Steel Wonder: Mais um filho do Prenda que aspira ter sucesso no Rap

Filho do Prenda, Steel Wonder é mais um talento que pretende “emergir” no Rap. Polivalente, o canto e a dança sempre estiveram no sangue, inspirado em Bruno M, começou a compor em 2009 tendo o Kuduro como ponto de partida de uma caminhada que viria a conhecer um interregno prematuro, por questões religiosas.

A segunda “season” da sua história com a música, surge em 2013, ao identificar-se com a ideologia da Força Suprema. Actualmente no Rap, Steel aspira trabalhar com a Latino Records e vê no single `mamacita´, a sua ascensão musical.

A partir de que momento a música começa a ganhar espaço na sua vida?
Desde bem pequeno fui muito apaixonado pela música, 2009 foi o ano que escrevi os meus primeiros versos, sendo que foram versos de kuduro.

Como é que se define artisticamente?
Artisticamente me defino como um rapper versátil, consigo navegar em várias vibes, sendo que até já tenho uma track que lançarei dia 14/02 que não é rap, é kubeng, -mistura de rap com kuduro, mas sou um rapper de essência por ser o estilo que mas faço e me caracteriza.

Como foi a transição do Kuduro para o Rap?
A transição foi natural, sendo que na altura, 2012, já equilibrava entre Rap e Kuduro, acabei por me apaixonar pelo rap, um dos motivos foi por ter ouvido NGA.

Que assuntos normalmente explora nos seus temas?
Nos meus temas falo sobre tudo, sobre a minha vivência, sobre o que está ao meu redor, sendo até que nessa mesma track que lançarei dia 14/02 inspirei-me num momento passado entre amigos no ano novo.

Steel Wonder: Mais um filho do Prenda que aspira ter sucesso no Rap

O que preparou para este ano? 
Para este ano, especificamente para o primeiro semestre preparei três track’s, a primeira sairá próximo mês 14/02. Para outro semestre o pessoal terá de aguardar…

Largou a escrita por questão religiosas, quais as razões que o levaram a voltar à escrita?
Procurava algo ou alguém para desabafar, como os meus grandes amigos, não estavam por perto decidi canalizar os meus sentimentos no caderno.

O que pretende com a música?
Conseguir uma verdadeira emancipação, ajudar minha família e os jovens.

Sabe que o mercado está cada vez mais pequeno. Dia após dia surgem artistas, que vão ocupando o pouco público que há. Como fará para se impor?
Para me impor, farei simplesmente bem e melhor, a diferença e a consistência ( investimento e muita persistência ).

Nessa fase inicial com que nome gostaria de trabalhar, pessoas que acha que dariam um up à sua carreira?
Latino.

Porquê?
Não conheço o papoite mas curti da personalidade dele, pelo facto de ser um verdadeiro hustle, sinto que posso aprender bastante com ele, acompanho o trabalho do kota desde os mobbers até hoje com paulelson.

Que expectativa tem em relação a sua carreira?
Almejo chegar ainda esse ano, em grandes palcos da banda (assim que essa situação passar ), especialmente fazer o mamacita ser um hit.

Consegue medir o feedback?
Sim, tem sido bastante positivo.

Qual é o seu maior sonho?
Com a guita do rap, chegar a construir um império que me capacite a ajudar minha família e a sociedade em geral,

as cargas mais recentes

É Preciso Falar: Carga Magazine lança novo conteúdo em formato podcast

há 9 meses
O novo conteúdo da Carga é uma grande entrevista do tipo opinativa, com os principais fazedores da música angolana, opinion makers, bem como pessoas ligadas a cultura, acompanhada de debates sobre os temas que preocupam a cultura nacional, particularmente a música.

Bow Wow manifesta interesse em lançar um último álbum sob chancela da Death Row Records

há 11 meses
Desde que foi adquirida por Snoop Dogg todos os olhos se voltaram à icónica gravadora. Aposentado da música desde 2016, Bow Wow elegeu a Death Row Records como lar perfeito para o seu último álbum, durante uma sessão de perguntas e respostas no Twitter.

Caetano Veloso leva clássico “Hey Jude” dos Beatles ao cinema

há 2 anos
A versão, apenas com voz e violão, faz parte da banda sonora do filme “Narciso em Férias”, um documentário autobiográfico da vida amarga que o músico e compositor brasileiro viveu durante a ditadura militar no Brasil.

Racionais MC’s lançam discografia completa em vinil

há 2 anos
O grupo Racionais MC’s lançará a discografia completa em vinil a partir da segunda semana de Dezembro. A pré-venda dos álbuns, já começou ontem, informou o site brasileiro UOL.

Cantor brasileiro Belo é solto após pedido de habeas corpus

há 2 anos

Car Title Loans In Corbin, Kentucky Ky

há 9 meses

Fundador da Murder Inc revela que tentou boicotar início da carreira de 50 Cent

há 2 anos
O fundador da Murder Inc, gravadora de Ja Rule e Ashanti, confessou durante uma entrevista que tentou bloquear contratos de 50 Cent até o líder da G-Unit assinar com Dr. Dre e Eminem.

Petro “rouba” Aníbal ao 1º de Agosto

há 2 anos
O Petro de Luanda garantiu a contratação do técnico Aníbal Moreira, que até a semana pertencia ao quadro técnico do 1º de Agosto, num contrato válido por quatro anos.

D-Wayne: Um filho do Rap que deixa marcas no Kuduro e Afro House

há 2 anos

Já existem quase 500 músicas inspiradas no Coronavírus

há 3 anos
O coronavírus privou os fãs de música de ver shows no primeiro semestre, adiados ou cancelados. Por outro lado, a doença virou inspiração para candidatos a hits.

Grupo Melim actua em Portugal

há 1 ano
O Grupo Chiado acaba de comunicar que o trio Melim está de regresso a Portugal, para dois concertos únicos: 10 de Novembro, na Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota e dia 12 de Novembro, no Campo Pequeno.

Justin Bieber: “Pensei que com o sucesso todos os problemas na minha vida desapareciam”

há 2 anos
Numa recente entrevista à revista GQ, revelou pormenores sobre a gestão da sua carreira e a vida pessoal. O canadiano não conseguia controlar-se das drogas e conta que uma vez, seus seguranças chegaram a sentir o seu pulso durante a noite para ver se estava vivo.

Lakers poderão usar camisola “Black Mamba” nos jogos da NBA

há 2 anos
O uso das camisolas pretas, com uma impressão de pele de cobra do lado de fora, poderá acontecer caso “os Lakers passarem da primeira rodada dos playoffs sobre o Portland”.

Entre bombos e tarolas, dance ao ritmo do Hip-Hop

há 3 anos
O Hip Hop nasceu juntamente com o estilo musical e toda sua as cultura. Refere-se aos estilos de dança sociais ou coreografados relacionados com a música e com a cultura Hip Hop: um género musical, com uma subcultura própria, iniciado durante a década de 1970, nas comunidades jamaicanas, latinas e afro americanas da cidade de Nova Iorque, e posteriormente desenvolvido por afro e latino-americanos.

Produtores de Afro House mais requisitados da actualidade revelam hegemonia no`Desfile de hits´

há 3 anos
A Carga apresentou ontem os maiores produtores de Afro House do país. Durante o Repertório, ficou-se a saber que Vado Poster e Dj Habias produziram sucessos como “Lhe Traíram” (Os Moikanos), “Tic Taá” (Scro Q Cuia e Nerú Americano), “Wamona” (Nagrelha e Puto Prata), “Kapota” (Noite e Dia) e tantos outros descritos abaixo.

Maya Cool: “Fiquei gravemente doente com Covid”

há 2 anos
O músico Maya Cool falou da sua experiência com o vírus da Covid-19, do momento difícil que passou e do que perdeu em 2020 com a chegada da pandemia.