Um novo talento no nível dos “grandes” do Ghetto Zouk nacional

Carlos Ernesto é dos poucos talentos que já não tem muito para provar. A forma como impõe sua voz nos instrumentais, leva-nos a pensar que está há vários anos na música, mas ainda é novo no mercado.  

Para se ter uma ideia sobre a sua capacidade artística, basta ouvir o modo como interpreta suas primeiras músicas da carreira “Insubstituível” e “Padrasto” disponíveis no Youtube, que, apesar de serem produzidas pelo irmão menor, podem estar a nível dos grandes do Ghetto Zouk angolanos.

É um artista que prima pelo rigor estético e conteúdo. Parte das suas letras são dedicadas a relações sociais e dramas amorosos. Sabe fazer direcção artística, toca um pouco o piano, dá aulas de canto e apresentou à Carga seus novos trabalhos.  

Seu envolvimento com a música começa na igreja. Quando e por que razão enveredou para o World Music?

Desde muito cedo ouvi Anselmo Ralph e outros artistas, que tentaram exprimir os seus e os sentimentos dos outros por essa arte, e isso despertou em mim um enorme interesse e vontade de fazer o mesmo.

Esta vontade já gerou duas músicas. Que ganhos conseguiu com estas canções?

Felizmente, ganhei bastante notoriedade pelo público e amantes do estilo de música que faço, ganhei reconhecimento como bom compositor e o melhor de tudo foi a satisfação de ter encorajado várias pessoas a fazer denúncias contra o abuso sexual.

Como é que está a encarar essa “aventura”?  

Bastante satisfatória. Cada dia que passa, os desafios crescem e a minha vontade de crescer como artista também.

Nas músicas “Padrasto” e “Instituível” procura, de certa forma, trazer à tona a discussão de um fenómeno ainda tabu na nossa sociedade. Por que acha que deve abordar estes problemas nas suas canções?

Acho que é a melhor forma de dizer para as pessoas que passam por essas situações que tudo vai ficar bem; que é necessário tomarmos uma certa atitude para ultrapassarmos certas situações.

E que temas preparou para as suas próximas músicas?

Estou agora em estúdio a gravar a nova música, intitulada o Bruxo, que conta a história de um senhor que criou e educou os filhos, posteriormente surgem alguns problemas na vida dos filhos e os mesmos decidem recorrer a forças ocultas e o “feticeiro” alega que o senhor que os educou, formou e os amou é o causador de alguns problemas que os mesmos estão a enfrentar. A outra fala sobre a fuga paternidade.

Quando é que pretende apresentá-las?

As músicas serão apresentadas já com vídeoclips. Por agora, estou a reunir condições para que muito em breve isso aconteça.

 Com que participações contará?

As participações ainda não poderei revelar, infelizmente. Até porque estou aguardando algumas confirmações, mas desejo imenso trabalhar com Rui Orlando e o Cef Tanzy.

O quê lhe está a marcar mais durante a trajectória e lições tem tirado disso?

Há um tempo apresentei uma composição a um produtor internacionalmente reconhecido, e de tão nervoso que estava, acho que acabei por estragar a apresentação e, desde então, aprendi que os meus medos nunca devem superar a minha vontade de vencer

Que palcos geralmente se tem apresentado?

Normalmente a minha agenda tem estado lotada por casamentos. Felizmente, sou bastante solicitado em casais e padrinhos.

as cargas mais recentes

Filhos de figuras proeminentes do Rock unem-se e formam uma banda

há 9 meses
Os Suspect208 é uma banda formada por três filhos de três grandes figuras do Rock. Falamos de Scott Weiland (Stone Temple Pilots), Slash (Guns N’ Roses) e Robert Trujillo (Metallica).

GTA 6: Aumentam rumores sobre a estreia da primeira protagonista feminina

há 6 meses
Tom Henderson, conhecido por “furos” com novidades do Call of Duty e tido como um “vazador” confiável, informou que pela primeira vez na história da franquia, um dos protagonistas será uma mulher e que o GTA VI será lançado em 2022.

Morreu tropentista e co-fundador dos Kassav

há 6 meses

Galeria angolana Jahmek Contemporary Art conquista prémio em Madrid

há 3 semanas
A galeria angolana Jahmek Contemporary Art venceu o Prémio Opening, da Feira de Arte “Arco Madrid” 2021, com a instalação “Hope as a Praxis” e “How to Make a mud Cake”.

Nova foto de Avatar 2 “enlouquece” cinéfilos

há 1 ano
A foto, publicada no perfil oficial do filme no Twitter, traz os actores Sam Worthington, Zoe Saldana, Kate Winslet e Cliff Curtis dentro de tanques de água no set de filmagens.

Festival Sónar se expande para Portugal

há 2 meses
Sónar é um festival de música de vanguarda e arte multimídia que se realiza todos os anos durante três dias do mês de Junho em Barcelona, Catalunha, Espanha. A edição Lisboeta, assinala a 26ª do evento e acontece em Junho de 2022.

Kaluanda Fest migra para o formato digital

há 7 meses
A decorrer entre os dias 22 a 25 de Janeiro, a habitual ode à cidade de Luanda, fundada aos 25 de Janeiro de 1576, vai acontecer 90% no formato digital.

Geração 80. volta a badalar cinema angolano com “A Nossa Senhora da Loja Do Chinês”

há 6 meses

Amostra virtual ‘SetentaOitenta’ junta fotógrafos angolanos

há 8 meses

Fundação Arte e Cultura apresenta “Fundação Online”, em prevenção ao Covid-19

há 1 ano
Trata-se de um programa que visa motivar as famílias a permanecerem em casa como forma de prevenção do Covid-19 e uma excelente opção para passar o tempo de forma educativa e segura.

Vladmiro Gonga está de volta e traz mudanças na carreira

há 1 ano
Depois de 8 meses acometido por uma grave doença, Vladmiro Gonga aparece revigorado e anuncia mudanças drásticas.

Chris Rock tentou convencer Cardi B a desistir da música para apostar na comédia

há 10 meses
Numa conversa com Jimmy Fallon, na última semana, num canal televisivo, o actor de 57 anos revelou que quis fazer uma série de humor com Cardi B, quando a rapper ainda não era conhecida.

Documentário sobre Kanye West que vem sendo produzido há duas décadas estreia ainda este ano

há 4 meses
O documentário ainda sem título, já tem previsão de lançamento e acaba de ter todos os direitos adquiridos pela Netflix, que desembolsou nada menos que 30 milhões de dólares.

Morreu Hal Holbrook, o actor que interpretou Abrahan Lincoln

há 6 meses

Do Kuduro ao Rap: Delver Mancha mostra a naturalidade do seu talento

há 5 meses
Actualmente canta Rap e, ao mesmo tempo, é produtor. Se recuarmos no tempo para ver onde o músico começou, será difícil acreditar que este é o mesmo Delver que, em 2008 , procurava por um “lugar ao sol no Kuduro”.

TANB lança “2020”: O registo sonoro de um ano marcante

há 4 meses
São 12 faixas onde nos conduz numa viagem sonora por acontecimentos marcantes, desde a pandemia ao desconfinamento, da violência policial às eleições americanas, sem esquecer a corrida ao papel higiénico.