“Festival I Love Kuduro” regressa em peso este ano

Com graves distorcidos e letras pesadas, já não há que olhe para o Kuduro apenas como um estilo de música, porque o género passou a traduzir o modo de vida, próprio da juventude nas zonas suburbanas.

A forma típica de se apresentarem, o léxico e a filosofia quotidiana de quem se dedica ao género, aos poucos, vão dando espaço a outras interpretações, deixando a “area” para ir romper o “asfalto”.

Foi com esta ideia que há nove anos nasceu o “I Love Kuduro”, um festival que acontecia, normalmente, nos dias 30 e 31 de Outubro na Filda, em Luanda, e que este ano está de volta a partir de Março.

O evento vai reunir os kuduristas mais badalados, entre “caloiro”, djs e dará também oportunidade a novos talentos. Em duas horas e meia, agentes ligados ao género poderão mostrar coreografias; estrear músicas e levar o público com a melhor rima.

Diferente da primeira, segunda, terceira e quarta edições, o espectáculo deste ano, informa, a organização, terá restrições, por causa da situação do Covid-19, mas a essência continua a ser a mesma. Apenas o formato é que alterou, será digital.

O festival será transmitido através do canal Vida TV e pretende juntar o maior número de kusuristas possível, incluindo as novas tendências, pois, sabe-se que, há um tempo a essa parte, o género é suportado por uma corrente de versões de Afro House.

as cargas mais recentes

Rapper Scarface infectado por Corona vírus

há 11 meses

Sambizanga passará a contar com plataforma de promoção dos artistas

há 3 semanas

A importância do contrato no “mundo” da música

há 11 meses
A cada dia, tendo em conta os vários problemas contratuais no mundo do entretenimento, na música em particular, aumenta a necessidade de profissionalizar todo mundo que trabalha com música, desde produtores, músicos, agentes e etc..

Kalibrados nunca mais gravam discos inéditos

há 10 meses

Yola Semedo revela que está desmotivada para fazer lives

há 10 meses

René Tavares reflecte sobre o mundo contemporâneo em nova exposição

há 12 meses
A galeria do Banco Económico apresenta a primeira exposição individual de René Tavares no próximo dia 21 de Março.

Raiva e Condutor abrem #REPERTÓRIO

há 10 meses

Rudy Gobert e Donovan Mitchell derrotam COVID-19

há 11 meses

The Rock destaca lado positivo da quarentena

há 10 meses
O Coronavírus colocou o mundo todo em isolamento social, para evitar com que o vírus se alastre. E algumas estrelas de Hollywood estão a aproveitar o momento para se aproximar ainda mais dos fãs por meio das redes sociais.

Autora de “Harry Potter” publica novo livro a título gratuito

há 9 meses
JK Rowling, autora de Harry Potter, disponibilizou para download gratuito um novo livro de aventuras. A edição física será feita em Novembro, os valores das vendas servirão para combater o Covid-19. A escritora pede aos leitores que enviem desenhos para adaptar à obra.

MCK fala sobre sua nova música: reflecte a urgente necessidade de valorização do bem vida

há 3 semanas

Ténis Air Dior – O melhor de dois mundos

há 8 meses

Luanda recebe a primeira exposição virtual

há 11 meses
“Migrações e Coisas, Retalhos de uma História Só”, é o título da exposição a solo da autoria de René Tavares.

Como sobrevivem os músicos durante o caos do Covid-19?

há 12 meses
Os músicos profissionais vivem de concertos, seja de grande ou pequena dimensão, seja em Angola ou em qualquer parte do mundo. Com a pandemia do Coronavírus não há shows, logo não há trabalho, como vão “viver” os músicos neste período?

Slammers criam “quarteto fantástico” e apelam por mais união em tempo de crise

há 2 semanas

Elias Dya Kimuezo fala sobre a função que sua música desempenhou no Início da Luta Armada

há 4 semanas