This Is Not A White Cube apresenta “Reflectir#2 – Fragmentos, Fragilidades, Memórias”

A exposição estará em exibição no Museu de Arte Africana de Belgrado, a partir de 13 de Abril, e é fruto de uma colaboração entre a instituição e a Galeria de Arte THIS IS NOT A WHITE CUBE.

A mesma constrói-se como exposição através da selecção cuidada de obras de artistas angolanos, representativas daquilo que é, num espectro alargado, a produção artística e a reflexão intelectual de uma geração icónica nascida após a independência de Angola, em 1975, sucedendo à afirmação dos movimentos independentistas, à Guerra Colonial Portuguesa e à deposição do regime ditatorial do Estado Novo, em Portugal.

Com curadoria de Ana Knežević, Emilia Epštajn, Graça Rodrigues e Sónia Ribeiro, a exposição reúne um abrangente panorama desta multifacetada produção, onde se ostentam obras em papel, instalações, performance, pintura, fotografia, têxtil e vídeo de Alida Rodrigues, Ana Silva, Cristiano Mangovo, Francisco Vidal, Januário Jano, Luís Damião, Nelo Teixeira, Osvaldo Ferreira, Pedro Pires e Ery Claver, que no seu todo revelam a forte afinidade à estética e materialidade estratificada do “arquivo” cuja quase inexistência – por negligência ou depauperação endémica – se tem revelado crítica em Angola.

De acordo com a nota explicativa da Galeria, as obras integradas foram concebidas entre 2014 e 2022, período ao longo do qual se têm vindo a maturar naquele território os processos de construção de um discurso e de uma experimentação artística promotora de uma reflexão conceptual de fundo sobre as questões que histórica, política e socialmente, de forma mais gravosa, implicam o desenvolvimento sustentado do país tendo em conta a sua História recente.


O projecto foi concebido propositadamente para a ala de exposições temporárias, que o Museu de Arte Africana de Belgrado dedica à arte contemporânea, e para estabelecer diálogo com a sua coleção permanente onde se integram objetos, artefatos e obras de arte que refletem a cultura material da África Ocidental, em que Angola se insere. É a segunda edição do projeto “Reflect,” dedicado à apresentação de obras de artistas de origem africana. Após a primeira edição, que incidiu sobre reflexões de artistas contemporâneos da Namíbia (2020), Reflectir #2 explora agora os fragmentos, fragilidades e memórias de artistas contemporâneos de Angola.


A colecção do Museu de Arte Africana de Belgrado, foi construída a partir de meados do século XX, no contexto do confronto ideológico Leste-Oeste, de afirmação do “Movimento não alinhado”, por oposição ao colonialismo, ao imperialismo,  ao neocolonialismo e ao fortalecimento das potências coloniais ocidentais e do pensamento de carácter hegemónico.
Apesar deste contexto, a exposição permanente não deixa de refletir, de múltiplas formas, uma representação canonizada da arte ocidental-africana.

A sua releitura, à medida do que sucedeu internacionalmente em muitas outras coleções, tem vindo a ser trabalhada institucionalmente, do ponto de vista interpretativo, científico e curatorial, em prol da descolonização do pensamento e da afirmação dos princípios do multiculturalismo e da diversidade cultural.
A integração de obras de arte contemporânea angolana oferece assim ao público uma nova perspetiva sobre questões museológicas ainda não resolvidas, relativas à apresentação da arte africana.


“Reflectir#2 – FRAGMENTOS, FRAGILIDADES, MEMÓRIAS” alimenta este ímpeto, da descolonização do pensamento, e inclui criações maioritariamente inéditas. Configura por isso uma oportunidade excecional para travar conhecimento com um trabalho que, sendo atravessado por uma percetível e singular linha criativa, é, simultaneamente, do ponto de vista intelectual, material e técnico, profusamente diverso e híbrido.

Como um todo, a mostra explora criticamente os mecanismos de criação de cânones no meio artístico ocidental, privilegiando em número, a apresentação de obras que materialmente e tecnicamente se distanciam dos suportes e dos géneros artísticos mais convencionais, lê-se em nota.

as cargas mais recentes

Dino D’Santiago é o principal vencedor dos Prémios da Música Portuguesa

há 1 ano
O músico, compositor e activista de descendência cabo-verdiana levou ontem da gala do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, os prémios da Crítica, Álbum do Ano e o de Melhor Artista Masculino.

Rapper Scarface pede ajuda dos fãs para conseguir um novo rim

há 2 anos
A situação de saúde do rapper da Old School agravou-se após ter contraído o novo Coronavírus em Abril.

Designer desvenda caracterização de The Weeknd no vídeoclipe ‘Save your tears’

há 2 anos
Lançado há pouco menos de uma semana, “Save Your Tears”, mostra The Weeknd a remover as bandagens que vinha usando durante a era “After Hours”.

TYKID apresenta `Imaturidade´, o segundo single do seu EP de estreia

há 2 anos
Com uma sonoridade melodiosa e doce o artista consegue-nos levar ao cenário que desenha com as suas palavras num instrumental trap-soul recordando igualmente o neo-soul do início do século de Musiq ou Joe.

Dudu Sapate leva exposição “Gênesis” à Galeria Tamar Golan

há 6 meses
O artista angolano Dudu Sapate vai apresentar-se no próximo dia 1 de Abril, Sexta-feira, pelas 18 horas, na Galeria Tamar Golan com “Gênesis”, uma exposição individual que ficará patente ao público até ao dia 22 de Abril.

Kanye West acusado de “desrespeitar o Islão” com a sua colecção de ténis

há 2 anos
Yeezy Boost 350 v2 tornou-se tão popular que a Adidas não consegue desistir dele. Mantém a popularidade sem esforço, através dos anos e ganhou muitos modelos novos como a Asriel, que será apresentado oficialmente dentro de dias e que está a ser acusado de desrespeitar o Islão.

Twitter homenageia Pop Smoke com emojis

há 2 anos
Pop Smoke foi assassinado em fevereiro deste ano, o crime ainda não foi esclarecido. Na passada sexta-feira, foi lançado o álbum de estreia do rapper “Shoot For The Stars Aim For The Moon, a título póstumo e o músico ganhou homenagem especial.

Saiba quem são os artistas mais bem pagos da década

há 1 ano
Na última década, no período entre 2011 e 2020, os artistas mais bem pagos, segundo a avaliação da revista, após ter reunido publicações anuais da Forbes, Beyoncé, Diddy, Elton John, Taylor Swift e Dr. Dre são os mais bem pagos do mundo.

AMA – Yola Semedo diz que não merece estar entre os nomeados

há 2 anos
Yola Semedo afirmou que este ano (2020) não se revê profissionalmente nas nomeações do Angola Music Award, pelo facto de não ter se empenhado o suficiente.

Nesr Art Foundation anuncia candidaturas para novo programa de residência artística em Luanda

há 1 ano
Até ao dia 25 de Setembro, artistas angolanos com idade igual ou superior a 18 anos, baseados em Luanda e nas demais províncias do país, são encorajados a participar desta Open Call.

Morreu Pop Show, “a voz autorizada” do Kilapanga

há 2 meses

Sabias que o disco mais caro do mundo é de Rap e pertence ao lendário grupo Wu-Tang Clan?

há 11 meses
Depois de pertencer ao polémico empresário da indústria farmacêutica Martin Shkreli, o CD foi vendido novamente pelo dobro do preço original, cerca de três mil milhões em Kwanzas. A obra rara pertence ao lendário grupo norte-americano de Rap Wu-Tang Clan.

Nova Energia realiza “Brunch” do Show do Mês

há 2 anos
Ao contrário do Funge do Show do Mês, não será uma tarde dançante, tendo em conta as restrições, mas os participantes poderão desfrutar de boa música (sem banda) e degustar do brunch com quitutes da terra.

Paul McCartney confessa que quase se tornou alcoólatra após separação dos Beatles

há 2 anos
Paul McCartney confirmou as informações por trás da separação dos Beatles. Em uma nova entrevista, o músico afirma que sofreu muito com as acusações sobre o fim da banda, que o levou a recorrer ao álcool e faltava pouco para ter calapso mental mais grave.

Paulo Amaral apresenta-se na Galeria Tamar Golan com a exposição “100 Kigila”

há 5 meses
O artista angolano Paulo Amaral vai apresentar-se no próximo dia 06 de Maio de 2022, Sexta-feira, pelas 18 horas, na Galeria Tamar Golan, com “100 Kigila”, uma exposição individual que ficará patente ao público até ao dia 27 de Maio de 2022. Podendo ser visitada de Segunda a Sexta-feira, das 9h00 às 17h00, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura.

Banda Maravilha “passeia” 28 anos de mestria no palco do `Ao Vivo´

há 1 ano
Emitido originalmente no passado dia 22 de Janeiro, o programa `Ao vivo´ da Zap vai brindar os fãs já este sábado, dia 25 de Setembro, com a reemissão do show protagonizado pelo quinteto que com o reconhecido contributo de antigos integrantes, há 28 anos moderniza o Semba sem deixar máculas.