Solidariedade artística em tempos de distanciamento

Nunca o chavão “a dificuldade aguça a criatividade” fez tanto sentido como actualmente. O trabalho remoto tornou-se o novo normal, e reinventar, a palavra de ordem. No meio disto tudo, há famílias resguardadas em casa para se proteger e tentar travar o avanço da pandemia e outras que têm de escolher, entre escapar a doença ou passar por necessidades, para estas, a “entreajuda” se fez chegar na linha da frente com os “heróis” de microfone na mão.

Um pouco por todo o mundo, várias iniciativas culturais e não só, têm surgido para ajudar a população mundial a viver os tempos de distanciamento social. E foi nesta ordem de ideias que acções colectivas e individuais, têm vindo a provas que a alternativa pode estar no até então “marginalizado” mundo digital.

O Google Arts&Culture por exemplo, associou-se a 500 museus e galerias e abriu portas (virtualmente) a diversas exposições; A Fundação Arte e cultura, repensou em novas formas de leccionar em tempos de “suspensão involuntária” a que nos impõe o problema de saúde mundial, e apresenta quase que diariamente o programa `Fundação Online´. Do didatismo ao entretenimento, o mesmo visa motivar as famílias a permanecerem em casa como forma de prevenção.

Solidariedade artística em tempos de distanciamento

Mas os dias que correm têm provado que nem tudo são rosas e que o bom senso de algumas pessoas terminou muito antes do álcool gel nas prateleiras dos supermercados, e que o mundo só adoeceu porque a humanidade “está” baixa. Com vários exemplos de comerciantes não só a adulterarem o produto de extrema importância neste momento de prevenção, mas também a sobrefacturarem.

Não obstante a este egoísmo desenfreado, as ajudas vêm de toda a parte, seja com doações monetárias ou com mecanismos para se conseguir viver efectivamente este distanciamento social sem passar por necessidades. Nesta senda, o grande destaque são as acções levadas a cabo por artista, através de lives solidários.

Solidariedade artística em tempos de distanciamento

Não é possível precisar exactamente de onde partiu a iniciativa, mas a verdade é que os músicos têm se mantido de pedra e cal para levar ajuda ao povo. E porque o exemplo “arrasta”, as acções internacionais, foram e muito bem replicadas em Angola, destacando alguns nomes como: Landrick, Kyaku Kyadaff, Os Lambas, Kizua Gourgel, Matias Damásio, C4 Pedro (o único artista dos Palop no “Africa Day Benefit Concert at Home”, Liriany Castro, Ary e Black Coffee tem sido as presenças mais constante em lives solidários.

Solidariedade artística em tempos de distanciamento

De igual modo, a Platina Line e a TPA arregaçaram as mangas e juntaram esforços para a concretização do “Live no Kubiko”, a inciativa que começou coma actuação de Matias Damásio, foi sucedida com o show de Yola Semedo, passado pelas duplas Edmázia e Puto Português, Euclides da Lomba e Patrícia Faria, Heavy C e Walter ananás e será protagonizado no próximo sábado por um quarteto gospel, nomeadamente: Glória Silva, Joly Makanda, Dodó Miranda e Irmão Bambila.

O espectáculo visa angariar bens de primeira necessidade para os mais carentes e entreter as pessoas neste período de confinamento social. De acordo com o CEO da Platina Line, Sarchel Necésio, está ainda previsto um concerto com Ary, sendo que, “haverá espaço para novos talentos nesta empreitada”. O também mentor da iniciativa, garante que o balanço é mais que positivo e é traduzido em “sorrisos, esperança, felicidade e comida na mesa de milhares de famílias”. Posto isto, concluímos que não adianta procurar fora, é em casa que está a diversão.

as cargas mais recentes

Emicida em destaque no Grammy Latino

há 2 anos
O álbum “AmarElo” de Emicida, lançado em Outubro de 2019, ficou considerado o melhor de rock ou de música alternativa em Língua Portuguesa, numa cerimônia virtual em que também se destacaram Paula Fernandes, Céu, Aline Barros, João Bosco, Mariana Aydar e Toninho Horta.

Actor de Batman: O Cavaleiro das Trevas chama Coringa de filme ‘nojento’

há 2 anos
Coringa é um dos grandes filmes de 2019 e trouxe uma história diferente e surpreendente para o clássico vilão do Batman. Entretanto, o actor Eric Roberts, conhecido por Batman: O Cavaleiro das Trevas chamou o filme “nojento”.

Erick Shine liberta “O Mais Bruto do Game Vol.3 – O Deus da Guerra”

há 2 anos
Há muito que Erick Shine não “era tido e nem achado” nas lides do hip hop nacional, mas recentemente o rapper prometeu disponibilizar um trabalho para a manutenção daquilo que é o seu legado, e assim o fez.

DMX revela que é tripolar

há 2 anos
A revelação foi feita durante o “Ruff Ryders Chronicles”, transmitido pelo canal BET. Durante a entrevista de Earl Simmons, nome de registo de DMX, que tomou um rumo mais emocional, por ser confrontado com o assunto das suas múltiplas personalidades.

Wycleff Jean selecciona angolano Jeff Brown para o “Challenge”

há 2 anos
A selecção do rapper angolano foi confirmada pelo próprio Wycleff, na sua página do instagram, notificando o participante e deixando a seguinte questão: Acham que ele (Kota Kulanda) merece os 1000 dólares?

Matias Damásio homenageia médicos em novo single

há 2 anos
Intitulada “Guardiões da Vida”, a música serve para homenagear os profissionais de saúde de todo mundo que tudo fazem para conter a pandemia do Covid-19. Em breve será gravado o seu vídeo clipe e quem estiver interessado a fazer parte do mesmo basta enviar um curto vídeo amador.

Lil Nas X volta a lançar single polémico, desta vez com fim filantrópico

há 1 ano
“Industry Baby” documenta o seu processo judicial em tribunal, movido pela Nike por causa do tênis Nike Air Max 97, que continha gotas de sangue humano. Todo dinheiro arrecadado com direitos autorais da faixa, será revertido em doações ao The Project Bail.

Para evitar pena de agressão sexual, Kodak Black se declara culpado por assédio

há 1 ano
As acusações estão relacionadas com o incidente que envolveu uma estudante do ensino médio, após um show no Condado de Florence, Carolina do Sul, em 2016.

Dr. Dre rejeitou desafio contra Diddy por entender que seu legado não pode estar associado à falta de qualidade sonora

há 2 anos

Rodex Mágico, um artista plurivalente que caminha a passos firmes em direcção ao triunfo musical

há 1 ano
O jovem artista vem dos Combatentes, o que parece justificar seus conteúdos e referências musicais como Bruno M. Tal como várias outras estrelas, Mágico é um daqueles talentos que trocou o mundo da delinquência pelo Kuduro ou Rap. Kuduro ou Rap, porque fica difícil se posicionar ante a tendência deste artista, que resulta da fusão entre o Kuduro, Funk, Rap e Afrobeat.

Sabia que Jay-Z gravou uma diss track para Tupac, mas que nunca chegou a ser lançada?

há 12 meses
Em entrevista ao podcast ‘’A Waste Of Time’’, o DJ Clark Kent, um dos grandes responsáveis por introduzir Jay-Z na cena do Rap nos anos 90, com álbum de estreia Reasonable Doubt (1996), disse que o rapper gravou uma diss para Tupac Shakur, mas nunca foi lançada. “Jay gravou uma faixa para o 2Pac, mas quando ela estava prestes a ser lançada, ele morreu” – revelou.

Billboard elege melhores músicas e álbuns do K-Pop em 2020

há 2 anos
Na selecção de discos, a equipa do periódico escolheu 10 destaques para o ranking, que, surpreendentemente, não traz nem o BTS, nem o BLACKPINK, os dois maiores fenómenos do género actualmente.

Morreu U-Roy, mestre do Reggae

há 2 anos

Torneio de basquetebol assinala aniversário da Kianda

há 2 anos
Seis equipas vão disputar o torneio Cidade de Luanda, em Basquetebol sénior masculino e feminino, numa realização da Associação Provincial de Luanda, que visa comemorar os 445 anos da capital do país.

Xtremo Signo e Lil Drizzy unem Velha e Nova Escola em novo projecto musical

há 8 meses
Lil Drizzy e Xtremo Signo são duas vozes separadas pelo tempo e espaço, mas confessam a mesma crença e lutam pelo mesmo objectivo : o Rap. Os artistas foram desafiados para representar a Velha e Nova Escola do Rap angolano no tema “Quem Me Mandou”, uma iniciativa do canal Rap Produtivo.

Lewis Hamilton será condecorado com título de “Cavaleiro” pela Rainha da Inglaterra

há 2 anos
Com sete títulos mundiais, o piloto de 35 anos está prestes a sagrar-se o melhor de sempre da Fórmula-1.