 2014. Depois de várias fases de selecção, fomos convidados a fazer programas experimentais. Pelo bom desempenho fomos desafiados a ocupar um espaço que estava vazio na emissão da rádio, ao domingo de manhã. Abraçamos sem hesitar e estamos nisso há 5 anos.

A que se deve o nome?
Quando soubemos que o espaço reservado para nós era ao domingo das 10 às 12 horas, fizemos um brainstorm para encontrar um nome que fizesse jus. Depois de vários dias de discussão e várias propostas, concordamos que pelo horário que o abarcava o momento do Mata-bicho, este seria o nome do programa. 

O Matabicho faz parte da grelha de uma Rádio comercial, e assim sendo, qual é o vosso público alvo?
Sim, a LAC é uma rádio comercial e o público por defeito são empresas que queiram anunciar serviços mas, por ser um programa emitido ao domingo acabamos por abranger as famílias, de forma geral. Costumamos afirmar que o nosso público-alvo vai dos 6 aos 100 anos e mais…

Quanto a pluralidade dos conteúdos, como funciona a vossa programação?
Este é um tema que nos desafia semanalmente. Somos um dos poucos programas de rádio que tem mais de 4 vozes. Inicialmente fazíamos um programa com mais plasticidade, cada locutor trazia um tema da sua área todas as semanas. Passado algum tempo percebemos que era necessário segmentar melhor e hoje fazemos uma programação alternada semanalmente.

Qual o papel dos programas de rádio e quais os critérios de avaliação para que um determinado tema passe no Matabicho? 

Entendemos que na realidade de Angola a rádio e os programas têm um papel importante de divulgação de notícias e conhecimento.
A rádio ainda é o meio que chega a mais pessoas em todo o País por isso vemos os programas de rádio como responsáveis por levar informação relevante à população, entreter e formar.

Estas avaliações são feitas pelos radialistas ou é uma tarefa que cabe ao colectivo de realização?

Tentamos ao máximo fazer a nossa produção de forma independente. Temos opiniões e personalidades diferentes mas acabamos sempre por concordar no que achamos ser melhor para o melhor. Estas decisões são tomadas em conjunto.

E em termos musicais?

Nesse quesito temos o suporte indispensável do Mauro Costa. Ele é o responsável pela sonoplastia e ajusta sempre aos gostos individuais de cada um.

Algumas pessoas defendem que a música e a rádio são interdependentes. Partilham o mesmo ponto de vista?

Concordamos! A estética sonora de uma rádio, para além de todos os programas, linha editorial ou serviços informativos, está muito ligada à música. Estão interligadas sim.

Como tem sido a apresentação do programa em perante ao distanciamento imposto pelo novo coronavírus?
Desde que foi declarado o Estado de Emergência, passamos a fazer o programa via Skype. Cumprimos desde o início os pressupostos de segurança individual e colectiva mas desde a última semana de Maio temos feito a partir do estúdio, com 50% da equipa em modo presencial e os restantes online.

Sabe-se que a equipa é constituída por cinco elementos. Como tem sido este intercâmbio durante o programa?
Este é o nosso maior desafio e o nosso maior trunfo. Por um lado é muito difícil alinhar os gostos e preferências de 5 pessoas tão diferentes mas achamos que o programa ganha pela diversidade. Isso ajuda-nos a ter um intercâmbio sempre rico.

Como estão divididas as tarefas deste quinteto?
A apresentação do programa é uma tarefa anual. Por altura do nosso aniversário, acontece a rotação, neste momento está a Djanira Barbosa. A sonaplastia fica a cargo do Mauro Costa e individualmente cada um é responsável pela preparação de conteúdos e apresentação da sua rubrica.

Já deram voz a algum outro programa?
Apenas programas experimentais. 

Perfil dos apresentadores

Djanira Barbosa
Natural: Luanda 
Ocupação: Comunicação corporativa, gestão de redes sociais, fotografia, locução e gestão de projectos culturais
Hobby: Ler, escrever, ouvir música
Top 10 de artistas nacionais: André Mingas, Bonga, Paulo Flores, Kiafu Kiadaff, Yuri da Cunha 
Top 5 de artistas internacionais: Tito Paris, Eminem, Mayra Andrade, Alicia Keys e John Legend

Jorge Guerra
Natural: Luanda
Hobby: Trabalhar (Ver futebol) e fazer notícias sobre futebol, narrar jogos de futebol. Divirto-me trabalhando
Top 10 de artistas nacionais: Paulo Flores, Euclides da Lomba, André Mingas, Yola Semedo, Kalibrados, Young Squad, Army Squad, Killa Hill, Café Negro, Maiangaaz.
Top 5 Internacional: Metallica, System of a Down, Gabriel o Pensador, Ferrugem, Black Company.
 
Walter dos Reis
Hobby:  Leitura
Natural: Luanda
Top 5 internacional:  Stevie Wonder, Djavan, Salif keita, Sting, Cesaria Évora
Top 10 dos artistas nacionais: Filipe Mukenga,  Paulo Flores, Alberto Teta Lando, Banda Maravilha,  Kiezos, Belita Palma, André Mingas, Yola Semedo,
Impactos 4, Bonga.

Rosário Rodrigues
Ocupação: Gestor de Públicidade
Hobby: Ouvir rádio / Música /Ler sobre espiritualidade e psicologia.
Top 10 de artistas nacionais: Teta Lando, Bonga, Jovens do Prenda, Bangão, Carlos Burity, Banda Maravilha, As Gingas, Paulo Flores, Gabriel Tchiema, Pedrito.
Top 5 Internacional: Boney MBana, Julio Iglesias, Grupo Africando, Bob Marley

Edilson Fonseca Pedro de Almeida
Natural: de Luanda
Ocupação: Radialista, Fundador da Alta Velocidade, Co-fundador da TECH21 ÁFRICA
Hobby: Ler , cantar ,treinar e fazer corridas de kartings amador
Top 10 de artistas nacionais: Felipe Mukenga, Waldemar Bastos, Paulo Flores, Heavy C, Matias Damásio, Kiaku Kiadaff, Yola Semedo, Anna Joyce, Edmasia, Selda.
Top 5 Internacional: 2Pac, Nas Escobar, Common Sense, Alicia Kyes, Jene Aiko

Selma Helena Casimiro Simba
Natural: Cabinda
Ocupação: Comunicação institucional, advocacia e locução radiofónica
Hobby: Leitura
Top 10 dos Artistas nacionais: 10 não chega para eu nomear.
Top 5 de artistas internacionais: 5 é pouco para eu arriscar

as cargas mais recentes

Emicida disponibiliza “AmarElo – O Filme Invisível”

há 2 anos
O rapper brasileiro disponibilizou no seu canal oficial no YouTube e também pelos serviços de streaming digital Spotify e Deezer, o segundo episódio do podcast ‘AmarElo – O Filme Invisível’.

Arte ao Peito: Projecto expositivo criado no âmbito da luta contra o cancro em Angola abre ao público esta sexta

há 9 meses
A partir desta sexta-feira, dia 1 de Outubro, às 18H00, as Galerias do 1º Piso do Shopping Avennida, no Morro Bento, acolhem a mostra ‘Arte ao Peito’.

Black Diamondz: Entretenimento negro conta com canal exclusivo na Zap

há 12 meses
Numa altura em que a televisão ocupa um lugar importante e de destaque para as famílias, a ZAP anunciou em comunicado que acaba de reforçar a sua oferta de canais com o lançamento do Black Diamondz e Cubayo, melhorando a sua extensa variedade de conteúdos musicais, com o objectivo de diversificar a oferta de canais de entretenimento.

Ex-exposa de Dr. Dre está a ser investigada por desvio de dinheiro nas contas do rapper

há 2 anos
A ex-esposa do Dr. Dre, Nicole Young , está a ser investigada pelo Departamento de Polícia de Los Angeles por suposto desfalque financeiro nas contas da empresa do produtor.

A partir de agora filmes angolanos passarão a ser premiados com até 13 milhões de Kwanzas

há 12 meses

Yola Semedo revela que está desmotivada para fazer lives

há 2 anos

Telma Lee assina com a Milionário Records

há 2 anos
Telma Lee é a mais nova integrante da produtora e distribuidora musical Milionário Records. O anúncio sobre a contratação da cantora acabou por ser confirmado por Mi Mosquito, CEO da gravadora.

Danai Gurira dá spoiler sobre `Pantera Negra: Wakanda Forever´

há 2 meses
Sem muito detalhe a actriz e membro do elenco, Danai Gurira, falou à Variety, sobre o que está por vir. “É tudo sobre ele. É um derramamento de amor e honra para ele”. Assim, os fãs da sequência estão ansiosos para descobrir como será o tributo ao actor.

Landrick abre produtora e anuncia o primeiro agenciado

há 2 anos
Atrás dos holofotes dos media, Landrick vai projectando um futuro promissor. Para além da sua carreira, o músico criou uma produtora e prepara-se para anunciar o primeiro agenciado.

Semba: de Angola para o mundo

há 2 anos
A palavra semba significa ’’umbigada’’ em kimbundo. Numa tradução livre, o Semba representa “o corpo do homem que entra em contacto com o corpo da mulher ao nível da barriga”.

Álbum “Pra Lhes Doer Mais”, da autoria de Twenty Fingers já está disponível

há 2 anos
2020 tem sido o ano das novidades para os fãs de Twenty Fingers. Depois de ter lançado o EP Twenty Twenty, o músico moçambicano, agenciado pela Música Promo, lança o álbum há muito desejado.

União 10 de Dezembro é o grande vencedor do Carnaval Live 2021

há 1 ano

50 Cent perde a cabeça e parte para agressão

há 2 anos
O líder da G-Unit perdeu a compostura e partiu para agressão contra um homem, lançando-o com uma mesa e várias cadeiras durante um convívio na passada quinta-feira num restaurante, em Nova Jérsia.

Sabia que num dia como hoje uma festa inspirava o surgimento do Hip Hop?

há 2 anos
Tudo aconteceu há 47 anos atrás, no dia 11 de Agosto de 1973, quando o jamaicano, DJ Kool Herc organizou uma festa, no Bronx em Nova Iorque, que mudou para sempre a história da música pop. A festa que foi inicialmente organizada para a celebração do aniversário de Cindy Campbell, irmã do DJ, ganhou outros contornos tendo reunido no mesmo espaço os quatro elementos da kultura Hip hop e desde então, os irmãos passaram a ser considerados os pais do movimento.

The Weekend doa 1 milhão de dólares para ajudar Etiópia a comprar alimentos

há 1 ano

2020: Um ano trágico para a música angolana

há 2 anos
Calaram-se as vozes, mas as obras serão sempre lembradas. Exemplo disso, aconteceu sábado no encerramento da VII temporada do Show do Mês. O projecto da Nova Energia colocou Carlos Burity, Kweno Ayonda, Waldemar Bastos, Jivago e Teta Lágrimas nas estrelas.