A voz que representa o Rap angolano em Moscovo

Massoxy’h é uma voz que representa o Rap angolano em Moscovo. O artista chegou a Rússia há quatro anos, para estudar Engenharia Informática, e está a conquistar vários palcos.

O dom pela música começou na adolescência, nessa altura vivia na Bela Vista( Viana). Hoje, o estudante da universidade de MISIS é a maior referência do Boom Bap e Trap na capital russa.

Com o seu estilo livre, o rapper não mede esforço, faz da tripa o coração e traça planos para invadir o mercado angolano. “Tenho que sacrificar uma parte do almoço ou jantar para gravar uma música. Sei que não vai ser fácil se impor no meu país, mas sou muito paciente”.

Apesar de ter uma carreira embrionária, o cantor tem várias músicas gravadas, cinco das quais a solo.

A voz que representa o Rap angolano em Moscovo

Para continuar a crescer profissionalmente e estar próximo dos seus objetivos, vai abrir uma produtora. “Gravo em estúdios russos, mas penso em comprar já os meus materiais e começar a gravar em casa”, manifestou.

Nostálgico, Massoxy’h está ansioso para pisar palcos angolanos e fazer parceria com os músicos de referências no país.

as cargas mais recentes

Conheça Letus, um artista genuíno e pronto para a ascensão musical

há 2 anos
O seu alcance artistico começa como vocalista e intérprete, assume o papel de director artístico e de produtor quando o assunto é fazer música, seja no estúdio ou em preparação para o palco. E, também gosta de dar aulas de canto, tal como refere na sua apresentação.

Conheça Txu Álex, a “voz do amor” que faz sucesso em Cabinda

há 3 anos
Tux Alex é um músico de R&B que está a construir uma carreira de sucesso em Cabinda. Começou em Luanda há 6 anos e hoje montou o seu próprio estúdio em casa. Seu percurso artístico vai desde produções musicais, arranjos até a participações em trabalhos de outros artistas.

Do Kuduro ao Rap: Alé G Fiigura mostra o quanto vale

há 3 anos
O artista não só canta, também dança, compõe, produz e é o CEO da Right Time Records, uma produtora independente que vai atraindo outros nomes.

Nasce uma nova estrela da música

há 4 anos
Chama-se Chelsea Dinorath, um nome que ainda não é sonante, mas a voz e as composições podem transformá-la numa das maiores referências do R&B em Angola.

Kendrah: “Quero ser lembrada como uma das mulheres mais importantes da história do Rap”

há 3 anos
Natural das Ingombotas, Kendrah começou a cantar na igreja. Mais tarde, decide honrar o legado de Marita Vénus e Dona Kelly. Aos 15 anos, tornou-se na artista mais nova a ser nomeada para o Top Rádio Luanda. Depois disso, participou de projectos, partilhou os melhores palcos de Angola. Hoje com 21 anos, prepara algo que pode mudar a história do Rap nacional.

Tik Tok: O grupo sensação do momento

há 3 anos
Formado por um menino de 8 anos, um adolescente de 17 e dois jovens de 18, esta turma revela-se como a nova promessa do Afro House nacional.

D-Wayne: Um filho do Rap que deixa marcas no Kuduro e Afro House

há 3 anos

Mário Gomes: O presente e o futuro entre os guitarristas

há 3 anos
Dom Caetano, Filipe Mukenga consideram-no o melhor guitarrista da actualidade. Saiba mais sobre este pequeno/grande músico na entrevista concedida à Revista Carga.

Alice Julie mostra os frutos da parceria com a Milionário Records

há 3 anos
Desde pequena sonhou em se tornar numa estrela da música, um desejo que será agora materializado pela Milionário Records. A mais recente aposta da produtora já começou a trabalhar para os seus dois primeiros álbuns e esta sexta-feira (27) vai testar o público com o single “Encaixe Perfeito”.

Um DJ pequeno com um percurso profissional invejável

há 3 anos
Com apenas 13 anos de idade, Dj Dinho já leva uma carreira profissional invejável. Já foi contratado para tocar nos mesmos festivais que Paulo Alves, Havaiana, Vado Poster, Rickstar e Pzee Boy, e tem a fama de ser o primeiro com a sua idade a actuar no Unitel Festa da Música.

Gabb Lex apresenta as primeiras impressões ao mundo

há 3 anos
Gabb Lex é um artista versátil, mas é com a Kizomba e R&B que mais se tem destacado. Há 9 anos a cantar como profissional, carrega uma carreira marcada por vários singles e vídeoclipes. O jovem de 25 anos vem do Cazenga e apresenta à Carga as primeiras impressões da obra de estreia.

Daqui para frente Rock angolano passará a estar mais pesado

há 2 anos

Sérgio Figura decide dar mais espaço à carreira a solo

há 3 anos
Foi nos Flava Sava, ao lado de Sidjay, Vander Soprano, Verbiz e Dj Sipoda que terá conseguido maior notabilidade, mas, embora pouco notório aos olhos de muitos, sempre levou uma carreira paralela ao grupo e já gravou dois EP, só que desta vez decidiu apostar mais na carreia a solo e já começou a promover a sua imagem.

Banda Prontidão: A Banda do Futuro

há 3 anos
Surgiram quase do nada e actualmente já não passam despercebidos. Destacaram-se todos individualmente e decidiram formar uma banda, inspirando-se em conjuntos como Kiezos, Jovens do Prenda, Banda Maravilha e Banda Movimento.

Do backstage ao palco: produtor executivo do Duetos N’Avenida aposta na carreira musical

há 2 anos

Malunne: A pequena grande dançarina

há 3 anos
Malunne, filha do músico Maya Cool, a semelhança do pai “deu as mãos” à cultura. Muito cedo começou a cantar, mas, ao contrário do progenitor, não é nesta área em que se destaca, mas sim na dança. Com 16 anos de idade, Malunne já é uma professora de dança consagrada, sendo responsável pela coreografia de cantores conceituados.