Thó Simões: “É nas ruas que consigo vislumbrar alguma coisa da natureza humana”

O artista plástico estará na galeria do Banco Económico, em Luanda, durante três meses a fazer uma reflexão sobre questões sociais, realidades que o próprio diz não se enquadrarem, em teoria, no que é humanamente aceitável.

Profundamente influenciado pelo novo Coronavírus, Thó Simões apresenta, além de peças de arte, experiências sensoriais que envolvem performance e vídeo.

Sob chancela do MovArt, a exposição está aberta desde o passado dia 20 deste mês e pode ser vititada até o mês de Junho. Em entrevista à Carga, o artista plástico angolano resumiu o significado das suas obras em seis pontos.

O tema “Entre Monstros e Homens” parece querer transmitir algum tipo de mensagem ao mundo. De quê é que trata a exposição?

O tema revela uma reflexão à volta de questões socias presentes no dia-a-dia dos comuns mortais, algumas realidades não se enquadram (em teoria) no que é humanamente aceitável mas, na vida prática, essas aberrações sociais acabam sendo assimiladas e banalizadas e passam como se fossem normais. É um exemplo.

Suas obras acabam quase sempre por traduzir as aspirações e rupturas do espaço urbano luandense. De que forma estes pensamentos estão evidenciados na amostra?

Toda a amostra é feita de fragmentos e memórias urbanas. Meu laboratório, minha oficina são as ruas, a matéria prima para eu criar as minhas obras são as ruas que me fornecem. É nas ruas que consigo vislumbrar alguma coisa da natureza humana.

É inevitável as influências sociais na capacidade criativa dos artistas. Em que aspectos o Covid-19 influenciou a sua arte?

Influenciou bastante. A mim pessoalmente até ao mais íntimo do meu ser trouxe à tona aspectos da minha personalidade que desconhecia, a minha abordagem nesta amostra também reflecte isso.

É uma exposição que pode servir de incentivo para vários outros artistas que durante um ano ficaram retraídos pela pandemia. Que significado tem para si esta apresentação?

Significa muito para mim. As experiências pessoais que passei por conta desta realidade pandémica foram muito profundas, foram arrasadoras, mas estou aqui ainda e muito mais motivado e determinado. Para mim é como um renascer das cinzas!

Depois do grande mural da Serra da Leba, que outras novidades está a preparar e quando vai apresentá-las?

Só posso dizer que tenho projectos em andamento e acredito que teremos novo encontro para falar deles muito brevemente.

as cargas mais recentes

Amostra virtual ‘SetentaOitenta’ junta fotógrafos angolanos

há 10 meses

Semba: de Angola para o mundo

há 1 ano
A palavra semba significa ’’umbigada’’ em kimbundo. Numa tradução livre, o Semba representa “o corpo do homem que entra em contacto com o corpo da mulher ao nível da barriga”.

Filme sobre Aretha Franklin chega às salas de cinema já amanhã

há 1 mês
O filme que tinha a estreia em standby desde o passado mês de Janeiro, chega finalmente às salas de cinema, esta sexta-feira, dia 13 de Agosto.

Akon revela planos de construção para segunda cidade futurista inspirada em Wakanda

há 6 meses
Após dar início à construção da primeira `Akon City´ no Senegal, o multimilionário de 47 anos, aproveitou as conexões, arregaçou as mangas e já começou a projectar a segunda `Akon City´ no Uganda e perspectiva concluí-la até 2036.

Making Of: Single `Tamu a gerir´ junta Yuri Dumba e Rick Baby

há 1 mês

Canal de TV HBO supera Netflix na transmissão de séries nos prémios Emmy

há 1 ano
O Emmy, principal premiação da TV americana, anunciou neste domingo os vencedores da sua 72ª edição. “Schitt’s Creek” com sete estatuetas, incluindo a de melhor série do género foi a mais premiada.

Elton John: “The Weeknd merecia ganhar dois Grammys pela música Blinding Lights”

há 10 meses
Enquanto os fãs se mobilizaram rapidamente para apoiar o artista canadense, Sir Elton John, que anteriormente já comparou The Weeknd ao falecido Prince, juntou-se à avalanche de apoio.

Faz hoje um mês desde que Carolina Deslandes e Jimmy P surpreenderam os fãs com o projecto colaborativo “Mercúrio”

há 1 ano
Um ano após lançarem a primeira música juntos, Carolina Deslandes e Jimmy P reafirmaram o gosto por trabalhar em conjunto. Com um total de 5 músicas, o EP Mercúrio foi todo idealizado durante o período de confinamento e disponibilizado a 31 de Julho.

Trump chama cantora Madonna de feia

há 1 ano
O novo livro de Mary L. Trump, sobrinha do actual presidente dos Estados Unidos, está a gerar controvérsia, pelo facto de desvendar temas secretos da vida do presidente.

Chitãozinho e Xororó com música nova para o Live

há 1 ano
A dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó apresenta-se aos fãs na quarta-feira (17), num Live que deverá ficar marcado pelo lançamento da nova música “Voltei para o mato”.

Davido na linha da frente dos protestos na Nigéria

há 11 meses
O músico nigeriano juntou-se este sábado a uma manifestação para exigir o fim da brutalidade policial no seu país. “Não devemos recuar até que as nossas reivindicações sejam atendidas”.

Karen Pacheco traz o “Colar de Pérolas” à Angola

há 1 ano
Depois de tê-lo feito em Portugal, ao vivo, a escritora angolana Karen Pacheco apresenta no dia 23 deste mês (quinta-feira), a partir das 21 horas, no seu instagram, o seu livro intitulado “O Meu Colar de Pérolas”.

Dino D’Santiago é o principal vencedor dos Prémios da Música Portuguesa

há 2 meses
O músico, compositor e activista de descendência cabo-verdiana levou ontem da gala do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, os prémios da Crítica, Álbum do Ano e o de Melhor Artista Masculino.

Galeria Tamar Golan abre portas à `Eclosão´ da visão crítica de Leandro Marques

há 6 meses
Isenta de um tema condutor, a mostra, `Eclosão´, coloca o dedo na ferida de uma multiplicidade de assuntos, questionando desde a masculinidade tóxica aos padrões de beleza impostos pela sociedade.

Presidente da Federação Angolana Futebol corre o risco de ser severamente castigado pela FIFA

há 10 meses

Jay-Z abre faculdade de Música, Desporto e Entretenimento na sua terra natal

há 1 ano
A Roc Nation, empresa de entretenimento de Jay-Z, anuncou ontem a abertura, para primeiro Semestre de 2021, de uma Escola Superior de Música, Desporto e Entretenimento, em Brooklyn (terra natal do rapper). 25% dos alunos do primeiro ano vão estudar sem pagar.