Universidade Hip Hop já conta 11 anos de existência

Para Celebrar o seu 11.° Aniversário, a UHH organizou no passado dia 6 de Março, um evento híbrido, que juntou presencial e de forma virtual, vários apreciadores e praticantes dos elementos da Kultura Hip Hop, para um brinde e uma roda de conversa cujo tema central foi “O que deseja para o Hip Hop em Angola”.

A Universidade Hip Hop apresenta-se como uma organização sem fins lucrativos focada na divulgação dos elementos, conceitos e fundamentos da Kultura Hip Hop, virada para o desenvolvimento comunitário a busca pela justiça e igualdade social.

Criada há exactos 11 anos, mais propriamente aos 6 de Março de 2011, pelo “sexteto” Quartel d’Áfrika, oriundos da Mulemba Waxa Ngola, local onde foi enraizada a catedral do conhecimento do Hip Hop nacional. Com uma visão inclusiva, a Universidade Hip Hop age de acordo com as linhas de orientação primária do Hip Hop, na busca pela Paz, União e Diversão com responsabilidade.

De acordo com dados disponibilizados por 1000Ton Nkanzale, actual reitor da universidade, o evento de comemoração foi pautado pela (Re)Apresentação da Universidade Hip Hop (Propósitos, Objectivos e feitos), momento que gerou questionamentos das acções e posicionamentos da U2H diante de várias situações do Movimento Hip Hop em Angola com maior incidência sobre os aspectos de inclusão e sobre as linhas de orientação primária (Amor, Paz União e Diversão com Responsabilidade).

O evento também foi norteado pela apresentação do Livro da Universidade Hip Hop “U2H na estrada do Hip Hop – Primeiro Papiro”, em que foram apresentados ao detalhe todos os Capítulos e a abordagem em torno deles, o motivo de maior discussão foi o capitulo bônus (Uma antevisão do que será a segunda obra literária a ser lançada pela Universidade Hip Hop) denominada “Antologia do Rap Nacional” uma compilação de diferentes letras de músicas lançadas desde 1992 até a presente data, que merecerão enquadramento literário e comentário sobre o conteúdo por parte de profissionais de áreas sociais e políticas. Para o qual foi apelada uma diversidade de correntes mesmo já a partir da ante-visão, para que a inclusão prevista para o livro seja já espelhada e todos se sintam parte da obra.

A par destes conteúdos, a conversa em torno de tema “O que se deseja para o Hip Hop em Angola?” teve vários subtemas, Pontos Críticos e Propostas de melhoria, com uma participação activa on-line e presencial, destacaram-se as seguintes opiniões: Necessidade de maior envolvimento dos Hiphoppas na vida política/social do país, Necessidade de demonstração activa de solidariedade aos Hiphoppas e cidadãos vítimas de injustiça politica/social, Responsabilidade partilhada para gerar maior envolvimento e intercâmbio entre os praticantes dos diferentes elementos da Kultura Hip Hop em Angola, Incentivar a economia comunitária no Movimento Hip Hop, por via da compra dos produtos gerados por agentes internos, desde marcas de roupa, quadros de Graffiti e pagamentos de serviços, Necessidade de aprendizado constante dos Hiphoppas, quer sobre informações ligadas a Kultura Hip Hop, assim como meios de aperfeiçoamento das suas artes, Usar toda inteligência do Movimento Hip Hop para gerar renda/finanças a favor do Hip Hop, criando com isso uma auto-sustentabilidade financeira. Necessidade de convivência na diversidade, “Conforme a guerra civil nos atrasou enquanto País, as guerras internas nos atrasam como Movimento, bem como o uso excelente das ferramentas tecnológicas a favor dos elementos da Kultura Hip Hop.

as cargas mais recentes

Após ser interna por trombose, Anitta tranquiliza os fãs

há 3 anos
A cantora foi internada ontem depois de ter sido diagnosticada com trombose. A informação inicialmente difundida pela imprensa brasileira foi confirmada pela própria, tranquilizando que se sente bem e receberá alta hospitalar ainda hoje.

Expo–Ribas 2021 marca as celebrações do 112º aniversário de Óscar Ribas

há 1 ano
O certame multidisciplinar que vai se prolongar até ao dia 28 do mês corrente e, visa assinalar o 112 aniversário natalício do escritor, ensaísta e etnólogo, Óscar Ribas ‐In memoriam.

Prince é memorado como pioneiro do “som de Minneapolis” no sexto ano post mortem

há 9 meses
Workaholic, Perfeccionista, Queer, Outsider, Freak, Genius… todos adjectivos lhe caíam como luva, o seu magnetismo e espírito livre foram relatos de autenticidade e fizeram reflectir sobre estereótipos no mundo da música e da moda. Na data em que se assinalou o sexto ano post-mortem, Minneapolis reoxigenou a imagem de Price, como majestade musical cujo ímpeto moderno e intemporal fica imortalizado.

Música de Anitta entra para a lista oficial da presidência dos EUA

há 2 anos
A cantora brasileira consta da lista oficial dos artistas cujas músicas vão tocar amanhã na chegada de Joe Biden e Kamala Harris à Casa Branca. A cerimónia será assinalada com uma emissão de hora e meia.

‘Emoção Globo’ é estar live em casa de Paulo Rocha

há 3 anos
O talento Globo Paulo Rocha é o próximo convidado ao LIVE ‘Emoção Globo’ que acontece nesta quinta-feira, dia 23, às 20 horas de Angola no perfil de Instagram do canal Globo ON.

Jovens da Mulemba apresentam “Se O Amor enchesse a Barriga” no auditório Wyza

há 1 ano
A história retrata o romance de dois jovens apaixonados, onde um é portador de deficiência física e por via disso sofre discriminação; É estigmatizado pela família da noiva não apenas por portar uma limitação física, mas também e sobretudo pelo facto de ser de uma família menos abastada (Pobre).

Burna Boy protagoniza o seu primeiro live a partir de Londres

há 2 anos
Após o lançamento de “Twice As Tall”, o músico nigeriano, adaptando-se ao novo normal, está a promover a obra. No próximo dia 18, Burna Boy vai ao ‘Live From London’ protaginozar o seu primeiro espectáculo.

A playlist de eleição de Luísa Damião em 2020

há 2 anos
Ano 2020 está no fim e chegou o momento, em várias áreas, de cada um indicar os melhores do ano. Sendo a Carga uma revista de música e natural apresentarmos os temas preferidos de algumas figuras durante o ano.

Netflix anuncia produção de documentário sobre Emicida

há 2 anos
Intitulado ‘Amarelo – É tudo para ontem’, contém entrevistas e cenas de bastidores, de um show no Theatro Municipal de São Paulo em 2019.

Morreu Paulão, antigo jogador da selecção angolana de futebol

há 1 ano
O antigo internacional angolano Paulo Alves ‘Paulão’ morreu hoje em Luanda aos 51 anos. De acordo com fontes próximas, o ex-jogador da selecção angolana de futebol esteve há algum tempo internado no Hospital Geral de Luanda.

Músico Vladmiro Gonga abre iniciativa para ajudar a internacionalizar clássicos angolanos

há 2 anos
O programa está a ser apoiada pelo Projecto Brilhar, integra aulas de violão e visa promover os clássicos do Semba, Kilapanga e Massemba, interpretados fundamentalmente em Kimbundu e Umbundu.

Aventura e emoção são as palavras de ordem na ZAP

há 3 anos
Este fim de semana a programação é para toda família, momentos de pura diversão e animação no canal ZAP VIVA. Um misto de aventura e emoção, vão preencher o seu fim de semana.

Ngadiama Wakamba O Sonhi: Um veterano do Rap que a nova geração devia conhecer

há 2 anos
O pensamento crítico e social de Ngadiama Wakamba O Sonhi ajudou a formar as bases que sustentam hoje o rap de intervenção social em Angola, por isso muitos rappers preferem chamá-lo de “Mestre”. O rapper de 42 anos morreu ontem, em Luanda, por complicações de infecções respiratórias e anemia aguda.

Super Bowl: Após convidar dois rapper surdos para o seu line-up, Dr. Dre também cogita trazer o holograma de Tupac

há 12 meses
O intervalo do Super Bowl LVI a decorrer hoje, será histórico com o Rap a comandar o evento. E mais ainda pela criatividade de Dr. Dre, que além de trazer inclusão aos seus 15 minutos de actuação, também vai trazer Tupac Shakur de volta sob a forma de um holograma.

Noite dos Óscares: Will Smith esbofateia Chris Rock, cai em lágrimas e pede desculpa à Academia

há 10 meses
A noite do anúncio dos vencedores à 94.ª edição dos Óscares, em Los Angeles, ficou manchada depois de o apresentador do evento, Chris Rock, ter lançado uma piada sobre a careca de Jada Pinkett Smith, que apareceu com a cabeça raspada 0°.

Pharrell Williams e JAY-Z abordam desvantagens sistémicas e bloqueios intencionais aos empresários negros

há 2 anos
Intitulado “Entrepreneur”, o novo single lançado hoje discorre sobre a situação difícil que homens e mulheres negros enfrentaram nos Estados Unidos.