Vênias aos Filipes

Os Filipes (Mukenga e Zau) foram homenageados, dois “monstros”, de nomes que atravessaram o oceano e levaram a angolanidade além-fronteiras. Seres que partilharam palcos com os melhores do mundo e inspiraram gerações. Foram homenageados vivos, desfrutaram da homenagem e é assim que deve ser na maior parte das vezes.

Vênias aos Filipes

O momento foi Filipes, mas não brilharam sozinhos. Os sucessos da dupla foram interpretados “brilhantemente” por outros artistas, como foram os casos de Mister Kim, Jay Lourenzo, Bavy Jackson e Gari Sinedima.

Num evento de muitas surpresas, duas se sobrepuseram as outras. Eduardo Paím e Maya Cool cantaram “Rosa Baila” e “Boca Azul”, respectivamente. Dois grandes sucessos cuja composição é da autoria de Filipe Zau, informação que para muitos foi uma novidade.

Lágrimas de emoção
Todos os intérpretes estiveram muito bem, mas um em particular chamou atenção de Filipe Mukenga ou seja mexeu com a estrutura emocional do kota, deixando-o em lágrimas. Trata-se de Jay Lourenzo que interpretou “Ndilokeva” com tanta paixão, que parecia ser o próprio Filipe.

Homenagem “viva”
Durante o show teve o momento das homenagens, em que os dois “Filipes” subiram ao palco. Na ocasião, receberam cada um quadro do projecto Show do Mês e foram aplaudidos de pé, num gesto considerado por Filipe Zau como mais altruísta de todos.

Vênias aos Filipes
Filipe Mukenga, Yuri Simão e Filipe Zau

É graças a vocês que somos o que somos, por isso quero agradecer de coração o carinho que têm por nós.

Informou que em 42 anos de carreira nunca tinham sido homenageados, enaltecendo o gesto da Nova Energia. “É a primeira vez que somos homenageados e a iniciativa vem da sociedade civil. Estamos muito gratos”, frisou em nome da dupla, visivelmente emocionados.

A história do show
O concerto começou com uma pequena homenagem a Kueno Aionda, músico falecido em Fevereiro. A banda do Show do Mês introduziu no “intro” extractos da música “Tu vives em mim”, criando um ambiente comovente.

“O canto da sereia” foi o primeiro tema interpretado, um instrumental que deixou a sala extasiada, seguindo-se músicas como “Domingas Kanhary”, “Umbi Umbi”, entre outras, até ao meio evento, momento em que Filipe Zau fez maior parte da plateia regressar à infância, com dois dos maiores sucessos infantis de todos os tempos (Grilo e Ilha da Fantasia), com participação de Alice Berenguel no primeiro e Kizua Gourgel no segundo.

O evento encerrou com um adeus a Luanda, com Gari Sinedima a interpretar a música “Eu vi Luanda”, tema que retrata a história de um rapaz de Cabinda que experimentou a vida na capital, mas, apesar da beleza, afastou-se optando pelo mar.

as cargas mais recentes

Snoop Dogg “ataca” Kanye West

há 1 ano
Se referindo aos diversos tweets de West, que vão desde discursos reais e sinceros sobre saúde mental até problemas com Drake, o rapper deixou um recado e ainda deu um conselho sincero a Kanye.

Conselho Municipal de Los Angeles abre rua com nome Kobe Bryant

há 2 anos
Sete meses depois do fatídico acidente de helicóptero, que tirou-lhe a sua e a vida de sua filha, Kobe Bryant continua a merecer exaltação pública nos EUA.

Sabia que a Direcção Nacional dos Direitos de Autor e Conexos foi sucedida pelo SENADIAC há um ano?

há 2 anos
Num dia como hoje, há exactos 12 meses, foi publicado o Decreto Presidencial n.º 184/19, que cria o Serviço Nacional dos Direitos de Autor e Conexos, abreviadamente designado por «SENADIAC», aprovado pelo Conselho de Ministros na sessão realizada a 30 de Abril de 2019.

Bob Dylan decide vender todo seu catálogo de gravações à Sony Music

há 4 meses
Com cerca de 60 anos de música, o lendário músico norte-americano do “Blues”, “Folk” e “Country” vendeu todo o catálogo de gravações à Sony Music, desde o álbum homónimo, de 1962, até ao “Rough and Rowdy Ways”,  lançado em 2020. O que quer dizer, os direitos de reprodução e distribuição passam agora à concorrente da Universal- a quem tinha vendido os direitos de autor.

Yola Semedo anuncia novo EP

há 2 anos
A obra contará com cinco a seis músicas inéditas. Sem revelar a data de lançamento e nem o título, garante que sai ainda este ano.

Mais de 2000 concorrentes tentam a sorte para as duas vagas na Clé Ent.

há 2 anos
Dos mais de dois mil novos talentos que acorreram na manhã desta sexta-feira à Praça da Independência, em Luanda para uma vaga de integrar o grupo de artistas da Clé Entertainment, somente dois poderão ser as próximas estrelas da produtora.

Ary prova que mesmo online pode se fazer bons shows

há 2 anos
A cantora Ary deu no sábado (11 de Abril) uma “aula” de como de faz um concerto Live (online). Afinal é possível fazer bons concertos pelas redes sociais, sem parecerem que estão a ser forçados.

Já estão abertas as candidaturas para a 2ª Edição da Residência Artística LUUANDA

há 1 ano
O colectivo cultural Pés Descalços informou em nota, que vai decorrer até ao dia 30 de Junho, as candidaturas para a 2ª Edição da Residência Artística LUUANDA.

Tal pai, tal filho

há 2 anos
Os caminhos de Maya Cool e Eduardo Paím estão quase sempre ligados. Não é novidade que viveram juntos durante anos em Portugal e que Paím foi o seu mentor naquele país.

“Abençoado”, Nikko lança mais uma EP

há 8 meses
Depois da EP Kuzola Planet, Niiko apresentou há uma semana o seu novo trabaho intitulado ‘Abençoado’ feito de temas inéditos que reafirmam o seu voo solo, com abordagem musical distinta.

Januário Jano convidado para a curadoria da exposição colectiva “London Grads Now”

há 2 anos

DJ Quik reivindica direitos autorais nas músicas de 2Pac, R. Kelly até Kendrick Lamar

há 1 ano
Visivelmente agastado, DJ Quik queimou publicamente, durante um live no seu Instagram (28), um cheque de royalties da Death Row Records ao lamentar pela falta de reconhecimento por aquilo que já fez para a música norte-americana.

Dj Impossible lança seu primeiro EP

há 2 meses
Considerado um dos produtores mais versáteis da actualidade, Impossible decidiu sair da sua zona de conforto para explorar o seu outro lado artístico e teve resultado surpreendente.

As 10 músicas para ouvir na quadra natalícia

há 1 ano
A Revista Carga seleccionou dez canções de natal que apresenta como sugestões para os seus leitores em vésperas do natal, antecipando os seus votos de feliz natal.

Rick Baby: Um rapper polivalente que augura um lugar entre os melhores

há 2 anos
Rick Baby é o pseudónimo de Luís Domingos Saviti, rapper e compositor de 27 anos de idade e já canta há 9 anos. Com uma carreira promissora, está associado a produtora CombinaSons, ao lado de nomes como: Enock, Itary, Justin Weely e Junior Zy.

Anselmo Ralph anuncia novo EP a ser lançado dia 12 de Março

há 1 ano
A novidade chegou com o lancamento de um novo videoclipe, correspondente à música ‘Fim do Mundo’.