Do Rap ao Afro House: Trio angolano mostra o quanto vale

O trio é formado por Diff, Mamas Boy e Euclides Rodrigues. Ao mesmo tempo que cada um vai consolidando a carreira a solo, mostrando que nada mais tem a provar à música angolana, a repercussão do tema “Génio” pode nos ajudar a perceber isso.

Chamam-se The Angels e estão no mercado há quatro anos, fruto disso, produziram vários temas e, em Julho deste ano, vão lançar o seu primeiro EP intitulado “Não Estragou Nada”, por sinal, nome de uma das faixas.

Esta segunda-feira, o trio apresentou “Não estragou Nada”. O tema promocional está disponível nas plataformas digitais e vem acompanhado do respectivo videoclip.

O “benga” é o primeiro do grupo este ano e também a faixa número um do EP, que reserva quatro músicas, essencialmente no estilo Hip Hop. “É a primeira faixa do EP”, adiantou Diff à Carga. 

Mais do que um simples trio, The Angels é uma filosofia de vida e fazem sempre questão de elencar nas suas composições musicais.

Do Rap ao Afro House: Trio angolano mostra o quanto vale

No novo EP do grupo constam já os temas “Gemidos” e Não Estragou Nada, estando neste momento a preparar as últimas duas faixas.

E se há quem que pense que o trio se dedica apenas ao Hip Hop, engana-se, porque a faixa “Tá Me Subir”, com Vado Poster, mostra as outras habilidades dos três.

Apesar de alguns dos seus integrantes andarem distantes dos palcos durante anos, The Angles mostra-se ser um trio cada vez mais solificado. Individualmente, Mamas Boy, Euclides Rodrigues e Diff têm pouco a provar aos angolanos.

as cargas mais recentes

Após destaque no Moda Luanda, Scró Q Cuia e Nerú Americano anunciam álbum de estreia

há 3 anos
Há dois anos era impossível pensar numa relação entre ambos. Scró Q Cuia e Nerú Americano vêm provando que são verdadeiros profissionais ao criarem os “Pintins”. A dupla anuncia o álbum de estreia, fala do tempo que vai durar a parceria, enumera as conquistas e desvenda os segredos da tamanha cumplicidade, deixando palavras de apreço para os angolanos.

Banda Prontidão: A Banda do Futuro

há 2 anos
Surgiram quase do nada e actualmente já não passam despercebidos. Destacaram-se todos individualmente e decidiram formar uma banda, inspirando-se em conjuntos como Kiezos, Jovens do Prenda, Banda Maravilha e Banda Movimento.

Kenny Flow Buah deixa primeiras impressões do seu talento ao mundo

há 2 anos
Depois do clip do single ” Perdido no Block” no ano passado, Kenny Flow Buah prepara-se para publicar mais um tema com o respectivo clip, acreditando que desta vez a carreira poderá assumir patamares mais elevados.

Luz do Spoken: “uso conscientemente a arte da poesia falada para causar reflexões e quiçá mudanças”

há 3 anos
A multifacetada actriz, poeta declamadora (spoker) que se “aventura” como Directora, Produtora de arte e na escrita criativa, vai apresentar amanhã as 17:30 o recital “Multimorfoses”, onde vai apresentar o seu percurso como pessoa e artista. Numa breve conversa com a artivista, ficámos a saber de onde vem e para onde vai a Luz do Spoken, em meio ao “caos” social.

Gilson Son: Morador de rua em Luanda vira estrela do Rap na internet

há 1 ano
Gilson Son é um MC com uma consistência lírica que muitos rappers renomados da nossa praça gostariam de ter. O jovem vive na rua e alimenta-se com pequenos restos de comida que encontra em contentores de lixo. Apesar da difícil vida, Gilson não perdeu o foco e, na semana passada, a sorte bateu-lhe a porta, inclusive DJ Samurai marcou com ele um encontro.

Yunami: O rapper que representa Angola nos palcos da Hungria

há 2 anos

Quarteto de amigos de infância prepara-se para comandar a música

há 3 anos

Kuta: O artista plástico que leva a herança espiritual angolana ao mundo

há 1 ano
Kuta entrou no mundo das artes muito jovem e tornou-se agora o mensageiro da espiritualidade ancestral negra “nkissi”. Está neste momento a preparar uma nova exposição, que inclui esculturas, pinturas e documentário.

Martírio: OPPY narra cenário actual de Angola na primeira obra discográfica

há 2 anos
Numa breve entrevista, o rapper independente confirma que o álbum Martírio estará disponível hoje a partir das 18 horas e conta as vantagens de ser um artista não residente em Angola.

Após conquistar fãs em Benguela, Sarita quer se impôr em Luanda

há 3 anos
Sarita é o nome artístico de Sara Joaquim, uma jovem proveniente do Lobito. A artista de 22 anos canta Zouk, R&B e Kizomba. No ano passado, decidiu vir a Luanda em busca do sonho e tudo parece estar a correr. Nesta entrevista apresenta as primeiras músicas, vídeo clípe e fala dos seus projectos.

Conheça Cleyton M, o autor do hit “Emagrece”

há 3 anos
Cleyton M é o pseudónimo de Rafael Elias Manuel. O cantor e dançarino de Afro House é o autor do hit ‘Emagrece’. Sua maneira de dançar tem conquistado fãs por todo lado. O jovem de 18 anos começou do “nada” e hoje faz planos para atingir Chris Brown. Nesta primeira entrevista da carreira, fala sobre o envolvimento com a música.

Nsingi, uma voz de Portugal que leva a cultura angolana com rítmo

há 2 anos
Carlos Nsingui nasceu em Portugal e nunca esteve em Angola, mas mantém fortes ligações com a cultura angolana, desde a música, gastronomia ao modo de ser, estar, falar, incluindo a forma de vestir, porque seus país são angolanos e parte da sua família vive em Angola.

Do Cazenga para o Mundo: Lomerh deixa as primeiras impressões

há 3 anos
Lomerh vem do Hoji Ya Henda, em Luanda. Para além de cantor e produtor, compõe para outros artistas e projecta-se como umas das referências do Ghetto Zouk, R&B e Trap Soul. O músico canta desde 2009 e já possui dois EP e vários vídeo clipes e lança a sua carreira nesta entrevista.

Vencedora do Festival da Canção de Luanda apresenta primeiros projectos

há 2 anos
Além do principal prémio, Heróide dos Prazeres foi considerada a melhor voz do ano do Festival da Canção de Luanda, mas não é só o timbre vocálico que chama atenção, ela também escreve, e foi com a sua própria composição que ultrapassou vozes de referência da música angolana.

Steel Wonder: Mais um filho do Prenda que aspira ter sucesso no Rap

há 2 anos
A segunda “season” da sua história com a música, surge em 2013, ao identificar-se com a ideologia da Força Suprema. Actualmente no Rap, Steel aspira trabalhar com a Latino Records e vê no single `mamacita´, a sua ascensão musical.

Do Kuduro ao Rap: Delver Mancha mostra a naturalidade do seu talento

há 2 anos
Actualmente canta Rap e, ao mesmo tempo, é produtor. Se recuarmos no tempo para ver onde o músico começou, será difícil acreditar que este é o mesmo Delver que, em 2008 , procurava por um “lugar ao sol no Kuduro”.