Trocaram o mundo do crime pela música e se tornaram o fenómeno do Rap nacional

A música salvou a vida desses jovens. Antes de se tornarem a febre do momento, os Séketxe estavam metidos no mundo do crime . Este grupo está a introduzir uma nova onda no Rap angolano. Criou o Rap-Cia, um subgénero do Trap que resulta da fusão entre o Kuduro e o Rap. Conquistou o respeito de artistas como MC Cabinda e tem atraído muita popularidade.

Rap-Cia é um tipo específico de Rap para “cientes”, que traduz os anseios da mamã zungueira, do jovem talentoso do gueto que espera por uma oportunidade ou do sucedido empresário que espera fechar um negócio maior.

Não há quem resista a este novo estilo de música criado por seis jovens provenientes de bairros com altos índices de criminalidade. O grupo nasceu da união de duas zonas de influências distintas- a Criminal e a Camabatela.

Formado por CoKaína Preta, Mortalha, Djamba, Layfado, Rasgado e Banzelo, os rappers vêm do Cazenga, Viana, Kikolo, Prenda, Samba. Agora vivem no Mundo Verde. A zona tornou-se conhecida por Kuxilândia, por causa da música que de lá saí. Os temas “Kubeli” e “Mãe”, disponíveis no YouTube, tem atraído vários fãs.

Quem os vê, a priori, pode tirar falsas ilações, por serem jovens com idades a rondarem entre os 18 a 23, mas, quem ouve Cokaína Preta, Mortalha, Djamba, Layfado, Rasgado e Banzelo a falar, pode não acreditar. Os cantores são inteligentes e é isso que procuram fazer passar nas suas músicas.

A inteligência, talvez se justifique pelo facto de alguns deles estarem a frequentar 2.º ano do curso de Direito e Ciência Política na faculdade e outros, o de Informática.  

Antes de serem os Séketxe, eram os Dope Skin e dedicavam-se ao Kuduro. Usavam a música apenas para responder a rixas de outras gangues, mas agora abraçaram seriamente a arte e está a dar bons frutos. O nome Séketxe nasceu para expressar irmandade e união que reina no seio do conjunto.

Kocaína Preta, Mortalha, Djamba, Layfado, Rasgado e Banzelo lembram no vídeo desta entrevista que, se não fosse a música, estariam no caixão nesse momento, porque pertenciam a zonas de influência contrária e estavam quase sempre envolvidos em brigas.

Os rappers-cia trazem uma onda diferente, original. Até agora só eles sabem cantar assim. Já trocaram a linguagem do crime pela linguagem musical e estão também a mudar a forma de cantar e entender o Rap, transmitindo em cada verso o sentimento das ruas.

Quem ouve a música dos Séketxe consegue facilmente traduzir na sua própria língua a mensagem nela subentendida. Vê nesta primeira entrevista da carreira a forma como o novo fenómeno do Rap Nacional esgrime os seus pensamentos.

as cargas mais recentes

Luso: “Os rappers acabam por depender das acções do político para poder fazer música”

há 3 anos
Luso está no Hip Hop desde os seus 15 anos. Tem um álbum e um EP lançados e está a concluir o segundo álbum. Além disso, o músico desenvolve o projecto “Ilusionista”.

Lil Saint falha no directo e Uami Ndongadas abre o #FestivalMúsicaNoKubico

há 3 anos

Gilmário Vemba fala do seu futuro no cinema

há 3 anos

Icónico golo de Maradona com a mão vai aos cinemas

há 3 anos
O cineasta italiano Paolo Sorrentino, vencedor do Óscar de Melhor Filme Estrangeiro por “A Grande Beleza” (2013), vai escrever e dirigir um filme sobre o ex-jogador de futebol Diego Maradona para a Netflix.

Polícia volta a confrontar um cidadão e Denzel Washington intervém

há 3 anos
Apesar dos protestos, a polícia voltou a interpelar mais um cidadão afro-descendente nos Estados Unidos. Desta vez, Denzel Washington foi obrigado a intervir depois de ver o confronto entre o agente e o cidadão.

Sintoniza 95.5 FM: Matabicho

há 3 anos
Quem sintoniza a LAC, ao Domingo, das 10 até às 12 horas, pode acompanhar um dos programas mais eclécticos da Antena Comercial. No ar desde 2015, o `Matabicho´, tem uma equipa de cinco apresentadores, nomeadamente: Jorge Guerra, Walter dos Reis, Rosário Rodrigues, Edilson de Almeida e Selma Simba, que funciona em regime de rotação anual. Quanto a pluralidade de conteúdos, o programa aspira explorar artes eruditas, entreter, educar e informar estando actualmente ao “comando” de Djanira Barbosa, que conta com o suporte de Mauro Costa.

UNAP pode encerrar as portas dentro de dias

há 2 anos

Rock in Rio terá réplica na cidade de São Paulo

há 2 anos
A organização do Rock in Rio informou hoje que está a criar um festival semelhante na cidade de São Paulo. O mega evento chama-se The Town e será acolhido no Autódromo Interlagos, alternando com o Rock in Rio.

Fios de Cabelo de Kurt Cobain vão a leilão

há 2 anos
Seis fios de cabelo do músico e ex-Nirvana Kurt Cobain vão a leilão com licitação mínima equivalente a cerca de dois milhões de Kwanzas. A apresentação rara e exclusiva em uma folha de 8,5 ”x 11” inclui seis fios de cabelo loiro de Cobain.

Jay-Z leiloa “Trono que herdou há 25 anos” para ajudar instituições de caridade

há 2 anos
A peça simbólica reinterpreta e recontextualiza a capa do famoso álbum e cria uma visão contemporânea de um retrato que definiu uma era – como um comentário e lembrete de que Reasonable Doubt continua vital e novo até os dias de hoje.

Jay Pallmer apresenta-se ao mercado musical com EP `MySelf´

há 2 anos
Contrariando todas adversidades da época pandémica, o 2020 vem se revelando frutífero para muitos artistas e, a EP `MySelf´ é mais uma prova desta teoria.

Morreu Serginho Trombone

há 3 anos
O artista era tido como um dos instrumentistas mais importantes da Música Popular Brasileira.

Desapego: Flagelo Urbano brinda ouvintes com nova música em dia de aniversário

há 1 ano
Não é apenas mais um single, ‘Desapego’ é um marco na carreira de Ngola Sambala que já conta mais de 20 anos. Pela primeira vez, uma música da sua autoria será acompanhada de videoclip.

Anitta é desafiada a fazer live com músicas gospel

há 3 anos
Diferente de outros espectáculos, a artista brasileira não vai interpretar as suas próprias músicas e será desafiada a protagonizar uma performance com músicas gospel em voz e violão. O live visa arrecadar fundos para apoiar os desempregados e as famílias mais necessitadas.

Recordar Frank Sinatra

há 3 anos
Num dia como hoje (14 de Maio) morreu o músico, actor e produtor Francis Albert Sinatra, conhecido como Frank Sinatra, considerado um dos melhores cantores de sempre.

Nsingi, uma voz de Portugal que leva a cultura angolana com rítmo

há 2 anos
Carlos Nsingui nasceu em Portugal e nunca esteve em Angola, mas mantém fortes ligações com a cultura angolana, desde a música, gastronomia ao modo de ser, estar, falar, incluindo a forma de vestir, porque seus país são angolanos e parte da sua família vive em Angola.