Sintoniza 96.1FM: As 3 Essenciais

Começou hoje a contagem decrescente para a estreia do mais recente pograma da Rádio Essencial, ‘As 3 Essenciais’. Idealizado por Guelmo Cruz, será conduzido por Edivânia do Carmo, Dalila Prata e Micaela Reis, será transmitido todas as quartas na 96.1FM.

Em nome da equipa, Edvânia do Carmo descortinou todas as novidades sobre este programa que marca a estreia radiofónica de Micaela Reis. De acordo com a jornalista, ‘As 3 Essenciais’ trazem na “manga” uma programação diversificada que visa entreter, educar e informar a camada juvenil.

Em que consiste o programa `As 3 Essenciais´?
Trata-se de um programa de rádio semanal, que irá ao ar a quarta-feira, na 96.1 FM na Rádio Essencial e vamos abordar vários temas, entrevistas, rubricas… enfim é um programa de rádio que terá duas vertentes: a interacção com os ouvintes radiofónicos e nas redes sociais.

Como surge a ideia do programa?
Eu e a Micaela já tivemos um programa parecido e certa vez, em conversa com o Guelmo e a Dalila, sugeriram que fizéssemos um programa e assim juntamos o útil ao agradável. Foi apenas adicionada a Dalila e também a proposta do Guelmo com a criação de `As 3 Essenciais´.

A escolha do nome têm a ver com a radio em que será apresentado?
Sim, foi um convite do Guelmo, já que o programa será dentro do espaço e horário dele na rádio e cedeu-nos uma hora para fazermos o nosso programa na quarta-feira. As 3 Essenciais é nada mais do que a junção do nome da rádio, com o facto de cada uma de nós ter a sua essência e é isso que vamos partilhar no programa: a nossa essência, ideias, pensamentos, pontos de vista nos debates e entrevistas.

Qual é o vosso público alvo?
Queremos que essencialmente o nosso público alvo sejam jovem, sendo essa a força motriz de qualquer sociedade e com Angola não é diferente. Queremos atingir esta franja que é muito activa, mas queremos em especial atingir o público feminino, vamos ter muitos temas e debates sobre o que se passa com as mulher em Angola e a nível mundial.

Quanto a pluralidade dos conteúdos, como vai funcionar a vossa programação?
Será bastante diversificada, queremos fazer de um tudo dentro do programa. Queremos ter entretenimento puro, mas queremos também aproveitar a nossa visibilidade e responsabilidade social paratrazer temas relevantes, queremos informar e entreter.

As três apresentadoras têm experiência com televisão, como está a ser a preparação para a estreia em rádio?
Temos experiência em televisão sim, mas eu por exemplo, comecei na rádio desde pequenina com programas infantis e depois para jovens, isto em Benguela. Quando cheguei a Luanda, também fiz parte de uma rádio fiz o programa `Boleia Vip´ com o Edilson Pitra. A Dalila também, no Huambo antes de ingressar para a televisão teve uma experiência em rádio. A Micaela é que não teve ainda nenhuma experiência, mas vai correr bem.

A nossa preparação para a estreia está fantástica, estamos ansiosas e expectantes, a preparar tudo com muito carinho, com muita responsabilidade também e queremos que o público nos receba da mesma maneira com que estamos a preparar.

Como estão divididas as tarefas entre o trio?
Não é um trio fácil, somos amigas mas temos personalidades diferantes, pontos de vista e personalidades diferentes também, a ideia tem sido conciliar, na base do respeito e carinho que temos umas pelas outras, queremos todas o bem e obviamente que este programa é o nosso bebé… olhamos todas para o projecto da mesma forma, maneira e intensidade para que o projecto seja um sucesso, por isso, as tarefas são divididas, cada uma com a sua função: Edvánia com a gestão das redes sociais e a comunicação, a Dalila com a elaboração do guião, temas e conteúdos, ao passo que a Micaela também na parte digital. Temos feito partilhas em tudo, apesar de cada uma ter uma responsabilidade particular.

Qual o papel do Guelmo Cruz na equipa?
O Guelmo Cruz é o nosso produtor executivo, foi ele quem sugeriu o projecto, concebeu connosco, ajudou na escolha do nome, fez os spots para a rádio, cedeu-nos uma hora dentro do programa dele, o `Tardes com Guelmo Cruz´, na 96.1 FM. É nada mais do que o principal responsável pelo projecto `As 3 Essenciais´ e tem um papel fundamental em tudo, desde a escolha dos temas, os convidos para as entrevistas, das rubricas de música, de prémios.

O programa está prestes a estrear, que expectativas têm?
O programa vai estrear oficialmente na próxima semana, estamos expectantes e felizes. O nosso programa será semanal, as quartas, das 15:30 as 16:30 e hoje vamos apresentar ao público durante uma entrevista na Rádio Essencial.

as cargas mais recentes

Petro “rouba” Aníbal ao 1º de Agosto

há 2 anos
O Petro de Luanda garantiu a contratação do técnico Aníbal Moreira, que até a semana pertencia ao quadro técnico do 1º de Agosto, num contrato válido por quatro anos.

Figuras públicas “choram” morte de Tonito, intérprete, letrista e compositor

há 4 meses

Luso antecipa promoção do próximo álbum com uma “prenda”

há 2 anos

Flagelo Urbano grava videoclipes pela primeira vez em 25 anos de “estrada”

há 3 anos
A ultimar os arranjos do sucessor do EP `De Sião a Medina´, o rapper tenciona trazer um CD mais afrocentrado, profundo e “pluriversalista”.

Após realizar primeiro comício político Kanye West propõe Jay-Z para vice-presidente

há 2 anos
Após realizar o seu primeiro emociante comício político, este domingo, no estado da Carolina do Sul, onde, dentre várias promessas, propôs um milhão de dólares às gestantes, legalizar e tonar gratuita a liamba, Kanye West revelou que vai propor a Sean Carter o cargo de vice-presidente.

Ashanti e Keyshia começam 2021 com um frente a frente

há 2 anos
Remarcado para nove de Janeiro de 2021, depois de Ashanti ter testado positivo, em Dezembro, para o Covid-19 ( horas antes do encontro), a organização anunciou hoje que as duas artistas vão desafiar-se na próxima semana.

Mano Brown “inaugura” Casa Hip Hop Brasil no Cristo Redentor

há 10 meses
Cada dia que passa o Hip Hop está a conquistar seu espaço no Brasil. Na sexta-feira, a “cultura” viveu um dos mais importantes momentos desde que chegou ao Brasil nos finais dos anos 70, ao ser levada ao Cristo Redentor, uma das Sete Maravilhas do Mundo.

La Casa De Papel: Spoilers confirmam reviravolta na 5ª temporada

há 2 anos
Segundo o site Nova Mulher, para o qual a Inspectora cedeu uma entrevista, “Sierra passará uma transformação, definida por ela como GORE, fazendo referência ao subgênero de filmes de terror com retratos gráficos de sangue e violência”.

Produtor Algo Desconhecido anuncia lançamento da beat tape “Bengha Producers”

há 2 anos
O projecto que junta dez produtores nacionais, terá o equivalente a um beat por cada interveniente. Intitulada “Bengha Producers”, a beat tape será lançada em Agosto em todas as plataformas digitais.

Sintoniza 96.1 FM: O LIVRO “Vida em Papéis e Letras”

há 1 ano
O LIVRO “Vida em Papéis e Letras”, é descrito como um programa que expõe o livro na sua plenitude: Edição, Pesquisas, Ilustrações, em suma, tudo o que faz parte da constituição de cada livro publicado. No ar todas as quartas-feiras, das 15 as 16 horas, o espaço está focado nos Autores, Editores, Críticos e Leitores.

Ndaka Yo Wini canta no festival internacional de Montreal

há 1 ano
O músico angolano Ndaka Yo Wini é uma das figuras de cartaz da 35ª edição do Festival Internacional de Montreal/Quebec (Canadá), denominado “Nuits d´Afrique”, que decorre desde o dia 08 de Julho.

Sugestões de actividades para prestigiar o Dia Internacional do Jazz

há 7 meses
A efeméride foi celebrada pela primeira vez em 2012, e a comemoração tem como objectivo lembrar a importância deste género musical e o seu contributo na promoção de diferentes culturas e povos ao longo da história.

Burna Boy: “Não importa onde estejas, nem o que pensas fazer, se acreditares em ti alcançarás tudo o que quiseres”

há 2 anos
Ao reagir à vitória, Burna Boy emocionou com um improvisado discurso em Inglês e Iorubá.

Covid-19: Morreu o músico congolês General Defao em vésperas do seu 63° aniversário

há 11 meses
François Lulendo Matumona, popularmente conhecido como General Defao, faleceu ontem, em Douala, nos Camarões, por complicações da Covid-19. O músico passou mal enquanto últimava os preparativos para a comemoração do Réveillon, que coincidentemente é no dia da celebração do seu aniversário natalício.

Paulo Flores e Yuri da Cunha recriam sonoridade dos anos 70/80 em novo EP

há 2 meses

Começou nas festas do Zango, hoje Dj Xandy deixa sua marca em África

há 2 anos
Dj Xandy notabilizou-se nas festas e bares dos bairros de Luanda e hoje assume e produz vários eventos e artistas. Com 12 anos de carreira, é conhecido por divulgar o Afro House e já lançou um EP nesse estilo.