Vênias aos Filipes

Os Filipes (Mukenga e Zau) foram homenageados, dois “monstros”, de nomes que atravessaram o oceano e levaram a angolanidade além-fronteiras. Seres que partilharam palcos com os melhores do mundo e inspiraram gerações. Foram homenageados vivos, desfrutaram da homenagem e é assim que deve ser na maior parte das vezes.

Vênias aos Filipes

O momento foi Filipes, mas não brilharam sozinhos. Os sucessos da dupla foram interpretados “brilhantemente” por outros artistas, como foram os casos de Mister Kim, Jay Lourenzo, Bavy Jackson e Gari Sinedima.

Num evento de muitas surpresas, duas se sobrepuseram as outras. Eduardo Paím e Maya Cool cantaram “Rosa Baila” e “Boca Azul”, respectivamente. Dois grandes sucessos cuja composição é da autoria de Filipe Zau, informação que para muitos foi uma novidade.

Lágrimas de emoção
Todos os intérpretes estiveram muito bem, mas um em particular chamou atenção de Filipe Mukenga ou seja mexeu com a estrutura emocional do kota, deixando-o em lágrimas. Trata-se de Jay Lourenzo que interpretou “Ndilokeva” com tanta paixão, que parecia ser o próprio Filipe.

Homenagem “viva”
Durante o show teve o momento das homenagens, em que os dois “Filipes” subiram ao palco. Na ocasião, receberam cada um quadro do projecto Show do Mês e foram aplaudidos de pé, num gesto considerado por Filipe Zau como mais altruísta de todos.

Vênias aos Filipes
Filipe Mukenga, Yuri Simão e Filipe Zau

É graças a vocês que somos o que somos, por isso quero agradecer de coração o carinho que têm por nós.

Informou que em 42 anos de carreira nunca tinham sido homenageados, enaltecendo o gesto da Nova Energia. “É a primeira vez que somos homenageados e a iniciativa vem da sociedade civil. Estamos muito gratos”, frisou em nome da dupla, visivelmente emocionados.

A história do show
O concerto começou com uma pequena homenagem a Kueno Aionda, músico falecido em Fevereiro. A banda do Show do Mês introduziu no “intro” extractos da música “Tu vives em mim”, criando um ambiente comovente.

“O canto da sereia” foi o primeiro tema interpretado, um instrumental que deixou a sala extasiada, seguindo-se músicas como “Domingas Kanhary”, “Umbi Umbi”, entre outras, até ao meio evento, momento em que Filipe Zau fez maior parte da plateia regressar à infância, com dois dos maiores sucessos infantis de todos os tempos (Grilo e Ilha da Fantasia), com participação de Alice Berenguel no primeiro e Kizua Gourgel no segundo.

O evento encerrou com um adeus a Luanda, com Gari Sinedima a interpretar a música “Eu vi Luanda”, tema que retrata a história de um rapaz de Cabinda que experimentou a vida na capital, mas, apesar da beleza, afastou-se optando pelo mar.

as cargas mais recentes

Barack Obama escolhe as melhores músicas de 2020

há 2 anos
A semelhança dos anos anteriores, Barack Obama partilhou uma playlist com as canções de que mais gostou em 2020.

Par de ténis usado por Kanye quebra record de vendas e torna-se o mais caro da história

há 1 ano
Os calçados foram vendidos o equivalente a 1 bilião e 170 milhões de Kwanzas. Trata-se do par de Nike Air Yeezys que Kanye West usou durante a actuação no Grammy Awards de 2008.

Shakira, Julio Iglesias, Pep Guardiola e Elton John também têm contas em offshore

há 12 meses
À medida que as listas vão sendo publicadas no conhecido “Pandora Papers”, vários nomes são revelados, tornando-se cada vez mais abrangente. As informações deste domingo mostram que a colombiana Shakira, os músicos Julio Iglesias e Elton John, assim como o treinador do Man City, Pep Guardiola, detêm contas ‘offshore’.

Arlindo Bizerra e Horácio Katchanja levam “Diálogos entre Gerações” à Galeria Tamar Golan

há 2 anos

Filme angolano estreia sexta-feira na Netflix

há 2 anos
O filme angolano “Santana” estreia esta sexta-feira (28) no canal de streaming “Netflix”, tornando-se na primeira longa angolana e segunda dos Palops, a ser exibida nesta plataforma.

Num dia como hoje morria Bob Marley, a Lenda do Reggae

há 1 ano

Kanye West acusado de “desrespeitar o Islão” com a sua colecção de ténis

há 2 anos
Yeezy Boost 350 v2 tornou-se tão popular que a Adidas não consegue desistir dele. Mantém a popularidade sem esforço, através dos anos e ganhou muitos modelos novos como a Asriel, que será apresentado oficialmente dentro de dias e que está a ser acusado de desrespeitar o Islão.

Artistas recebem mais de 20 milhões de kwanzas da Sadia pelos direitos autorais

há 5 meses
A Sociedade Angolana dos Direitos de Autores (SADIA) distribuiu, no ano transacto, de direitos mecânicos, mais de 20 milhões aos artistas. A distribuição dos rendimentos mecânicos foi possível pos causa da arrecadação em 2021 e contemplou cerca de trezentos artistas nacionais e estrangeiros.

Contra toda expectativa, Verstappen sagra-se campeão mundial da Fórmula 1

há 10 meses
Max Verstappen da Red Bull venceu, na tarde de hoje, o campeonato de Fórmula 1, “retirando” o oitavo recorde das mãos de Lewis Hamilton. O Neerlandês venceu graças a uma ultrapassagem na última volta do Grande Prémio de Abu Dhabi, após 22 corridas, tendo 395,5 pontos contra 387,5 de Hamilton. 

Depois de vários anos a produzir, Mestre Freddy apresenta-se como cantor

há 2 anos
Após longos anos, explica porquê decidiu conciliar a carreira de produtor com a de cantor e apresenta as suas primeiras músicas com sonoridade diferenciada. Já tem o primeiro álbum à vista e deixa todas as impressões da “nova carreira” nesta entrevista.

Lady Petya apresenta oficialmente o seu álbum de estreia

há 2 anos

Músico Paul McCartney lança livro infantil

há 2 anos

Don Kikas apresenta novo álbum em concerto

há 7 meses
Dia 25 de Março, “Livre” o sétimo álbum do artista, será apresentado num concerto a ter lugar no Capitólio. Além da apresentação das 14 faixas musicais do novo álbum, o artista trará várias surpresas em palco.

Paulo Flores em concerto no dia da Paz

há 3 anos
Quatro de Abril é o dia em que os angolanos festejam a Paz, mas o quatro de Abril de 2020 será diferente dos anteriores, tudo porque o mundo debate-se com a Pandemia do Covid-19.

Depois da estreia no Trace Toca, Sarissari disponibiliza novo single em todas as plataformas digitais

há 8 meses
“Acreditem no processo, porque nós acreditamos!” – Este é o mote para um tema sobre superação e empoderamento próprio, que resulta das próprias descrenças passadas do artista. Produzido por Beatoven, Sari partilha a faixa com o icónico Yuri Da Cunha e desfila uma das melhores canções que lançou na sua carreira.

Meduza escolhida para representar rappers angolanas no cypher do Dia Internacional da Mulher

há 2 anos