Artista plástico promove imagem de músicos através de tambores

One Million é um artista plástico que, desde os 15 anos, vem promovendo imagem de músicos, especialmente os rappers, usando tambores. Natural do Cazenga, o artista de 27 anos apresenta-se à Carga e explica como funciona a técnica e porquê decidiu fazer isso.

Porquê decidiu trazer os músicos para as artes plásticas?

Porque amo pintar figuras públicas, ainda mais músicos populares como é o NGA, o King.

Tem alguma preferência por estilos musicais a pintar?

Sim, o Rap, por ser um estilo associado ao  movimento  Hip Hop, e porque também é um estilo livre, quando se fala de Hip Hop, estamos a falar de arte!.

Que mensagens quer fazer passar ao tentar trazer os músicos para as artes plásticas?

Ao pintar os cantores, quero mostrar ao mundo que as flores devem ser dadas enquanto as pessoas estão em vida.

E como nasce a paixão? 

Aos meus 15 anos, quando pela primeira vez, vi o meu primo desenhar. Isso me inspirou. Agora tenho 27 e continuo a pintar.

Os músicos procuram expressar o que lhes vem à alma através dos versos, rimas e melodias. Que técnica usa para exprimir esse sentimento?

Uso várias técnicas e procuro manifestar, de uma  forma real, esses sentimentos através das cores e movimentos. Tudo depende do momento.

Que artistas já pintou até agora? 

Profissionalmente, já retratei o Nagrelha, Nga, Prodígio, 2Pac.

O que está a pintar agora ?

Neste momento, estou a pintar uns tambores e estou também a fazer o logo da empresa.

Como faz para pintar os artistas? Os contacta antes de os pintar ?

Não. Não faço. Eu adoro surpresa!. Eu já queria pintar o NGA e outros manos da Força Suprema  faz tempo. Eu dormia e acordava com a imagem deles.

Como funciona isso de usar tambores?

Para os artistas apenas uso o tambor, esses tambores depois vão parar em bares e restaurantes e consigo-os por intermédio de um amigo. Quanto ao tempo de duração da obra, depende da minha disposição, pode fazer apenas horas. É mais uma forma de promover os meus trabalhos e os artistas.

Qual é o seu maior sonho ?

É ser reconhecido internacionalmente como artista.

Que artista mais lhe deu prazer de pintar ?

Nga, por causa do ser dele, da forma como ele é.

as cargas mais recentes

Filho de Paulo Flores prepara o primeiro trabalho da carreira

há 1 ano
Kiari Flores acaba de confirmar que filho de peixe é peixe. O jovem abandonou o Sporting Lisboa e Benfica, onde já evoluía como profissional, para seguir as pisadas do pai.

Nucho anuncia o álbum que lhe vai colocar no topo

há 10 meses
Nucho é um dos poucos rappers angolanos que conseguiu manter-se puro na última década. Em 2017, estreou-se com o álbum Sou[L] RAP e foi nomeado para o maior prémio da música feita em português. Depois disso, surgiram outras surpresas.

Gabb Lex apresenta as primeiras impressões ao mundo

há 10 meses
Gabb Lex é um artista versátil, mas é com a Kizomba e R&B que mais se tem destacado. Há 9 anos a cantar como profissional, carrega uma carreira marcada por vários singles e vídeoclipes. O jovem de 25 anos vem do Cazenga e apresenta à Carga as primeiras impressões da obra de estreia.

Rafael Gonçalves: A voz do Ghetto Zouk que todos deviam ouvir

há 2 meses
Tem poucos anos de estrada e, apesar de ainda não pisar grandes palcos, Rafael Gonçalves já começou a atrair as tençãoes do público. Seus temas “Cobrar” e “Juntos P’ra Sempre” acabam por ser incorporados nas referências do Ghetto Zouk feito em Angola.

Yunami: O rapper que representa Angola nos palcos da Hungria

há 8 meses

Do Kuduro ao Rap: Delver Mancha mostra a naturalidade do seu talento

há 1 mês
Actualmente canta Rap e, ao mesmo tempo, é produtor. Se recuarmos no tempo para ver onde o músico começou, será difícil acreditar que este é o mesmo Delver que, em 2008 , procurava por um “lugar ao sol no Kuduro”.

Itary: Do Rap ao Zouk, a voz da versatilidade

há 6 meses
Quem a vê cantar, pode pensar que Itary nasceu para o Guetho Zouk, mas não. A cantora de 25 anos é muito versátil e transporta o Rap no seu DNA. Aliás, foi no Hip Hop que começou a sua carreira e hoje, está a se transformar numa das vozes mais promissoras do Zouk angolano.

Osvaldo Aprumado: “As produtoras de renome em Angola vendem falsas esperanças aos novos talentos”

há 8 meses
Natural do Rangel, em Luanda, canta há 9 anos e, apesar de não conseguir uma “daquelas” oportunidades, lançou um EP e em breve vai colocar no mercado mais um novo projecto musical acompanhado de vídeoclipe. O jovem de 25 anos conta à Carga como está a desenvolver a sua carreira musical.

Do Kuduro ao Rap: Alé G Fiigura mostra o quanto vale

há 4 meses
O artista não só canta, também dança, compõe, produz e é o CEO da Right Time Records, uma produtora independente que vai atraindo outros nomes.

Era engraxador e menino de rua, agora é a nova promessa da música angolana

há 6 meses
Salvador da Lata é assim que ficou conhecido e é com este nome que quer se tornar na maior referência da música angolana. O cantor está em estúdio a trabalhar o seu primeiro EP, que trará participações de Maya Cool, Jefferson Santana e Filho do Zua.

Tik Tok: O grupo sensação do momento

há 6 meses
Formado por um menino de 8 anos, um adolescente de 17 e dois jovens de 18, esta turma revela-se como a nova promessa do Afro House nacional.

Nankhova: “No meu ranking sou um músico a seguir, um exemplo bom para a música nacional”

há 3 meses
Nankhova é um artista que dispensa apresentações, nos croquis de moda impressiona com o seu Je ne sois quoi e nas pautas musicais pretende transmitir a sua alma que é gerida pelo seu “grande Deus”.

Di FlowZ: “Acredito que carreiras em fase embrionária têm sempre obstáculos”

há 1 ano
Chama-se Donald Ilunga, mas é conhecido nas lides musicais por Di FlowZ, polivalente, além de músico também produz e tem no seu repertório parcerias de “peso”. Neste Primeiras Impressões com a Carga, Di flowZ fez saber que está com um novo projecto na forja, que vai contemplar uma variedade de estilos, e cuja faixa promocional «Minha pequena», já está disponível.

D-Wayne: Um filho do Rap que deixa marcas no Kuduro e Afro House

há 1 mês

Kenny Flow Buah deixa primeiras impressões do seu talento ao mundo

há 3 semanas
Depois do clip do single ” Perdido no Block” no ano passado, Kenny Flow Buah prepara-se para publicar mais um tema com o respectivo clip, acreditando que desta vez a carreira poderá assumir patamares mais elevados.

Acaba de nascer mais uma voz da música angolana em Portugal

há 10 meses
Krysna é o nome artístico de Crisna Luquene de Oliveira Alfredo, uma jovem de 21 anos de idade, que nasceu no Bairro Popular e vive actualmente no Porto. Descobriu a veia musical em Luanda, mas é em Portugal que está a ganhar suporte. A cantora luta para assumir o espaço lusófono com sua kizomba e apresenta à Carga as primeiras impressões da sua musicalidade.