Yuri da Cunha: “Eu podia ter nacionalidade portuguesa, mas nunca tive. Vou tentar ao máximo viver aqui”

A figura que muitos vêem hoje a atrair atenções do público  e animar grandes palcos espelha bem as suas referências musicais desde a infância. Yuri da Cunha considera estar a viver tudo quanto almejou quando mais novo, mas não se atreve a afirmar que tem a reforma garantida, por vários factores. 

Há muito o músico vem assumindo a responsabilidade de principal “ponte da passagem de testemunho geracional” do Semba, e isto justifica a preocupação com a sua e a reforma dos outros artistas.

Tal como lhe chegam hoje mares de elogios, o “intérprete” acredita que músicos como Marito, Massano, Teta Lando também terão recebido muitos elogios, e hoje pouco ou nada se fala sobre eles.

Por esta e outras razões, admite que esteja a viver todos os sonhos que teve quando mais novo, mas não considera ter a reforma garantida. 

“Falando propriamente do kota Marito, não sei se ele teve problemas com alguém, se discutiu com quem não devia… Porque não é normal um ícone dessa dimensão e até hoje ainda a passar pelo que passa”, lamenta em uma recente entrevista ao Jornal de Angola edição imprensa.

O músico resumiu suas influências musicais, carreira, direitos autorais, reforma e união na classe, numa recente entrevista ao Jornal de Angola, edição imprensa. 

Sobre a garantia da sua reforma, uma vez que é visível o seu sucesso, o artista admitiu que, apesar de ganhar mais, tal como os demais angolanos, também lida com questões de água e luz, mas ama a sua terra e, embora tenha várias possibilidades de adquirir a nacionalidade portuguesa, nunca pensou nisso.

“(…) É normal que eu tenha ganho mais, mas eu também gasto muito mais” (…) Há vezes em que, de repente, tens de assumir o problema da luz que foi e tens de comprar um gerador. Já mexes num dinheiro que servia para a música. De repente, tens de comprar todos os dias repelentes para afugentar moscas e mosquitos. Depois, como é o meu caso, a água na minha casa não corre e tenho de comprar de cisternas. Eu vivo aqui e vou tentar ao máximo viver aqui. Eu podia ter nacionalidade portuguesa, não adquirida, através de parentes, mas também pelo facto de ter passado um bom tempo em Portugal. Mas nunca tive. Hoje, com essas dificuldades do presente, é normal pensar em ter. Para mim, enquanto artista, ajuda na facilidade de viagem e fazer coisas, e bem ou mal, a sociedade portuguesa defende os portugueses.”.  

as cargas mais recentes

Oito vítimas de alegados crimes sexuais se manifestam contra a soltura de Bill Cosby

há 1 ano
Bill Cosby recebeu mais de 50 acusações de estupro, agressão sexual e má conduta sexual em 2015 e cumpria a pena de 10 anos, desde 2018. Eis que no passado dia 30 de Junho, o actor teve a condenação anulada e recebeu soltura da prisão estadual da Pensilvânia.

Conheça os galardoados do Prémio Nacional de Cultura e Artes-edição 2021

há 1 ano
O Prémio Nacional de Cultura e Artes é a mais alta disntição do Estado angolano, atribuída a criadores nas disciplinas de literatura, cinema e áudio visuais, artes plásticas, artes de espectáculos e investigação em ciência sociais e humanas.

Dj Khaled revela que levou 5 anos para conseguir juntar Jay-Z e Nas na mesma música

há 2 anos
A participação de Nas e Jay-Z no tema” Sorry Not Sorry”, tornou o álbum de DJ Khaled mais atractivo. A junção dos dois rapper já tinha acontecido algumas vezes antes, mas nem sempre foi fácil. O feito raro continua a chamar atenção dos amantes da música, uma vez que ambos foram antigos rivais.

‘Mulheres d’Palavra’ em cartaz no CCBA nos dias 9 e 10 de Julho

há 1 ano
Um espetáculo de poesia falada e performance que junta Irene A`mosi, Sandra Bande, Nzola Kuzedíua e Adolfina Lua, quatro grandes mulheres e referências do spoken word, para brindar de forma poética, artística e interactiva, reflexões sobre o “real” posicionamento da mulher em África e no mundo.

Kiki Versace: “A minha carreira está em ascensão”

há 3 anos
Kiki Versace introduziu no cenário musical o Kubanger, um estilo que resulta da combinação entre o Kuduro e o Trap Banger. Hoje a vertente é bastante cultivada. O kudurista veio à Revista Carga para apresentar o seu álbum de estreia e aproveitou para esclarecer dúvidas à volta da do tipo de Kuduro que inventou há 12 anos.

Músicos homenageiam Jacinto Tchipa

há 10 meses
Sabino Henda, Flay, Zé Manico, Man Sambila e Bela Chicola subirão este domingo no palco do Live no Kubico para interpretar os principais sucessos de Jacinto Tchipa, músico falecido em Novembro último por doença.

Rick Ross e 2 Chainz preparam-se para a próxima batalha de ‘Verzuz’

há 2 anos
Está confirmado Rick Ross e 2 Chainz vão protagonizar a próxima batalha do Verzuz na quinta-feira, 6 de agosto. O anúncio foi feito na conta do Instagram da VerzuzTV, a batalha será transmitida gratuitamente pelo Instagram e também pelo Apple Music para os assinantes do serviço.

Um dia após lançar novo álbum e bater records de venda, Lana del Rey anuncia outro álbum

há 2 anos
Intitula-se “Rock Candy Sweet” e estará disponível a partir do dia 1 de Junho, nas palavras da própria artista, o disco servirá como resposta às acusações de “apropriação cultural e glamorização da violência doméstica” que têm sido feitas contra si.

UNAC quer aumentar espaços culturais no país

há 3 anos
Segundo o presidente da referida instituição de utilidade pública, José Fernandes, o aproveitamento dos espaços é a prioridade da UNAC, para ajudar a impulsionar o sector artístico, realçando que um melhor aproveitamento dos recintos culturais poderá garantir aos artistas, profissionais e amadores, mais espaços e oportunidades para apresentarem os seus trabalhos.

“Encontros à Quarta”: Yola Semedo inaugura primeira temporada de concertos acústicos

há 2 anos
Yola Semedo é a primeira artista convidada do projecto cultural “Encontros à Quarta”, uma iniciativa de periodicidade mensal que visa proporcionar ao público um encontro entre a música, as palavras e o artista.

Verzuz Battle é adiado após Ashanti testar positivo para Covid-19

há 2 anos
Inicialmente marcada para o dia 12 de Dezembro, o frente a frente foi remarcado para o próximo dia 9 de Janeiro de 2021, após Ashanti, anunciar horas antes, que testou positivo a Covid-19.

Kodak Black agradece advogado que o ajudou a sair da cadeia com tatuagem

há 2 anos
Depois de receber o perdão do ex-presidente Donald Trump na semana passada, o Kodak Black foi direito a uma loja de tatuagem para fazer a nova. Mas, ao contrário do que se imaginou, o rapper não agradeceu o 45ª pelo perdão, mas sim o advogado, Bradford Cohen.

Agora é no Reino Unido: Wizkid volta a fazer história com “Made in Lagos”

há 11 meses
Lançado em meio ao caos, devido à situação pandémica, ‘Made In Lagos’ continua a merecer reconhecimentos pelo mundo. No no passado, recebeu prémio Platina pela RAA, além de colocar o artista nigeriano no top da Billbord, e agora abre 2022 com um certificado Prata no Reino Unido.

Já está: Cleyton M entra na lista dos artistas mais ouvidos em Portugal

há 1 ano
Em todos os géneros musicais em Portugal, o jovem artista angolano ocupa, a 40° posição entre os 200 músicos mais ouvidos naquele país europeu, de acordo com um relatório do ITunes.

Influência de Liceu Vieira Dias e os Ngola Ritmos na música popular angolana é retratada em documentário

há 2 anos
No mês de Novembro, o canal ZAP Viva celebra a independência de Angola com a exibição de documentários com o foco na sua herança cultural, e dia 4 de Novembro a partir das 21:30, poderá acompanhar “O Lendário Tio Liceu e os Ngola Ritmos”.

SADIA começa a pagar rendimentos a partir de Março

há 2 anos
De acordo com a nota que a Revista Carga teve acesso, a distribuição dos rendimentos do autor começa no terceiro mês de 2021 e segue nos meses de Junho, Setembro e Dezembro, neste caso trimestralmente.