Vopsi MoMA apresenta-se com “Um quaDro pErFEITO” na Galeria Tamar Golan

O artista angolano Vopsi MoMA vai apresentar-se no próximo dia 29 de Outubro de 2021, Sexta-feira, pelas 18 horas, na Galeria Tamar Golan com “Um quaDro pErFEITO”, uma exposição individual que ficará patente ao público até ao dia 26 de Novembro de 2021.

A Exposição que poderá ser visitada de Segunda a Sexta-feira, das 9 às 17 horas, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte & Cultura, levanta várias questões:

Quem sou eu?! O que eu sei sobre a cultura visual do meu País?! O que eu conheço da História do meu País?! Porquê que gosto do meu País?! Que “Angolano” eu quero ser?! Nas palavra de Victor Amorim Guerra, é um momento para uma breve reflexão face a um mundo analiticamente desnorteado, onde a deriva dos adolescentes, dos jovens e o stress dos adultos e a proteção dos idosos são um problema cada vez mais sério.



Poderão estes nobres pensamentos contribuir para que nasça ou renasça a esperança de uma sociedade civil responsável e efetivamente mais justa, onde a capacidade de sonhar não seja sufocada pelo desequilíbrio social? Claro que sim…quanto mais e melhor nos conhecermos, melhor povo seremos! “A História é uma comparação permanente. E aqueles que a não conhecem estão condenados a repeti-la.” Baptista-Bastos (Jornalista e Escritor Português). Dar a conhecer ao Mundo, o meu Mundo (disse o artista), o Melhor de Angola, mostrando a sua História, o seu Presente, a sua Natureza, o seu empreendedorismo, as oportunidades e as artes, dar a conhecer o Mundo de Vopsi.

Ele, Vopsi Moma, desta forma, proporciona às diversas sensibilidades, um produto visual único, para o desenvolvimento tanto cultural como social, permitindo ao cidadão comum um melhor conhecimento sobre o artista, mostrando o tanto de si, como tanto da sua terra, do seu País e, acima de tudo, deixando um legado para as gerações vindouras. Angola precisa de ver e este artista proporcionou isso” .

O artista
“É entre os seus familiares, amigos e fãs, conhecido por Vopsi MoMA. Nasceu em Luanda, em 11 de Novembro, na década de 90, e a quem mesmo já o considera “O Picasso Angolano”. É um artista plástico, autodidata, com limitações e dificuldades de locomoção físicas, não fosse a doença, até então inexplicada, que lhe paralisou os membros superiores e inferiores, ainda em tenra idade.

Se é certo o adágio “Quem quer arranja solução, o contrário arranja desculpas”, MoMa é de perto e de longe o perfeito exemplo de superação, do poder da boa vontade- a imagem de quem corre com gosto e só por isso não se cansa. Suas capacidades intelectuais permitiram-lhe desenvolver habilidades nas artes plásticas.

Faz parte da Associação Nfulua Muana, é membro da BJAP; da Maratona dos artistas e da sociedade de artistas francês Jeunes Artistes D´Avenir. Participou em 9 exposições colectivas, sendo que foi em 2017 que o rosto da resiliência começou a sua carreira, tendo hoje as suas obras a desfilar no mercado Europeu, precisamente em Itália e Portugal.

as cargas mais recentes

Daddy Yankee passará a criar conteúdos para meios de comunicação social francês

há 2 anos
O artista foi convidado para criar projectos de música, cinema e televisão pelo conglomerado francês de media Vivendi.

Suposto abandono parental força filha de Dr. Dre a fazer de um carro a sua moradia

há 1 ano
LaTanya Young, de 38 anos, trabalha na DoorDash, Uber Eats como entregadora, e afirma que não consegue pagar um apartamento na Califórnia, por isso mora numa viatura alugada.

DreamKiller promete dois projectos musicais para 2020

há 3 anos

Boaventura Cardoso vence 4.ª edição do prémio DstAngola/Camões

há 3 meses

Kodak Black agradece advogado que o ajudou a sair da cadeia com tatuagem

há 2 anos
Depois de receber o perdão do ex-presidente Donald Trump na semana passada, o Kodak Black foi direito a uma loja de tatuagem para fazer a nova. Mas, ao contrário do que se imaginou, o rapper não agradeceu o 45ª pelo perdão, mas sim o advogado, Bradford Cohen.

Careca Não: O início de uma nova revolução

há 1 ano
`Careca não´ é um apelo à tolerância e ao respeito pelas diferenças, a música marca o posicionamento de Dino Ferraz, na luta pela aceitação do cabelo negro crespo masculino, na sociedade angolana.

Sabia que “Despacito” é o clipe mais assistido da última década no Youtube?

há 2 anos
A plataforma divulgou uma lista com os dez clipes mais assistidos de cada década, na plataforma. Nos anos 2010, o grande vencedor foi “Despacito (Feat. Daddy Yankee)”, que atingiu a incrível marca de mais de 6,5 bilhões de visualizações.

Carlos Ruiz Zafón, um dos mais lidos da literatura espanhola, morre aos 55 anos

há 2 anos
A notícia sobre a morte do escritor catalão foi confirmada esta tarde através do Twitter do autor. Carlos Ruiz Zafón, autor de obras como “O Jogo Do Anjo” e “A Sombra do Vento” lutava há dois anos contra um cancro, em Los Angeles.

Orange The World: 16 dias de activismo- Diga não à violência contra as mulheres

há 10 meses
A campanha promovida pela União Europeia em Angola começa dia 25 de Novembro, Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra a Mulher e tem a duração de 16 dias, com encerramento previsto para 10 de Dezembro, Dia dos Direitos Humanos. Ao longo deste período, a União Europeia promoverá actividades de sensibilização com o objectivo de consciencializar a população sobre a necessidade de erradicar a violência contra a mulher.

MV Bill retrata a própria trajectória em livro

há 2 anos
A Lenda do movimento hip hop brasileiro, MV Bill promete transformar as próprias experiências e pensamentos em livro. Tendo há algum tempo anunciado obra, tudo indica que o rapper está próximo de compartilhá-la com o mundo. A mesma obra vai ainda discorrer sobre figuras como Faustão, Lula, Chorão, “Estilo Vagabundo” e mais

Andrea Bocelli incentiva cidadãos a não obedecerem as regras de combate à Covid-19

há 2 anos
O tenor italiano considera exageradas as regras adoptadas para combater a pandemia e disse que se sentiu “humilhado e ofendido” pelas medidas impostas para travar o Covid-19 no seu país.

Revista científica abre edição exclusiva para Rap

há 2 anos
Esta semana, a revista científica brasileira “Convergência Crítica” fomenta acções para perceber a ligação entre o Rap e a pesquisa científica, que vai culminar com abordagens sobre o Rap e o activismo político em Angola e Moçambique.

Hackers voltam a atacar música angolana

há 1 ano
Ultimamente, tem sido frequente no seio artístico angolano os ataques cirbenéticos. Na semana finda, os hackers voltaram a fazer mais uma vítima, e, neste caso, a infeliz foi a cantora Sandra Cordeiro.

Rapper Houdini é morto durante tiroteio

há 2 anos
Com uma carreira em ascensão, Houdini de 21 anos foi morto esta terça-feira, durante um tiroteio em Toronto, no Canadá. O rapper foi atingido por tiros no hotel onde se encontrava.

Maya Cool abre oitava temporada do Show do Mês

há 2 anos

Back to Be: Ludmilla revisita funk raiz em comemoração aos 10 anos de carreira

há 7 meses
Em alusão a sua primeira década de carreira, Ludmilla lançou na noite de ontem a EP ` Back to Be´ , o retorno oficial de MC Beyoncé, ou seja, a cantora revisita o início da trajectória, desde o nome ao género que a consagrou.