Djodje denuncia burlador e afirma que foi enganado num espectáculo

O músico Djodje revelou, ontem, nas suas redes sociais, que sofreu uma burla num espectáculo da Guiné-Bissau, por não conseguir vender sequer 10 % dos ingressos, mas no espectáculo havia cerca 45 mil pessoas, considerando ter sido a pior experiência na sua carreira musical.

Apesar de no recinto estarem entre 40 a 45 mil pessoas, de acordo com as autoridades, Djodje teve de regressar a Portugal com a maioria das pulseiras, porque os fãs entraram para o espectáculo com as pulseiras falseadas, e quando o artista foi fechar as contas, nem 10 % das mesmas tinham sido vendidas.

Djodje denuncia burlador e afirma que foi enganado num espectáculo

“Alguém já tinha falsificado as pulseiras, vendidas nos postos oficiais e nas pessoas que estavam a vender na rua”, lamentou, referindo que aquilo que estava para ser um sonho na Guiné Bissau acabou por ser “um verdadeiro pesadelo”.

Segundo apontou, todos as despesas do show em Bissau, que aconteceu no último dia 14, foi custeada pelo artista e pela produtora Broda Music, num “grande investimento” para presentear povo guineense.

“Montámos todo o sistema de segurança de controlo das pulseiras para o acesso e todas as pessoas no local do show tinham as pulseiras, mas o que se passou é que elas eram falsas”, assinalou.

Entretanto, Djodje reconheceu o carinho pela forma como foi recebido pelos guineenses, para quem “esta é a única coisa boa que leva da Guiné-Bissau, ao mesmo tempo que pediu apoio para que se encontrem os responsáveis pela burla.

“Quero agradecer ao povo pelo carinho, apoio e amor que me deram, vocês foram tão vítimas quanto nós. Agora está nas mãos de Deus, e que a justiça seja feita”, escreveu.

as cargas mais recentes

Vui Vui dá lugar a OG Vuino e prepara álbum de estreia

há 2 anos

A importância do contrato no “mundo” da música

há 2 anos
A cada dia, tendo em conta os vários problemas contratuais no mundo do entretenimento, na música em particular, aumenta a necessidade de profissionalizar todo mundo que trabalha com música, desde produtores, músicos, agentes e etc..

MCK fala sobre sua nova música: reflecte a urgente necessidade de valorização do bem vida

há 1 ano

Show do Mês: Sam Mangwana aguardado com bastante expectativa

há 2 semanas

Sambizanga passará a contar com plataforma de promoção dos artistas

há 1 ano

Heavy C aposta no ramo gastronómico

há 2 anos
À Revista Carga, Heavy C revelou que a ideia de criar a cozinha terá nascido muito antes da carreira musical e ganhou corpo durante o período de confinamento social e está associado à sua marca.

Yola Semedo revela que está desmotivada para fazer lives

há 2 anos

Elias Dya Kimuezo fala sobre a função que sua música desempenhou no Início da Luta Armada

há 1 ano

Família encontra cerca de 150 cartas enviadas a Gabriel García Márquez por várias personalidades do mundo

há 6 dias

Kuduristas em Portugal desenvolvem projecto de dança para lar de idosos

há 1 ano

“Como evitar que o Covid-19 afecte a psique do seu filho”- Carlinhos Zassala explica tudo

há 2 anos
Nesta entrevista, o bastonário da Ordem Dos Psicólogos de Angola fala das consequências dos espectáculos online, deixa conselhos às gestantes, ensina que tipo de atitude os que estão em quarentena institucional devem adoptar e, também ensina o que ler e assistir para evitar o pânico.

Prodígio: “Muitos dos rappers de intervenção social fazem citação a Angola só porque querem vir buscar kumbu”

há 2 semanas

Os 6 ténis usados na conquista de cada título de Michael Jordan

há 2 anos

Vencedora do Prémio Camões 2021 apresenta seu primeiro álbum discográfico em Angola

há 4 meses

Morreu o último sobrevivente do Bob Marley & The Wailers

há 1 ano

Luanda recebe a primeira exposição virtual

há 2 anos
“Migrações e Coisas, Retalhos de uma História Só”, é o título da exposição a solo da autoria de René Tavares.