MCK fala sobre sua nova música: reflecte a urgente necessidade de valorização do bem vida

A mais recente música do rapper intitula-se Vidas Humanas Importam. Encontra-se disponível desde terça-feira nas plataformas digiais e tem como mensagem principal “o elevar da dignidade da pessoa humana”.

Além da direcção vocal, musical e arranjos, Daniel Nascimento também contribuiu para a composição da letra, que traz participações de Telma Lee e Carla Moreno e pretende promover o respeito pelos direitos humanos, o proteger do bem vida e condenar, nesta fase pandémica, as mortes que têm estado a acontecer no país, sobretudo a situação em Cafunfo, a morte de Inocêncio de Matos e a do médico Sílvio Dala.

Em entrevista à DW, MCK realça que a referida música é um reflexo sobre a violência institucional e sobre a promoção da impunidade que se tem instalado no contexto angolano.

“É uma música que reflecte a urgente necessidade de valorização do bem jurídico mais importante, que é o bem vida. Angola é signatária de vários documentos internacionais, com maior destaque para a Carta Internacional dos Direitos Humanos. Temos estado a assistir desde o ano passado, desde o início da fase pandémica e com o agravar da situação económica e social, à desvalorização deste bem vida, com uma agressão institucional da parte do Estado e a promoção da impunidade por dirigentes ou pessoas ligadas ao Estado, como aconteceu agora com a situação de Cafunfo, que é uma situação reiterada há muitos anos”, disse.

Katrogi considera lamentável o silêncio do Presidente da República sobre a situação de Cafunfo, e criticou, por outro lado, o discurso do ministro do Interior e do Comandante-Geral da Polícia Pacional, após o incidente do passado dia 30, na Lunda Norte.

“Com esta situação em concreto, acho que o silêncio do presidente promove a impunidade. O nosso presidente é muito actuante nas redes sociais comparando ao anterior e julgo que numa situação dessas a voz de comando do Presidente da República como mais alto mandatário do país faria todo o sentido”, entende.

as cargas mais recentes

Covid-19: Afinal quem já sofre de gripe aguda ou crónica pode evitar vulnerabilidade.

há 3 anos
José Nguepe, médico naturopata e nutricionista faz uma pequena lista dos alimentos que podem ajudar a manter e fortalecer o sistema imunológico nesta fase.

Ténis Air Dior – O melhor de dois mundos

há 3 anos

Vui Vui dá lugar a OG Vuino e prepara álbum de estreia

há 3 anos

Slammers criam “quarteto fantástico” e apelam por mais união em tempo de crise

há 2 anos

Prodígio: “Muitos dos rappers de intervenção social fazem citação a Angola só porque querem vir buscar kumbu”

há 8 meses

Yola Semedo revela que está desmotivada para fazer lives

há 3 anos

Elias Dya Kimuezo fala sobre a função que sua música desempenhou no Início da Luta Armada

há 2 anos

Vencedora do Prémio Camões 2021 apresenta seu primeiro álbum discográfico em Angola

há 11 meses

Show do Mês: Sam Mangwana aguardado com bastante expectativa

há 8 meses

Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente eleva Semba a Património Nacional

há 3 anos
A proclamação da música popular urbana de Angola a Património Imaterial Nacional acontece ainda este ano e insere-se nos festejos do 45.° aniversário da independência nacional.

Sambizanga passará a contar com plataforma de promoção dos artistas

há 2 anos

Bonga: “Vivo só da música e isso é um exemplo que pretendo deixar para a juventude”

há 1 ano

Como sobrevivem os músicos durante o caos do Covid-19?

há 3 anos
Os músicos profissionais vivem de concertos, seja de grande ou pequena dimensão, seja em Angola ou em qualquer parte do mundo. Com a pandemia do Coronavírus não há shows, logo não há trabalho, como vão “viver” os músicos neste período?

“Como evitar que o Covid-19 afecte a psique do seu filho”- Carlinhos Zassala explica tudo

há 3 anos
Nesta entrevista, o bastonário da Ordem Dos Psicólogos de Angola fala das consequências dos espectáculos online, deixa conselhos às gestantes, ensina que tipo de atitude os que estão em quarentena institucional devem adoptar e, também ensina o que ler e assistir para evitar o pânico.

Kuduristas em Portugal desenvolvem projecto de dança para lar de idosos

há 2 anos

Estado de saúde de Nagrelha não apresenta “gravidade clínica”

há 7 meses