Vida de Juliana Kafrique, zungueira morta por um agente da polícia, será retratada em filme

O 12 de Março será sempre lembrado como um dia triste para os angolanoe e de reflexão para a Polícia Nacional. Foi nesta data que Juliana Kafrique, uma zungueira de 28 anos, perdeu a vida pelas mãos de um afectivo da PN. A malograda tornou-se, para muitos, símbolo de resistência no combate à pobreza e será retratada em filme.

O filme autobiográfico é um Drama, tem duração de 40 minutos e será lançado antes do final deste ano. A produção é do realizador Henriques Narciso “Dito” e surgiu repentinamente. O enredo gira em torno da vida de Juliana Kafrique até ser morta por um agente da Polícia Nacional em 2019, que cumpre, neste momento, pena de 16 anos de prisão por homicídio voluntário.

Os trabalhos estão a bom ritmo e prevê-se que até Setembro sejam concluídos para que a média-metragem também possa concorrer à primeira edição do festival de cinema angolano. Quanto ao elenco está sob segredo dos deuses, por questões estratégicas. “Tenho um mês e poucos dias para a produção e finalização do filme”, adiantou Dito. O produtor e realizador conversou ontem com a Carga sobre o filme.

Vida de Juliana Kafrique, zungueira morta por um agente da polícia, será retratada em filme

É uma estória comovente e fez levantar várias vozes, que mensagem quer passar à sociedade com a narrativa?

O objectivo é reavivar a mente dos angoanos; mostrar, mais uma vez, que o homem erra, nós erramos. Há bocadinho fiz a seguinte análise: acho que nem toda a polícia nossa está preparada psicologicamente para ir à rua, fazer trabalho de campo, abordar as zungueiras. Eu sei que as zungueiros são um bocadinho teimosos. Já vi aguns vendedores que tivessem complicação com a polícia. A policia, às vezes, faz chegar a mensagem, tirando-os de um lado e eles vão para o outro. Quer dizer, às vezes, o dialogo e a compreensão falham e temos tido um final muito friste.

Disse que não será dirigida por si, fale-nos um pouco sobre o seu papel na longa?

O filme foi idealizado por mim durante a apresentação do festival de cinema da Unitel, mas as coisas não seriam dirigidas por mim, mas a minha equipa de produção e técnica insistem. Eles dizem que sou um ícone do cinema nacional, então a qualidade e o respeito será outro. Não sei bem, mas estou a pensar  fazer co-realização com o meu filho.

Habituou-nos a emoções hilariantes, ao anuncia isso acaba criando enorme expectativa  em relação ao filme.
Ao assistirem o filme estarão a ver um “Dito” muito crescido, bastante experiente, mais maduro. A fazer um trabalho com cabeça, tronco e membro, ou seja, com régua e esquadro. Vamos cumprir todas as regras cinematográficas, vamos procurar atingir a perfeição nesse filme, respeitando aquilo que tem que ver com a estética cinematográfica.

Recorde-se que é a sua sétima longa- metragem. O que gostaria de conquistar com ” Juliana Kafrique” que ainda não conquistou?

Respondendo à pergunta, pretendo conquistar o respeito, o carinho e, quiçá, vencermos o festival da Unitel. Ou estar entre os primeiros classificados do Festival de Cinema da Unitel. Por outra, existem pessoas que têm trabalhado no cinema sem apoio. A iniciativa é louvável, e vai ajudar muitos produtores e realizadores, mas existem pessoas que já têm trabalhado há bastante tempo sem apoio, pessoas como nós, deviam ser reconhecidos. Invés de concorrermos, a Unitel se calhar devia arranjar alguma coisa para nós que já mostrámos trabalho. Agora concorrermos ao lado dos miúdos não acho isso certo. José Gamboa não iria concorrer num estrelas ao Palco! 

as cargas mais recentes

Taylor Swift volta a liderar top de álbuns

há 9 meses
Pela terceira semana, não consecutiva, Taylor Swift voltou a encabeçar o top de álbuns dos EUA. Foram vendidas mais 56 mil cópias do trabalho, sendo 16 mil nos formatos tradicionais. “Whole Lotta Red” de Playboi Carti que, há sete dias, estava no topo, caiu para a quinta posição.

Yola Araújo e LS Republicano rompem contrato por alegada “incompatibilidade”

há 12 meses
Depois de pouco mais de 10 anos de trabalhos, a cantora deixa de pertencer a LS Republicano, por causa de “incompatibilidades”.

13 anos depois Celina Miranda regressa à música para deixar um legado

há 1 ano
Após ter sido considerada “o fenómeno de 2007”, por causa da obra discográfica ‘Angolano’, nunca mais se ouviu falar de Celina Miranda. Passados 13 anos, a cantora reaparece à Carga com uma nova música intitulada “Je t´aime” e quer fazer história.

Playlist de Gilmário Vemba em 2020

há 9 meses
Ano 2020 está no fim e chegou o momento, em várias áreas, de cada um indicar os melhores do ano. Sendo a Carga uma revista de música, é natural apresentarmos os temas preferidos de algumas figuras durante o ano.

Sintoniza 91.7 MFM: ShowTime

há 1 ano
Leonel Manuel ou simplesmente Megga Skills, como é conhecido nas lides do Hip Hop, é a uma das vozes mais sonante da Rádio MFM, na condução do programa ShowTime todos os Domingos, as 18 horas. Saiba mais sobre este programa, que nasceu por inspiração do extinto “Big Show Cidade”, mas que se apresenta como o programa de Rap “mais inclusivo” da actualidade, pois além de promover o Hip Hop, a música Rap e os seus fazedores, “abraçou” também a missão de “educar, informar”.

Cine Janela exibe performance de Thó Simões amanhã

há 1 ano
Intitulada “Intocável” em projecto de projeção audiovisual durante quarentena, a performance e Thó Simões será exibida amanhã, às 20 horas, na página @cine.janela.

Sílvio Nascimento e Coreon Dú participam no Festival Internacional de Cinema de Berlim

há 7 meses

Novidade: Luso lança música promocional do segundo álbum

há 6 meses
Dois anos depois do lançamento do seu primeiro álbum “Lusolandia”, sob selo da produtora Cave Play, de Kid MC, o rapper angolano aparece esta sexta-feira com a faixa promocional do seu segundo álbum.

MV Bill canta `crónicas viscerais sobre um Brasil desestabilizado’ em novo álbum

há 5 meses
Com a produção de DJ Caíque e Tibery, o 9ª álbum do rapper, traz 12 faixas musicais, intitula-se `Voando Baixo´ e será publicado no próximo dia 30 de Abril.

Show “Vozes de Março” homenageia Clara Monteiro, Dina Santos e Eduina Semedo

há 7 meses
Clara Monteiro, Dina Santos e Eduina Semedo serão homenageadas amanhã no Show do Mês as “Vozes de Março”, pelo contributo no desenvolvimento da música angolana.

2 Mundos: Novo filme de Hochi Fu estreia nos cinemas

há 12 meses
O filme estreia no dia 23 deste mês nas salas do Cine Max e traz à tona o drama amoroso vivido pela maioria dos artistas angolanos no início da carreira. Em breve entrevista à Carga, Hochi Fu fala das razões que o levaram a elaborar o roteiro.

Convidados num show? Um desafio sem precedentes para a Força Suprema

há 2 anos

Acossados pelo Covid-19, músicos pretendem mais rendimentos nos royalties

há 1 ano
A pandemia Covid-19 está a ter consequências nefastas para qualquer negócio que implique aglomerado de pessoas. A indústria da música ao vivo é uma das maiores vítimas deste isolamento social que o contágio do coronavírus obriga.

Rapper Kamesu lança colecção de roupas para promover consciência cívica

há 3 semanas
Tal como lembra a cultura Hip Hop, o MC deve ser um agente social, com a mesma responsabilidade que o mestre da oratura. Para fazer valer o princípio, Kamesu lançou uma nova colecção de roupas que promovem a consciência social.

Show do Mês leva angolanos à fonte da música angolana

há 1 ano
A Nova Energia levou este sábado internautas e telespectadores a efectuarem uma viagem obrigatória à verdadeira origem da música angolana, na voz e guitarra de Carlitos Vieira Dias, considerado um dos legados vivos da música angolana.

Vocalista do “Roupa Nova” internado com Covid-19

há 11 meses
Após enfrentar um câncer e passar por um transplante de medula, o vocalista do grupo “Roupa Nova”, Paulinho, enfrenta uma nova batalha pela vida.