União dos Escritores Angolanos poderá encerrar as portas por falta de dinheiro

Fundada há 45 anos, a seguir a independência de Angola, por escritores angolanos, encabeçados por António Agostinho Neto -primeiro presidente de Angola-, a UEA é das mais antigas instituições culturais do país e está a atravessar momentos difíceis.

A crise na União dos Escritores Angolanos não é de hoje. Muito antes da pandemia, a instituição de carácter pública já se debatia com problemas de ordem financeira, mas as coisas agudizaram-se ultimamente.

Após reatar as actividades culturais há menos de duas semanas com debate sobre “A Festa dos Porcos”, livro de Dias Neto, no espaço “Maka à Quarta-Feira”, o secretário-geral da UEA lançou um grito de socorro, alertando que a instituição está à beira da falência.

Em causa, apontou David Capelenguela, estão os problemas financeiros, pois, durante o período pandémico, as contas da “casa dos escritores angolanos” complicaram-se.

Fontes próximas da instituição informaram à Carga que, a UEA já está falida, faltando apenas a direcção assumir publicamente. “Aí já não há nada. As quotas pagas pelos membros é irrisória e o governo abandonou-nos há anos”, disse.

Com saldos negativos e trabalhores a pagar, a fonte lamentou e disse ser uma vergonha o que se está a viver na instituição fundada por intelectuais como Agostinho Neto, Luandino Vieira, Arnaldo Santos, António Jacinto, Unhenga Xitu entre outros.

A UEA comporta vários espaços divididos em biblioteca, jangos, cyber café, postos editoriais, auditório, sala VIP “Uahenga Xitu” e foi criada para:

Promover a defesa da cultura angolana como património da Nação;

Estimular os trabalhos tendentes a aprofundar o estudo das tradições culturais do povo angolano;

Incentivar a criação literária dos seus membros;

Propiciar a revelação de novos escritores, orientando os seus esforços e dando-lhes o necessário apoio;

Fortalecer os laços com a literatura e as artes dos outros Povos Africanos.

as cargas mais recentes

Kelly Rowland recorda “tortura” por ser constantemente comparada a Beyonce

há 2 anos
A cantora de 39 anos, -uma das pioneiras das Destiny Child, falou abertamente sobre a tortura psicológica resultante das constantes comparações, por viver na sombra de Beyonce, por uma década.

`Arte ao Peito´ , para ver até ao dia 15 de Outubro

há 4 meses
Sob o lema “Há obras que valem muito. Estas valem vidas”, foi inaugurado o projecto expositivo que dá início às actividades do mês da luta contra o cancro em Angola.

Artistas plásticos da nova geração recriam trabalho de Ruy Duarte de Carvalho

há 2 meses
O Laboratório de Crítica e Curadoria e a Galeria Movart apresentam no próximo dia 25 do corrente, em Luanda, uma exposição colectiva inspirada na obra “Como Se O Mundo Não Tivesse Leste”, de Ruy Duarte de Carvalho.

Anna Joyce, Preto Show e NGA nomeados para o MTV Africa Music Awards

há 1 ano
Anna Joyce, Preto Show e NGA representam a música angolana no MTV Africa Music Awards, concurso de celebração da música popular africana.

Júnior Boyca junta Godzila do Game e Os Boyca no single `Na Tanga´

há 9 meses
Unindo os dois mundos `Na Tanga´ dá-nos um olhar diferente sobre o Hip Hop feito em Angola, que pode ser mais do que apenas o MC usual sobre algumas batidas de Trap.

Madonna cancelou contrato com David Guetta por causa do signo do DJ

há 1 ano
A cantora tinha o contrato para gravação de um álbum com David Guetta. O interesse de Madonna em trabalhar com o DJ francês surgiu após este ter conquistado um Grammy, em 2011, por causa do remix do tema ‘Revolver’ da artista.

Killuanji: “Os fazedores do Rap gospel em Angola andam distraídos e tornam o estilo frágil e fraco ao ponto de ninguém os ouvir”

há 1 ano
Lançou recentemente o EP Apocrypha e embora esteja na música há mais de uma década, Killuanji considera que agora sim, a sua carreira começou. O rapper que faz da crença o seu sacerdócio assume-se como o “novo rosto do Rap Gospel em Angola”, e garante que chegou para dar uma lufada de ar fresco ao estilo.

A maioria dos artistas angolanos consagrados paga para promoverem suas músicas em “CDs piratas”

há 3 meses
Actualmente os artistas consagrados são os que mais pagam aos “piratas” para promoverem suas obras discográficas, Eps ou singles, principalmente os que fazem Ghetto Zouk e Afro House. O fenómeno não é de hoje, só aumentou nos últimos tempos por causa da pandemia do Covid-19, e os preços variam a partir dos 200 mil Kwanzas.

Músico Rodex Mágico apresenta testemunho de vida em vídeo

há 6 meses

T-Pain lança livro de cocktails ‘Can I Mix You a Drink?’

há 8 meses
O nativo de Tallahassee partilhou que a ideia surgiu em conjunto com a autora Kathy Iandoli e, que no intuito de fazer algo inovador na sua carreira, este conceito, de combinar a paixão pela música com o amor por beber. E em vez de te comprar uma bebida, desta vez, T-Pain vai mostrar-nos como fazer uma.

Morreu U-Roy, mestre do Reggae

há 11 meses

Vida e obra de Cesária Évora será contada em filme

há 3 meses
Grammy em 2004 pelo disco “Voz d’Amor”, a trajectória de Cesária Évora será narrada numa série documental intitulada “Sodade” interpretada pela cantora cabo-verdiana Eliana Rosa.

Né Gonçalves lança nova música e anuncia álbum com participações inesperadas

há 10 meses
A riqueza poética patente na música de Né Gonçalves alterou recentemente as listas de produção da Apple Music, Spotify e New Music, em Portugal.

Dr. Dre já recebeu alta hospitalar e está em casa

há 1 ano
O rapper terá recebido alta hospitalar do Cedars Sinai Medical Center, na passada sexta-feira, mas o causídico não ofereceu muitos detalhes sobre o assunto.

Arco de Lisboa pela primeira vez online, para ver até ao dia 14 de Junho

há 2 anos
A galeria This Is Not A White Cube está representada na Arco Lisboa- Secção África Em Foco com o projecto site-specific Arte Contemporânea Africana: Discursos De Decolonialidade.

Anitta é desafiada a fazer live com músicas gospel

há 2 anos
Diferente de outros espectáculos, a artista brasileira não vai interpretar as suas próprias músicas e será desafiada a protagonizar uma performance com músicas gospel em voz e violão. O live visa arrecadar fundos para apoiar os desempregados e as famílias mais necessitadas.