Trocaram o mundo do crime pela música e se tornaram o fenómeno do Rap nacional

A música salvou a vida desses jovens. Antes de se tornarem a febre do momento, os Séketxe estavam metidos no mundo do crime . Este grupo está a introduzir uma nova onda no Rap angolano. Criou o Rap-Cia, um subgénero do Trap que resulta da fusão entre o Kuduro e o Rap. Conquistou o respeito de artistas como MC Cabinda e tem atraído muita popularidade.

Rap-Cia é um tipo específico de Rap para “cientes”, que traduz os anseios da mamã zungueira, do jovem talentoso do gueto que espera por uma oportunidade ou do sucedido empresário que espera fechar um negócio maior.

Não há quem resista a este novo estilo de música criado por seis jovens provenientes de bairros com altos índices de criminalidade. O grupo nasceu da união de duas zonas de influências distintas- a Criminal e a Camabatela.

Formado por CoKaína Preta, Mortalha, Djamba, Layfado, Rasgado e Banzelo, os rappers vêm do Cazenga, Viana, Kikolo, Prenda, Samba. Agora vivem no Mundo Verde. A zona tornou-se conhecida por Kuxilândia, por causa da música que de lá saí. Os temas “Kubeli” e “Mãe”, disponíveis no YouTube, tem atraído vários fãs.

Quem os vê, a priori, pode tirar falsas ilações, por serem jovens com idades a rondarem entre os 18 a 23, mas, quem ouve Cokaína Preta, Mortalha, Djamba, Layfado, Rasgado e Banzelo a falar, pode não acreditar. Os cantores são inteligentes e é isso que procuram fazer passar nas suas músicas.

A inteligência, talvez se justifique pelo facto de alguns deles estarem a frequentar 2.º ano do curso de Direito e Ciência Política na faculdade e outros, o de Informática.  

Antes de serem os Séketxe, eram os Dope Skin e dedicavam-se ao Kuduro. Usavam a música apenas para responder a rixas de outras gangues, mas agora abraçaram seriamente a arte e está a dar bons frutos. O nome Séketxe nasceu para expressar irmandade e união que reina no seio do conjunto.

Kocaína Preta, Mortalha, Djamba, Layfado, Rasgado e Banzelo lembram no vídeo desta entrevista que, se não fosse a música, estariam no caixão nesse momento, porque pertenciam a zonas de influência contrária e estavam quase sempre envolvidos em brigas.

Os rappers-cia trazem uma onda diferente, original. Até agora só eles sabem cantar assim. Já trocaram a linguagem do crime pela linguagem musical e estão também a mudar a forma de cantar e entender o Rap, transmitindo em cada verso o sentimento das ruas.

Quem ouve a música dos Séketxe consegue facilmente traduzir na sua própria língua a mensagem nela subentendida. Vê nesta primeira entrevista da carreira a forma como o novo fenómeno do Rap Nacional esgrime os seus pensamentos.

as cargas mais recentes

Um Café e a Conta: Sam The Kid lança álbum a homenagear Valete

há 10 meses
O reconhecimento é mútuo, já que ao longo da carreira, Valete faz questão de sublinhar as qualidades artísticas e a importância de Sam The Kid no Hip Hop. Este sábado, Sam The Kid fez o que poucos esperavam: usou um álbum em homenagem a Valete.

Valete afirma que é chegado o momento do “fim da escassez do Rap frontal”

há 1 ano
O rapper lançou, esta sexta-feira, cinco músicas novas e declara que chegou a hora para o fim da escassez do Rap “consciente”. A saudade levou a que meio milhão fãs inundassem as redes sociais para ouvir o músico.

The Cranberries afirmam que cover de ‘Zombie’ feito por Miley Cyrus “é um dos melhores de sempre”

há 2 anos
Recentemente a artista chamou atenção do público ao fazer uma apresentação cheia de energia e vocais poderosos, da música “Zombie” da autoria do The Cranberries, não tendo passado despercebida até para a própria banda, que chegou a usar a conta oficial do Twitter para elogiar a artista.

Dj Khaled revela que levou 5 anos para conseguir juntar Jay-Z e Nas na mesma música

há 12 meses
A participação de Nas e Jay-Z no tema” Sorry Not Sorry”, tornou o álbum de DJ Khaled mais atractivo. A junção dos dois rapper já tinha acontecido algumas vezes antes, mas nem sempre foi fácil. O feito raro continua a chamar atenção dos amantes da música, uma vez que ambos foram antigos rivais.

Fundação Arte e Cultura apresenta concerto online com o músico Totó

há 2 anos
Sob o lema, Fique em casa e proteja a sua vida, o concerto enquadra-se no âmbito do projecto Fundação Arte e Cultura Online, que visa incentivar as famílias a permanecer em casa, como forma de prevenção contra a Covid-19. Nesta senda, o concerto com o músico Totó será apresentado nesta sexta-feira, dia 24, pelas 19 horas.

Andebol: Selecção júnior feminina apura-se ao Mundial

há 3 meses
A selecção nacional júnior feminina de andebol apurou-se, ontem ao Campeonato do Mundo da categoria, após vencer a sua congénere da Zâmbia, por 57-22, no segundo jogo do grupo preliminar “A” do Campeonato Africano da modalidade.

Iza: Entre os 100 negros mais influentes do mundo

há 2 anos
A eleição é reconhecida pela Organização das Nações Unidas Internacional e engloba todas as áreas de actuação, como arte e cultura, além dos empreendimentos de negros ou não que sejam voltados para o público negro.

Ao Vivo Homenagem à Música, História da Música Popular e Estrelas ao Palco integram a programação da Zap em Janeiro

há 1 ano
O início do ano novo será marcado por um notável dinamismo na programação com a entrada de novos programas, novos rostos e horários bem como o regresso de grandes formatos a que a ZAP está habituada a presentear os seus telespectadores.

Morreu uma das figuras do Rock nos anos 60

há 2 anos
Spencer Davis, músico britânico fundador da banda The Spencer Davis Group, um dos responsáveis por êxitos como “Gimme Some Lovin’”, e do grupo Traffic, morreu esta terça-feira, aos 81 anos, num hospital em Los Angeles.

Especialistas nomeiam o MVP de cada team na última década

há 2 anos

Serena Williams anuncia que não participará nos Jogos Olímpicos nem mesmo se fosse convocada

há 11 meses

Romelu Lukaku: “Jay-Z ensinou-me como ser um vencedor”

há 12 meses
O avançado belga e campeão da Serie A, pelo Inter do Milão (2020/21), revelou que a amizade com Jay-Z e o conselho que tem recebido do rapper tem sido importante para conseguir alcançar o sucesso.

É oficial: Lionel Messi já não é jogador do Barcelona

há 10 meses

Rui Orlando encerra primeira temporada do Encontros à Quarta

há 5 meses
Rui Orlando é o músico convidado para encerrar, no próximo dia 15 de Dezembro, no Palmeiras Clube, a temporada 2021 do projecto cultural “Encontros à Quarta” e confirmar a efectivação da pretensão dos organizadores de fazerem do evento um momento único que proporciona ao público um encontro entre a música, as palavras e o artista.

Eminem lança álbum surpresa com 16 faixas inéditas

há 1 ano
O décimo segundo álbum de estúdio de Eminem intitula-se “Music To be Murdered By”e contém 16 faixas inéditas com participações de Dr. Dre, Ty Dolla $ign e traz vários pedidos de desculpas e, até mensagens para Snoop Dogg.

Kiki Versace: “A minha carreira está em ascensão”

há 2 anos
Kiki Versace introduziu no cenário musical o Kubanger, um estilo que resulta da combinação entre o Kuduro e o Trap Banger. Hoje a vertente é bastante cultivada. O kudurista veio à Revista Carga para apresentar o seu álbum de estreia e aproveitou para esclarecer dúvidas à volta da do tipo de Kuduro que inventou há 12 anos.